Bolsonaro nomeia Rolando Alexandre para diretor-geral da PF

O presidente, Jair Bolsonaro , nomeou Rolando Alexandre para o cargo de diretor-geral da Polícia Federal (PF), após o Supremo Tribunal Federal (STF), por meio da decisão do ministro Alexrandre de Moraes, ter barrado a nomeação de Alexandre Ramagem. A nomeação de Rolando foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira (4).

Rolando Alexandre é delegado e atuava como secretário de Planejamento e Gestão da Agência Brasileira de Investigação (ABIN). O novo diretor-geral da PF foi indicado por Alexandre Ramagem, de quem é considerado braço direito.

Setores do planalto apontam que a nomeação é temporária e que o presidente busca tentar reverter a decisão da justiça para nomear o amigo do clã Bolsonaro, Alexandre Ramagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.