CRO-PE ganha ação civil na Justiça contra o município de Araripina que terá que retificar edital para contratação de Cirurgião-Dentista

A juíza Flávia Hora Oliveira Mendonça da 27ª Vara Federal, reconheceu, a legitimidade do Conselho Regional de Odontologia de Pernambuco (CRO-PE) em ação civil pública e concedeu o pedido liminar determinando a suspensão do edital de Concurso Público Nº 01/2021, da cidade de Araripina /PE. A prefeitura deverá fazer a retificação das vagas oferecidas ao cargo de Cirurgião-Dentista no certame.

O edital de Araripina oferece sete vagas para Cirurgião-Dentista; cadastro reserva e uma vaga para pessoa com deficiência com uma remuneração de R$ 3.500,00 para 40 horas semanais de trabalho, o que fere a Lei Federal nº 3.999/61. A legislação estabelece um piso de três salários mínimos para 20 horas de serviço semanais para a categoria.

O município deve promover a retificação do edital num prazo de 15 dias, a fim de cumprir a legislação, sob pena de imposição de multa diária de R$ 100,00. O prazo para inscrições específicas ao cargo de Cirurgião Dentistas deverá ser reaberto por período razoável.

Edital 2009 – A denúncia feita junto à autarquia também foi quanto ao Concurso Público Edital Nº 01/2009 da Prefeitura de Araripina. Nele constavam nove vagas para Cirurgião-Dentista de PSF e uma para pessoa com deficiência com vencimento básico e gratificações no valor total de R$ 2.000,00, para uma carga horária de trabalho de 40h semanais. E três vagas para odontólogo mais uma para pessoa com deficiência com salário básico mais gratificações de R$ 1.500,00, para 24h semanais de trabalho; o que também infringia Lei Federal nº 3.999/61.

O objetivo das ações é que o município de Araripina seja obrigado a observar o piso salarial e carga horária disposto na Lei Federal Nº 3.999/61 para todos os cargos de Cirurgião-Dentista, inclusive para os profissionais já convocados e que estão em plena atividade.

Deputado Antonio Fernando atua junto à EPTI e consegue a retomada de ônibus leitos para o Araripe

Menos de 72 horas depois de ter atuado junto à Empresa Pernambucana de Transporte Intermunicipal – EPTI, no Recife, o deputado estadual Antonio Fernando (PSC) teve o seu pleito atendido para que as linhas de  Ônibus tipo Leito – no trecho Recife/Araripina e Araripina/Recife – voltem a atender imediatamente à população do Sertão do Araripe. “A volta da circulação dos Ônibus Leitos para nossa região foi uma ação importante. Esse pedido foi a maior prioridade da reunião que tivemos na última segunda-feira (07.06), com o novo diretor presidente da EPTI, Antonio Cavalcanti Junior, onde colocamos a urgência deste pleito”, explicou o deputado Antonio Fernando.

Na tarde desta quinta-feira (10.06), o Presidente da EPTI, Antonio Cavalcanti Junior, informou que a empresa empresa Auto Viação Progresso, depois de uma reunião na qual foi apresentado o pleito,  decidiu atender o pedido do deputado Antonio Fernando. E já nesta sexta-feira (11.06) a linha de Ônibus Leitos para o Araripe (Recife/Araripina e Araripina/Recife) voltará a funcionar normalmente, atendendo os passageiros da Região.

O deputado agradeceu o apoio do novo presidente da EPTI, Antonio Cavalcanti Junior, que, segundo ele, “demonstrou competência, habilidade e eficiência na solução do problema”. A retirada das linhas tipo Leito pela empresa Progresso vinha prejudicando muito os usuários da Região, que passaram a contar apenas com linhas de ônibus tipo ‘pinga-pinga’. “O mais importante de tudo foi a correta decisão da EPTI de atuar firme e de imediato para garantir um transporte público intermunicipal eficiente e de qualidade para toda população do Sertão do Araripe”, concluiu Antonio Fernando.

Antonio Fernando tem reunião com novo presidente da EPTI e defende retomada de Ônibus Leitos para o Araripe

Retomada imediata do funcionamento das linhas de Ônibus tipo Leito, nos percursos Araripina/Recife e Recife/Araripina, por parte da empresa Auto Viação Progresso, foi destaque entre as pautas que marcaram uma reunião, no Recife, na manhã desta segunda-feira (07.06), entre o deputado estadual Antonio Fernando (PSC) e o novo diretor presidente da EPTI – Empresa Pernambucana de Transporte Intermunicipal, Antonio Cavalcanti Junior.

A retirada das linhas tipo Leito pela empresa Progresso prejudicou muito os usuários, causando sérios incômodos. Pois só restaram linhas de ônibus tipo “pinga-pinga”, com cadeiras desconfortáveis e muito estreitas, completamente inadequadas para viagens longas, com duração de mais de 10 (Dez) horas, como é o caso dos percursos entre a Capital e o Araripe, com paradas em várias cidades. Ressalte-se que, atualmente, a população do Araripe, se precisar pegar um Ônibus Leito, é obrigada  a se deslocar até Salgueiro, que fica a 110 km de distância de Ouricuri; mais de 170 Km de Araripina; e passando de 200 Km nos casos de Exu e Santa Filomena”, explicou o deputado Antonio Fernando.

Na reunião com o deputado Antonio Fernando, o novo diretor presidente da EPTI, Antonio Cavalcanti Júnior, se comprometeu a entrar imediatamente em contato com a Empresa Auto Viação Progresso, que tem a concessão das linhas, para analisar o caso detalhadamente e ver os caminhos para que os Ônibus tipo Leito voltem a circular entre o Araripe e a Capital do Estado.  “O presidente Antônio Cavalcanti Júnior garantiu que vai averiguar junto à empresa os motivos da suspensão dos Ônibus Leitos; e, junto conosco, buscar os meios para a volta da normalidade nas linhas”, disse o deputado.

De acordo com o deputado de Ouricuri, se necessário, podem até ser buscadas outras soluções para o problema: “Caso a Progresso não aceite retornar os serviços com os Ônibus Leitos, uma saída possível seria a criação de linhas de Vans partindo de Ouricuri e Araripina com destino ao Recife, contando com a anuência da EPTI. O mais importante de tudo é lutar para garantir um transporte público intermunicipal eficiente e de qualidade para toda população do Sertão do Araripe”, afirmou Antonio Fernando.

Na mesma reunião – que aconteceu na sede da EPTI, no bairro do Cordeiro, Zona Oeste do Recife – o deputado Antonio Fernando também encaminhou outros pleitos de interesse do Araripe e do Sertão junto ao presidente Antônio Cavalcanti Júnior. “Tratamos da agilizaçäo da Placa Vermelha para as VANS do interior, que utilizavam-se de Placas Vermelhas (destinadas à caracterizar veículos de transporte público) de outros Estados e foram orientados a colocar a placa comum do Estado de Pernambuco; pedimos esclarecimentos e possíveis providências acerca de ajustes e/ou correção na disparidade de Valores dos Seguros de Vida de Passageiros, cobrados e estabelecidos em proporcionalidade de R$ 100 mil (Cem Mil Reais) para os proprietários de VANS, contra o patamar de apenas R$ 30 mil (Trinta Mil Reais) estabelecidos e cobrados às Empresas de Ônibus; e, por fim, também ressaltamos, quanto às VANS – que agora estão se regularizando junto ao DETRAN e à EPTI – que será necessário a aplicação de um desconto no IPVA destas em relação aos veículos de fretamento normais, pois o Transporte de Passageiros tem caráter de utilidade pública”, concluiu o deputado Antonio Fernando.

Cia de Dança do Sesc em Araripina realiza live com apresentações para celebrar oito anos de atuação

Uma noite de atividades artísticas será realizada virtualmente nesta sexta-feira (28), em homenagem aos oito anos de atuação da Companhia de Dança do Sesc Araripina. O evento será transmitido, a partir das 19h, através de um perfil no Instagram. A classificação é livre.

As pessoas interessadas podem assistir o evento através do site. O grupo de dança é composto por 18 profissionais. A programação inclui apresentações e experimentações que serão desenvolvidas pelos bailarinos em um processo que faz parte da criação do espetáculo ‘Abismo’.

Um documentário também está sendo produzido para para registrar a trajetória da equipe. A Cia do Sesc de Araripina realizou espetáculos “(In) Provável”, “Brincar”, “Doi2- Sentimento compartilhado”, “Sertão” e “Onde eu guardo minha infância”.

Serviço de Hemodiálise conquistado pelo deputado Antonio Fernando é inaugurado em Ouricuri

Uma conquista importantes para a saúde pública no Sertão do Araripe: ao lado do Secretário Estadual de Saúde, André Longo, o deputado estadual Antonio Fernando promoveu, nesta segunda-feira (17.05), a inauguração de um serviço de Hemodiálise no Hospital Regional Fernando Bezerra – HRFB, em Ouricuri. “Trata-se de uma estrutura composta por um total de 07 (Sete) máquinas de Hemodiálise, destinadas a atender pacientes internados em regime de UTI não só de Ouricuri como de todos os demais municípios do Araripe.  Deste total de 7 (Sete) máquinas, 04 (Quatro) serão destinadas à UTI Geral e 03 (Três)  irão tratar os pacientes da UTI COVID”, explicou Antonio Fernando.

Além do Serviço de Hemodiálise inaugurado, o Secretário André Longo deu Ordem de Serviço para a construção de um setor de UTI para crianças no Hospital Regional. Para receber as UTI’s pediátricas, a direção do Hospital Regional vai deslocar o Setor Administrativo do HRFB para destinar a área aos equipamentos que irão atender crianças em estado grave, ou que precisem de cuidados especiais. Serão 10 (Dez) leitos de UTI’s pediátricas: 5 (cinco) leitos de UTI Neonatal (para recém-nascidos) e 5 (cinco) leitos de UTI geral para crianças.

Durante a visita, o André Longo firmou ainda o compromisso de realizar outro pedido de Antonio Fernando: “O Secretario prometeu aumentar aos leitos do HRFB, que praticamente são os mesmos desde a época de sua construção na década de 50. Ele determinou de imediato à assessora  Cristina Mota para começar o projeto de expansão física, ressaltando que o Hospital Regional necessita de pelo menos mais 150 leitos de enfermaria e 25 leitos de UTI”, explicou o deputado.  Antonio Fernando propôs uma parceria entre Executivo e Legislativo para ajudar na ampliação do HRFB. “Oferecemos contrapartidas de R$ 240 Mil (Duzentos e Quarenta Mil Reais) em emendas parlamentares estaduais nossas; e mais R$ 450 Mil (Quatrocentos e Cinquenta Mil Reais) em emendas federais do Deputado Augusto Coutinho”.

Antonio Fernando reforçou junto ao Secretário de Saúde uma solicitação para mais avanços na saúde no Araripe. “Já demos entrada na Assembleia Legislativa em uma indicação para implantar  um CENTRO DE DIAGNÓSTICO POR IMAGEM no Hospital Regional.  O CENTRO DE IMAGEM seria composto de Aparelhos de Raio X – Digital; de Ultrassom com Doppler; de Colonoscopia; de Endoscopia; de Mamografia; e de Ecocardiograma; além da Aquisição de um Tomógrafo para reforçar a oferta de exames médicos especializados”, concluiu o deputado Antonio Fernando.

Araripina: Jovem ameaça irmão com faca e foice na mão

Policiais da 9ª CIPM de Araripina foram acionados para averiguar uma ocorrência de ameaça e posse de arma branca aqui na cidade, e ao chegarem no local, foram informados pela vítima, de que seu irmão, chegou em casa em posse de uma faca e uma foice, perguntando por uma bebida que tinha deixado na casa.

De acordo com a PM, após ser informado que sua genitora havia jogado tal bebida fora o jovem começou a ameaçar a vítima momento em que o mesmo pegou um pedaço de madeira para se defender, foi quando o suspeito saiu deixando a faca e a foice e tomou destino incerto.

Foi feito buscas mas não conseguiram captura-lo. A faca e uma foice foram apreendidas e levadas para DPC local. (Do Blog do Roberto)

Agência do Trabalho de Araripina está disponibilizando 7 vagas de emprego nesta terça (03); confira

Foram divulgadas nessa segunda-feira (03), as vagas de emprego disponíveis para a cidade de AraripinaAs oportunidades são disponibilizadas pela Agência do Trabalho de Pernambuco. Telefone para contato: 3873-8381.

Confira as vagas:

Vagas Função Escolaridade Experiência Salário Observações
01 Açougueiro Fundamental Completo 6 Meses Não Informado
01 Confeiteiro Fundamental Completo 6 Meses Não Informado
01 Cozinheiro Geral Fundamental Completo 6 Meses Não Informado
02 Gesseiro Plaqueiro Não Exigida 6 Meses Não Informado
01 Vendedor pracista Médio Completo 3 meses Não Informado

A Agência do Trabalho de Araripina agora está funcionando em novo endereço: Rua Antônio Alexandre Alves, 385 – CTA – Centro Tecnológico do Araripe. O atendimento presencial precisa ser agendado no site da SETEQ. (www.seteq.pe.gov.br). Os serviços de RG e RESERVISTA não funcionam mais no prédio da agência do trabalho. (Blog do Roberto)

Estiagem: Governo federal reconhece situação de emergência em mais 54 municípios; Araripina na lista

Três em cada cinco municípios de Pernambuco registram situação de emergência em decorrência da estiagem e já obtiveram o reconhecimento federal por parte do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR). Nesta quinta (29), nova portaria publicada no Diário Oficial da União (DOU) reconhece outras 54 cidades do Sertão do Estado, inclusive Araripina. Ao todo, já são 110 municípios com reconhecimento vigente.

De acordo com as informações prestadas pela Coordenação estadual de Proteção e Defesa Civil, a escassez de recursos hídricos das áreas afetadas atinge mais de 20% da população, causando danos à agricultura e à pecuária.

Com a publicação do reconhecimento federal, os municípios podem solicitar recursos para restabelecimento de serviços essenciais e reconstrução de infraestrutura danificada pelos desastres. Com base nas informações enviadas por meio do Sistema Integrado de Informações sobre Desastres Naturais (S2iD), a equipe técnica da Defesa Civil nacional avalia as metas e os valores solicitados. Com a aprovação, é publicada Portaria no DOU com a especificação do valor a ser liberado. (Do Blog do Roberto).

Pássaros silvestres mantidos em cativeiro são apreendidos pela PM e CPRH em Araripina

Durante operação conjunta entre a Polícia Militar e a Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH), na quarta-feira (28), em Araripina, no Sertão de Pernambuco, vários pássaros silvestres foram apreendidos, em diferentes pontos da cidade. Os animais estavam sido mantidos em cativeiro.

Segundo o Boletim de Ocorrência do 9 ª CIPM, durante rondas no Distrito de Morais, na zona rual, os policiais e agente da CPRH identificaram as aves em dois endereços. Na Vila Sampaio, a equipe viu uma gaiola pendurada em uma árvore, em frente a uma casa. Ao questionar o dono da residência, ele mostrou outros pássaros presos. No local, foram apreendidos 12 pássaros silvestres, sendo: dois Sabiás, quatro Azulões, um Galo de Campina, dois Papas Capim, um Bigode, um Gola e um Tiziu.

Em outro ponto do distrito, na rua 3, a equipe viu uma gaiola na varanda da casa. O dono da residência não estava no local e não foi encontrado, mas uma moradora mostrou mais três gaiolas na sala da casa. No endereço foram encontrados os seguintes pássaros: um Azulão, um Galo de Campina, um Papa Capim e um Golinha.

A operação também foi feita na zona urbana de Araripina, na rua Santa Luzia, bairro José Martins. Em uma residência, a equipe encontrou três aves: um Tico-tico, um Galo de Campina e uma Golinha. Em outra casa, foram encontrados três Bicos de Prata, um Caboclinho, um Azulão, um Bigode Careta, uma Golinha e um Galo de Campina. No último endereço, a PM e a CPRH apreenderam um Galo de Campina, um Azulão, um Bigode Careta, um Gola e um Bico de Prata.

Todas as aves e os responsáveis foram levados para a Delegacia de Araripina, onde foram tomadas as medidas cabíveis. Os casos foram registrados como Crime ambiental. (Do G1 Caruaru).

Araripina: Em meio à pandemia, Programa de Aquisição de Alimentos está beneficiando mais de 800 famílias

O Programa Aquisição de Alimentos (PAA) em apenas duas semanas já beneficiou mais de 800 famílias em situação de vulnerabilidade social e insegurança alimentar e nutricional, atendidas pelos Centros de Referência da Assistência Social (Cras) de Araripina. O PAA é operado pela Prefeitura de Araripina por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social em parceria com o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA)

Os alimentos são comprados aos agricultores familiares do município, incentivando, assim, pequenos produtores associados a cooperativas, comprando a produção deles, gerando renda e inclusão social do homem do campo.

“No momento em que estamos vivendo de pandemia, crise econômica, essas doações são de extrema importância para quem recebe e também para os agricultores que fornecem os alimentos. Com isso, a gente ameniza a fome dessas famílias que vivem mais vulneráveis e são atendidas pelos Cras e movimenta a economia da agricultura familiar”, concluiu Ana Paula Ramos, secretária de Desenvolvimento Social. (Do Blog do Roberto).