Bodocó concede reajuste de mais de 33% aos professores


Do Blog do Alvinho Patriota 

A Prefeitura de Bodocó reajustou o salário dos professores da Rede Municipal de Ensino em 33,24%. O projeto de aumento salarial foi apresentado à Câmara de Vereadores nessa terça-feira, 3, e aprovado por unanimidade.

Pago a partir deste mês, o reajuste tem efeito retroativo a janeiro. A prefeitura vai quitar os vencimentos relativos aos quatro primeiros meses do ano em sete parcelas mensais. A medida também contempla profissionais aposentados que conquistaram direito à paridade.

Representantes da categoria que estavam acompanhando a sessão da câmara comemoraram a aprovação. A classe foi representada pela presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Educação (SINTEB), Jó Brígida. Também estiveram presentes na reunião os secretários Elinaldo Galindo (Educação), Cadu Calado (Casa Civil) e Júnior Soares (Procurador Geral do Município).

Vereadores de Bodocó Se Reunirão Em Novo Horário

 Foi aprovada pelos vereadores da câmara municipal de Bodocó a mudança no horário das sessões ordinárias.

As reuniões que aconteciam as terças-feiras às 19h, agora serão realizadas as 09h da manha do mesmo dia sendo duas por mês.

Segundo o Presidente Ver. Adalto ACS esta mudança é importante para que a população possa acompanhar as discussões dos vereadores no plenário.

Presidente Ver. Adalto ACS

À noite sabemos da dificuldade das pessoas em sair das suas casas, dos sítios e sendo pela manhã acredito que a presença dos cidadãos será maior.

Aproveito para convidar a população para a primeira sessão neste novo horário que acontecerá no dia (03) de maio, comentou  o presidente Adaldo. Por: Edy Vieira

Compesa realiza recadastramento no município de Bodocó

A equipe de recadastramento da Compesa (Companhia Pernambucana de Saneamento) está fazendo atualização cadastral em Bodocó, no Sertão do Araripe. O objetivo da ação é estreitar o relacionamento com os clientes e atualizar informações do banco de dados da empresa de forma simples e rápida, sem necessidade de comparecimento a uma loja de atendimento.

Com os dados atualizados, os clientes terão maior agilidade no momento de solicitar algum serviço da Compesa, como segunda via ou parcelamento da fatura. A previsão é que o trabalho termine em junho.

O gerente regional da Compesa, Kássio Kramer, destaca que os cadastradores visitam as casas devidamente identificados. “Durante a visita só será solicitada a apresentação dos documentos de identidade e CPF e em nenhum momento será solicitada informações financeiras”, salienta.

Prefeitura de Bodocó promove “Saúde na Feira” no dia 25 de abril

Com objetivo de facilitar o acesso a vacinas contra a influenza (gripe), a Prefeitura de Bodocó realiza na próxima segunda-feira, 25, o projeto “Saúde na Feira”. A ação, organizada pela Secretaria de Saúde, é voltada a idosos a partir de 60 anos, profissionais e estudantes da área da saúde. Evento iria ocorrer ontem, 18, mas foi adiado devido às fortes chuvas que caíram na cidade.

A iniciativa vai ser realizada na Praça José Gomes de Sá (Praça de Jairo), a partir das 7h, visando ampliar a cobertura vacinal contra a gripe no município. O grupo que será atendido integra o 1° público-alvo da campanha nacional de imunização.

O projeto conta com a parceria do Sesc Ler Bodocó, que disponibilizará equipes oferecendo serviços gratuitos de saúde.

Secretaria de Saúde de Bodocó muda periodicidade de divulgação de dados referentes à pandemia

Levando em consideração a queda nas notificações de novos da Covid-19, a Secretaria de Saúde de Bodocó, no Sertão do Araripe, mudou a periodicidade de divulgação dos principais dados referentes à pandemia. A partir deste mês, boletins sobre novos casos e vacinação passam a ser publicados semanalmente.

Deve-se ressaltar que os números da pandemia seguirão sendo monitorados pela Secretaria de Saúde. O que muda é apenas a divulgação dos boletins, os quais deixarão de ser diários e serão sempre divulgados ao público nas segundas-feiras”, explicou a prefeitura.

Há cinco dias Bodocó não registra novos casos da Covid-19 e não há pacientes internados em tratamento da infecção. O município não tem casos ativos no momento.

Prefeitura de Bodocó melhora estrutura da cozinha do Hospital Municipal

Ness

a quinta-feira, 10, a Prefeitura de Bodocó entregou novos equipamentos ao Hospital Municipal Eulina Lócio de Alencar, melhorando a estrutura da cozinha da unidade. A entrega foi feita pela secretária municipal de Saúde, Lidiane Nobre, e recebida pela diretora do hospital, Deborah Chrystina.

A prefeitura adquiriu e enviou à unidade dois freezers, um liquidificador industrial e um fogão industrial de seis bocas. “Os equipamentos vão renovar a estrutura da cozinha e facilitar a execução dos serviços da copa do hospital, que atende a demanda de alimentação e nutrição dos pacientes internado”, ressalta o governo municipal.

Lidiane frisou que o investimento vai agilizar o serviço de alimentação do hospital e aumentar a capacidade de condicionamento dos alimentos perecíveis que precisam ser congelados

Centro Covid de Bodocó é desativado após redução de casos da doença no município

Registrando redução de infecções pelo coronavírus Sars-Cov-2 nas últimas semanas, Bodocó desativou o Centro de Enfrentamento à Covid-19 (Centro Covid). O anúncio de encerramento do serviço foi feito pela prefeitura nesse sábado, 12, nas redes sociais. No informativo, a administração municipal destaca que os testes continuarão sendo feitos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS´s).

“Não haverá qualquer prejuízo no atendimento aos bodocoenses, tendo em vista que, desde o início deste ano, a testagem já estava sendo descentralizada do Centro Covid para as UBSs”, garantiu, deixando a Academia da Saúde, onde o Centro Covid-19 funcionava, livre para a retomada de suas atividades.

A prefeitura também comunicou que a vacinação contra a Covid-19 se concentrará na UBS 08. Moradores de todas as partes da cidade devem procurar essa unidade para receber a imunização.

Emoção toma conta das ruas de Bodocó no cortejo do Pau da Bandeira

Foto: BLOG DO CARIRI

A fé e a devoção a São José tomaram conta das ruas de Bodocó na quarta-feira (09/03), com o tradicional cortejo do Pau da Bandeira. O evento marca o início das comemorações ao padroeiro do município e já faz parte da história da cidade

O cortejo deste ano ocorreu de forma diferenciada. Por conta das restrições impostas pela Covid-19, apenas carros e motos, além de pessoas a cavalo puderam acompanhar o percurso feito pelo Pau da Bandeira, que foi trazido em um veículo

Mas uma tradição não muda: o cortejo teve início na Fazenda Carambola e de lá, o Pau da Bandeira seguiu até chegar à Igreja Matriz de São José. Ao som da Orquestra Filarmônica, o cortejo parou na residência da família Bezerra Alves, na Praça José Gomes de Sá, para receber a doação da bandeira do padroeiro

Já era noite quando iniciou o aguardado momento: o hasteamento da bandeira. Após, aconteceu a abertura dos festejos com celebração religiosa, que emocionou os bodocoenses, renovando a fé e a esperança de dias melhores

De carro, o prefeito Otávio Pedrosa acompanhou o cortejo junto com a sua família e participou da celebração. Otávio destacou que este é um dia muito importante para a cidade, principalmente para a comunidade católica, que tem muito orgulho, fé e entusiasmo em participar do tradicional cortejo

A festa religiosa seguirá até o próximo dia 19 de março, quando Bodocó comemora o Dia do Padroeiro. A Prefeitura não promoverá a Festa de Março, mas segue dando suporte e apoiando a Igreja Católica nos festejos de São José

Festa de Março de Bodocó é cancelada pelo terceiro ano consecutivo

Devido à situação de pandemia que ainda persiste em Pernambuco, apesar da queda de novos casos, a Prefeitura de Bodocó anunciou nessa segunda-feira, 7, o cancelamento dos shows musicais da tradicional Festa de Março pelo terceiro ano consecutivo. O evento terá apenas a parte religiosa, organizada pela Igreja Católica com apoio do governo municipal.

Em comunicado publicado nas redes sociais, a prefeitura destaca que a decisão foi tomada em conjunto pelas secretarias de Cultura e de Turismo. “Apesar das flexibilizações do Governo de Pernambuco promovidas no começo deste mês, entende-se que não é o momento de promover um evento deste porte, o qual resultará na grande concentração de pessoas, inclusive de turistas”, argumenta o governo municipal.

A tradição Festa de Março de Bodocó é um dos eventos mais badalados do Sertão do Araripe, atraindo milhares de pessoas em shows com atrações de renome nacional e regional. Na edição de 2019 o evento contou com apresentações de Márcia Felipe, Aldair Playboy, Saia Rodada, Calcinha Preta, entre outras bandas e cantores.

Segunda Câmara recomenda rejeição das contas de ex-prefeito de Bodocó, Túlio Alves

A Segunda Câmara do TCE emitiu parecer prévio recomendando à Câmara Municipal de Bodocó a rejeição das contas do ex-prefeito Túlio Alves Alcântara, relativas ao exercício financeiro de 2019. O processo (nº 20100268-1) estava sob a relatoria do conselheiro Carlos Neves, cujo voto foi aprovado à unanimidade, em sessão realizada no último dia 24/02.

O procedimento de Prestação de Contas de Governo é realizado anualmente pelo TCE para checar a observância dos limites constitucionais e legais impostos à gestão pública. Segundo o relatório de auditoria, foram verificadas falhas de controle nas contas do então gestor, desde o planejamento governamental à execução orçamentária e financeira, contrariando as normas do ordenamento jurídico.

Entre as irregularidades apontadas, está o descumprimento do limite mínimo (25%) de aplicação de recursos na manutenção e no desenvolvimento do ensino público. Segundo o relatório de auditoria, a Prefeitura aplicou na educação o percentual de 10,83% da receita de impostos e transferências, o que caracteriza grave infração à norma constitucional.

A equipe de auditoria do TCE também constatou falhas quanto à gestão do Regime Próprio de Previdência Social (RPPS), quais sejam: déficit atuarial de R$ 178.140.054,91, recolhimento menor que o devido de contribuições previdenciárias patronais normais (apenas 23,82% do valor) e suplementares (35,41%), além da não adoção de alíquota sugerida na avaliação atuarial.

De acordo com o voto do realtor, “com o RPPS em desequilíbrio atuarial e o repasse parcial das contribuições previdenciárias, a gestão onera o Município de Bodocó com a incidência de juros e multa, que pode comprometer o pagamento dos benefícios previdenciários aos segurados. Além disso, transfere para as futuras gestões a obrigação do pagamento de contribuições que já deveriam ter sido repassadas”.

Por fim, verificou-se a abertura de créditos adicionais sem a existência de fonte de recursos, sendo R$ 515.451,47 em excesso de arrecadação e R$ 2.618.026,31 em operações de crédito.

Diante das irregularidades, o conselheiro Carlos Neves determinou à gestão municipal que promova a imediata aplicação da diferença percentual não aplicada no ensino, reavalie a metodologia de cálculo utilizada para a previsão da receita orçamentária e envie Projeto de Lei Orçamentária ao Poder Legislativo contendo previsão de arrecadação de receita compatível com a realidade municipal.

O relator estabeleceu diversas medidas à Prefeitura de Bodocó a fim de que regularize a situação do município. Entre elas, também estão a de se abster de realizar despesa com recursos do Fundeb em montante superior às receitas desta fonte; e repassar, de forma integral e tempestiva, os valores devidos ao RPPS.

A procuradora Maria Nilda representou o Ministério Público de Contas. O interessado ainda pode recorrer da decisão