Reajuste de combustíveis será feito em 60 dias e depois, mensalmente

Foto: reprodução

O ministro da Fazenda, Eduardo Guardia, afirmou hoje, em entrevista coletiva, que o reajuste de preços de combustíveis será feito inicialmente daqui a 60 dias e depois, mensalmente. Ele negou risco de prejuízos para a Petrobras,que terá liberdade total para fixar a política de preços.

“Primeiro, 60 dias, depois, mensalmente. Não há nenhum prejuízo para a Petrobras”, disse o ministro. “Não há congelamento de preços.”

Segundo ele, os preços serão alterados para cima ou para baixo, dependendo das reações do mercado internacional.

A entrevista do ministro é concedida um dia depois de o presidente Michel Temer anunciar o acordo com os caminhoneiros para encerrar  a paralisação nas rodovias federais. O governo negociou a redução de R$ 0,46 no litro do óleo diesel e a suspensão da cobrança de pedágio para caminhões vazios, entre outras medidas (Por Agência Brasil)

Corpo de recém nascido é encontrado em rede de esgoto de Tabira em PE

No domingo (4), uma cena incomum causou comoção na população da cidade de Tabira, no Sertão de Pernambuco. Um bebê recém nascido foi encontrado boiando em um canal de esgoto, na Rua Eduardo Domingos, no bairro das Missões, próximo à Academia da Guarda Municipal.

A Polícia Militar (PM) local foi acionada para verificar a ocorrência e o corpo do bebê foi encaminhado ao Hospital Municipal de Tabira. O caso já foi repassado para a Delegacia de Policia Civil da cidade que já está investigando o caso e no mesmo dia teve informações que no hospital local deu entrada uma mulher com sinais de aborto.

A mulher identificada como R. M. G. C., de 25 anos, moradora da região onde o corpo foi encontrado foi apontada como a mãe da criança. Em relato a polícia, a jovem afirmou que havia abortado um feto no vaso sanitário de sua residência na domingo pela manhã.
 
Segundo informações do Blog do Cauê Rodrigues, a mãe se encontrava em estado de choque e seria transferida para o hospital regional de Afogados da Ingazeira. O corpo do feto passará por perícia policial para investigar a causa da morte.