Após forte chuva, um dos acessos de Bodocó fica intransitável

Um dos acessos para o município de Bodocó, no Sertão de Pernambuco está intransitável após forte chuva na quarta-feira (5). Com o problema, os motoristas que precisam ir até Ouricuri, há 18 km, devem fazer o trajeto pela PE 585, com uma distância de 210 km.

De acordo com moradores, foi preciso improvisar uma passarela por cima da nova ponte sobre o Rio Pequi, que está sendo construída desde outubro de 2018. A obra tinha previsão de ser concluída em seis meses, mas ainda não foi entregue.

Em junho de 2019, a Secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos de Pernambuco, Fernandha Batista, declarou que a ponte ficaria pronta em outubro do ano passado. “A gente tem um orçamento que foi destinado para esta finalidade, a licitação está em fase de conclusão e existe sim um cenário muito favorável dentro dos elementos de engenharia do cronograma que foi desenhado para que a gente conclua até outubro desse ano”.

Em nota, a Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos de Pernambuco informou que as equipes do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), iniciaram a construção de duas passarelas de madeira para facilitar a passagem de pedestres e assim que o nível do rio diminuir, o desvio será reconstituído.

A secretaria informou também que as obras de construção da nova ponte sobre o Rio Pequi, em Bodocó, seguem em ritmo acelerado e que estão com 95%. A próxima etapa será a construção da proteção lateral para garantir a segurança dos pedestres, e em seguida, a colocação do asfalto. A previsão é de que a obra seja finalizada no final deste mês.

Confira a nota completa

“A Secretaria de Infraestrutura e Recursos Hídricos de Pernambuco (Seinfra), por meio do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), informa que as fortes chuvas que caíram nas últimas 12 horas no sertão do Estado, inclusive no município de Bodocó, provocaram o transbordamento do Rio Pequi, inviabilizando temporariamente o tráfego de veículos pelo desvio construído próximo à ponte que está em obras. Emergencialmente, para possibilitar a travessia de pedestres de forma segura pelo local, as equipes do DER já iniciaram a construção de duas passarelas de madeira, utilizando a própria estrutura da ponte. Assim que o nível do rio diminuir, o desvio será reconstituído. É importante destacar, ainda, que apesar das enchentes, a nova estrutura está preservada.

A Seinfra informa também que as obras de construção da nova ponte sobre o Rio Pequi, em Bodocó, seguem em ritmo acelerado com percentual de execução de 95%. O equipamento, que está sendo edificado em concreto armado, com 60 metros de cumprimento por 10,80 de largura, já está com a parte estrutural concluída. A próxima etapa será a instalação dos guarda-corpos (proteção lateral) para garantir a segurança dos pedestres na travessia, e posteriormente, a aplicação da camada asfáltica. A previsão é de que a obra seja concluída no final de fevereiro, beneficiando 50 mil pessoas. O equipamento terá duas faixas para veículos, passeio para os pedestres, além de guarda-corpo e sinalização”. (Do G1 Petrolina)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.