Após perder o pai, motorista de ambulância de Ipubi também morre vítima da Covid-19

Após 34 dias lutando contra a Covid-19, o motorista de ambulância, Jorge Paulo Bento dos Santos, de 41 anos, morreu no último domingo (12). Ele estava internado na UTI do Hospital Santa Maria, em Araripina, no Sertão de Pernambuco. Jorge atuava na linha de frente contra a pandemia, na Unidade Básica de Saúde Pajeú, no município de Ipubi, também no Sertão.

Na segunda-feira (13), parentes, amigos e colegas de trabalho fizeram uma homenagem ao motorista, que foi o primeiro profissional de saúde de Ipubi a morrer vítima da Covid-19. Até o momento, o município pernambucano tem 154 casos confirmados, com 12 óbitos e 81 curas.

Jorge Paulo foi homenageado com uma carreata que percorreu as principais ruas da cidade. Nos veículos, os colegas levavam balões brancos. Em seguida, mantendo o distanciamento, o grupo se reuniu em frente à Secretaria Municipal de Saúde, prestando uma nova homenagem ao motorista.

Entre as 12 vítimas da Covid-19 em Ipubi, além de Jorge Paulo, está o pai dele, que faleceu no dia 16 de junho. O motorista morreu sem saber que havia perdido o pai para a doença. Jorge era casado e tinha um filho de 10 anos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.