Jovem assassina a companheira e depois se mata em Afrânio-PE

A cidade de Afrânio-PE está em estado de choque, depois que a noticia de um assassinato seguido de  suicídio,  foi registrado na sede do município.

O fato aconteceu próximo do meio dia, desse sábado (03).  Um jovem por motivos ainda não divulgados, assassinou a companheira com tiros de revolver e em seguida cometeu suicídio. Lailson Gomes e Mariane eram casados.

A policia foi acionada e ainda chegou a encaminhar Lailson em uma unidade do  SAMU, mas ele não resistiu e morreu.

Já Mariane,  vítima do feminicídio,  também foi resgatada com vida e estava entubada para ser  transferida para Petrolina, mas veio a óbito horas depois.

Os corpos dos dois jovens já foram encaminhados para o Instituto Médico Legal em Petrolina e devem ser liberados  ainda hoje para  o velório e sepultamento.

O sentimento de tristeza tomou conta dos moradores de Afrânio, principalmente no bairro em que o casal morava.

A policia já está tomando depoimentos para esclarecer o feminicidio e o suicídio. Aguardem novas informações. (Por Vinicius de Santana)

CDL e Associação Comercial lança campanha “Doce Natal” em Afrânio

Por meio de uma parceria entre a Associação Comercial de Afrânio e a CDL de Petrolina – Núcleo Afrânio, a campanha “Doce Natal foi lançada na referida cidade nessa quarta-feira, 31. O objetivo da promoção é movimentar o comércio do município no fim do ano, com ações nos meses de novembro e dezembro.

Este ano a campanha ganhou um novo formato, mais dinâmico, para focar conceitos sobre “bons sentimentos e as relações humanas”. As atividades começam no dia 9 de novembro, às 9h, com o tradicional desfile do Papai Noel pelas ruas e avenidas do comércio.

Planejada com vários meses de antecedência, a campanha sorteará diversos prêmios, incluindo uma moto 0 km, entre os clientes dos estabelecimentos participantes. (Alvinho Patriota)

Bandidos cortam energia da cidade e explodem banco em Afrânio

Bandidos explodiram na madrugada desta sexta-feira (1) a agência do Banco Bradesco na cidade de Afrânio, no Sertão de Pernambuco. De acordo com a polícia, homens chegaram ao local em dois veículos e realizaram a ação.

Para cometer o crime, os bandidos cortaram cabos de energia elétrica e, com parte da cidade sem iluminação, eles armaram os explosivos e detonaram o posto de atendimento. Com a explosão, o local , que fica na Avenida Francisco Rodrigues, no centro da cidade, ficou destruído.

Durante a ação, os bandidos fizeram reféns, mas todos foram liberados e ninguém ficou ferido. Ainda não se sabe quantas pessoas participaram do crime, nem se alguma quantia foi levada. O caso está sendo investigado pela polícia civil. (Do G1 Petrolina)

Odacy Amorim fecha parcerias com prefeitura de Ouricuri e Afrânio para colocação de cintas luminosas em animais soltos nas estradas

O deputado estadual Odacy Amorim (PT) fechou, no ultimo final de semana, importantes parcerias com as prefeituras de Afrânio e Ouricuri para colocação de cintas luminosas em animais soltos nas estradas sertanejas. O objetivo do projeto é permitir a identificação dos animais ainda numa distancia segura, possibilitando que o condutor evite a colisão e preserve a vida humana e animal.

O parlamentar ressaltou a importância da iniciativa, e agradeceu aos prefeitos parceiros pelo apoio:

Trata-se de uma iniciativa simples, mas extremamente importante, que irá preservar muitas vidas. Só quem percorre as estradas sertanejas é que sabe o perigo que enfrenta. Se conseguirmos, através deste projeto, salvar ao menos uma vida, tudo já terá valido a pena. Agradeço aos prefeitos Rafael Cavalcanti e Ricardo Ramos pelo apoio, e iremos, com certeza, em busca de novas adesões ao nosso projeto.”

Odacy tem atuado nos últimos anos para tentar diminuir os acidentes ocorridos nas estradas sertanejas. Em 2013, através da criação do Parque Ecológico de Proteção ao Jumento, houve uma redução de mais de 80 % na ocorrência de acidentes envolvendo animais. (Da Ascom)

Afrânio: MPPE obtém bloqueio de bens de ex-prefeito e empresas por prejuízo de R$ 2,2 milhões aos cofres públicos

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) obteve, junto à Vara Única da Comarca de Afrânio (Sertão do São Francisco), o bloqueio dos bens do ex-prefeito de Afrânio, Carlos Cavalcanti Fernandes, e das empresas Aja Locadora de Veículos e Serviços Ltda e Nisauto Peças e Serviços Ltda. A decisão liminar, requerida pelo MPPE em ação por improbidade administrativa ingressada no mês de outubro, determinou o bloqueio de R$ 2.037.733,03 nas contas e bens do ex-prefeito; R$ 35.000,00 da Aja Locadora; e R$ 284.384,00 da Nisauto Peças e Serviços. Além deles, o MPPE também requisitou o bloqueio dos bens de um quarto réu da mesma ação, o advogado Milton Fujino. Porém, como ele já efetuou depósito judicial no valor de R$ 180.143,57, a indisponibilidade dos bens do advogado não foi decretada.

De acordo com o promotor de Justiça de Afrânio, Bruno de Brito Veiga, os réus cometeram diversos atos de improbidade administrativa que causaram lesão de mais de R$ 2,2 milhões aos cofres públicos durante a gestão de Carlos Cavalcanti Fernandes, entre 2009 e 2012. As irregularidades foram apontadas pelo Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE), quando da apreciação das contas do prefeito referentes ao ano de 2012.

Além do pedido liminar de bloqueio de bens, já deferido pela Justiça, o MPPE também requereu a condenação dos quatro réus às penas previstas na Lei de Improbidade Administrativa (Lei Federal Nº8.429/92), que incluem o ressarcimento integral do dano ao patrimônio público; perda de bens ou valores adquiridos ilicitamente; suspensão dos direitos políticos por um período de cinco a oito anos; pagamento de multa; e proibição de contratar com o poder público.

Atos de improbidade – No caso do ex-prefeito, o primeiro ato de improbidade foi a apresentação, ao TCE-PE, de disponibilidades financeiras a menor no balanço financeiro de 2012 da Prefeitura de Afrânio. De acordo com a nota técnica encaminhada pelo órgão ao MPPE, para mascarar o balanço desequilibrado o ex-prefeito alterou o montante das disponibilidades financeiras, o que seria “sério indicativo de saídas financeiras não contabilizadas”.

Outra ilegalidade cometida pelo ex-prefeito foi o pagamento de honorários advocatícios em benefício de Milton Fujino sem a devida comprovação da prestação de serviços. “Como os documentos que permitiriam averiguar a regularidade da contratação, da liquidação e do pagamento dos honorários não foram apresentados, considera-se passível o ressarcimento ao erário, cuja responsabilidade imputa-se ao ordenador de despesas (o ex-prefeito de Afrânio) e ao beneficiário, Milton Fujino”, detalhou Bruno Veiga.

Já as empresas Aja Locadora e Nisauto Peças e Serviços incorreram, junto com Carlos Cavalcanti Fernandes, em irregularidades no uso de verbas públicas para a contratação de serviços. A primeira empresa firmou contrato com o município de Afrânio para locação de veículos. Segundo a auditoria do Tribunal de Contas, para a locação de sete veículos populares o município de Afrânio pagou uma diária média de R$ 60,50, valor significativamente maior do que a média que pagaram outros órgãos públicos.

A contratação da empresa Nisauto Peças e Serviços apresentou irregularidades desde o processo licitatório, quando a empresa apresentou proposta em desacordo com o edital mas, ainda assim, foi a escolhida. No entendimento do MPPE e do TCE-PE, o acatamento da proposta e a falta de manifestação das empresas concorrentes indicam que houve direcionamento da concorrência. Em seguida, a prestação dos serviços de máquinas pesadas, como tratores e escavadeiras, foi atestada de forma falha, caracterizando o pagamento sem a efetiva realização dos serviços.

As provas revelaram, de forma muito clara, o dolo dos réus no trato da coisa pública. Ainda causa perplexidade o fato de que os pagamentos por serviços que sequer foram prestados ocorreram poucos dias antes do final do mandato do ex-gestor”, alertou o promotor Bruno Veiga.

Outra vez, bandidos arrombam agência dos Correios da cidade de Afrânio

A Agência dos Correios da cidade de Afrânio (PE), no Sertão do São Francisco, foi novamente alvo de bandidos. A ação mais recente aconteceu na madrugada de hoje (20). Como a agência já havia sido atacada no último mês de janeiro, quando um grupo de assaltantes também explodiu a Agência do Banco do Brasil (BB) e levou o dinheiro das duas agências, os Correios não estão trabalhando com saques e depósitos de valores.

Não há informações sobre o paradeiro dos bandidos, que fugiram após o arrombamento, levando sacos com correspondências. Suspeita-se que eles tenham se confundido e achado que o material se tratava de dinheiro. Não havia ninguém na agência no momento do roubo. A Polícia Civil (PC) deve investigar o caso.