3ª ganhadora da Promoção Casa da Construção Dá de 10 é das Caraíbas

Maria Aparecida Raimunda de Souza que reside na Fazenda Caraíbas, zona rural de Ouricuri foi a sortuda que faturou o 3º (terceiro) prêmio da Promoção Casa da Construção Dá de 10. O sorteio foi realizado no dia 24 de agosto e a senhora Maria Aparecida ganhou uma furadeira Skil.

O próximo sorteio será realizado no dia 21 de setembro, a partir das 11 horas na Casa da Construção Home Center do Araripe.

Para concorrer é fácil, basta comprar nas Lojas Casa da Construção de Ouricuri, que fica em três endereço, na Avenida Fernando Bezerra, em frente a Compesa, na Avenida Manoel Irineu de Araújo, em frente ao IPA, e na Casa da Construção Home Center, por trás da rádio VP FM, e também nas Farmácias São Sebastião. A cada R$ 30,00 em compras você recebe um cupom. Este ano a Casa da Construção completa 20 anos e serão sorteados 20 prêmios pra você, dentre eles, um carro MOBI 0 km.

Campus Ouricuri do IF Sertão-PE divulga convocação para a Chamada Pública referente às vagas remanescentes do PS 2019

O campus Ouricuri do IF Sertão-PE divulgou, nesta quarta-feira (11), o edital 09/2019 da Instituição, que rege a Chamada Pública do Processo Seletivo 2019. Ao todo, serão ofertadas 17 vagas para turma 2019.2 do curso Edificações, realizado no turno vespertino.

Os candidatos convocados deverão comparecer ao campus nesta sexta-feira (13), a partir das 9h30, para participarem da referida Chamada Pública, que requer a manifestação presencial do estudante sobre intenção de ocupar eventual vaga que lhe for possível. O candidato deverá comparecer com a documentação exigida para matrícula, pois, se for selecionado, deverá efetuar, em seguida, a matrícula na Secretaria de Controle Acadêmico da unidade escolar.

Caso o candidato estiver na condição de menor de idade, o comparecimento é obrigatório para o responsável legal (pai, mãe, curador ou tutor) ou o representante legal, que deverá apresentar nesse caso, procuração. No caso de pai e/ou mãe, será necessária apenas apresentação de documentação oficial de identificação com foto.

Durante a reunião da chamada pública, o recinto ficará aberto. O candidato que chegar após a chamada de seu nome, perde o direito de classificação e, havendo vagas ociosas, após concluir a chamada de toda a lista, o candidato retardatário poderá participar, na condição de ficar no final da lista, seguindo a ordem de classificação da maior nota. Saiba mais no site do IF Sertão-PE.

Ouricuri é o único município da região que aderiu ao plano de trabalho para cadeia do gesso

Na tarde desta quinta-feira (5), o Ministério Público do Trabalho (MPT) e a Organização Internacional do Trabalho (OIT) realizaram reunião para tratar da assinatura de termo de adesão ao “Grupo de Trabalho Gesso 2030” por municípios do polo gesseiro do Araripe. O objetivo é que as cidades desenvolvam estratégias de compliance na cadeia produtiva, o que inclui a promoção do trabalho decente.

O município de Ouricuri, único município que compareceu ao encontro, de uma lista de cinco convocados, assinou o termo, se comprometendo com os órgãos. Na oportunidade, o município foi representado pelo secretário de Agricultura, Ideval Alves, que aproveitou a ocasião para falar sobre a estrutura que conta a cidade. Ressaltando a cadeia do gesso, o secretário disse do potencial que há no município para a exploração da gipsita, por meio da atividade de mineração.

O procurador do MPT, coordenador das ações do órgão no polo gesseiro, Rogério Sitônio, agradeceu a vinda do representante, assim como o aceite ao termo da OIT, que tem caráter tripartite. Ele mostrou ao secretário as atividades que estão sendo desenvolvidas na região. Desde 2015, o MPT acompanha a situação de trabalho na localidade, através de inspeções, audiências públicas, assinatura de compromissos de ajustamento de conduta e o ajuizamento de demandas coletivas contra empresas, com o intuito de garantir melhorias no meio ambiente de trabalho no setor.

A convocação da OIT tem um caráter promocional, não repressivo, sendo o MPT um parceiro também nesse grupo de trabalho. Ficamos felizes pela adesão do município de Ouricuri, mas lamentamos a ausência dos demais, exatamente por entendermos que as soluções para os problemas mais complexos que observamos no polo precisam do engajamento de vários agentes, entre eles o do poder executivo local”, afirmou o procurador.

Pela OIT, participaram da reunião a coordenadora da área de princípios fundamentais do trabalho, Maria Cláudia Falcão; a oficial de projetos, Fernanda Carvalho; a consultora, Shamaa Dhyan. As representantes também lamentaram a ausência dos demais municípios no encontro se colocando à disposição para que entrem em contato diretamente.

GT

O “Grupo de Trabalho Gesso 2030” foi proposto pela OIT. A ideia é apoiar na consolidação de um Plano de Intervenção no Polo do Araripe para a melhoria das condições de trabalho no polo gesseiro, visando à consolidação de uma cadeia produtiva sustentável do gesso brasileiro.

Petrolina já é quarta maior cidade do Interior do Nordeste, segundo IBGE

Principal cidade do Sertão de Pernambuco, Petrolina já alcança o estatus de quarta maior cidade do Interior do Nordeste. O levantamento é do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para 2019.

Pela pesquisa, a Capital do Sertão tem população estimada em 349.145 habitantes, superando Vitória da Conquista (BA), cuja população estimada é de 341.597 habitantes. Até o ano passado, a cidade baiana estava à frente de Petrolina

O ranking com as dez maiores cidades do Interior nordestino é o seguinte:

1-Feira de Santana/BA – Crescimento 2018/2019 – 0,8% – População estimada 614.872

2-Campina Grande/PB – Crescimento 2018/2019 – 0,6% – População estimada 409.731

3-Caruaru/PE – Crescimento 2018/2019 – 1,2% – População estimada 361.118

4-Petrolina/PE – Crescimento 2018/2019 – 1,5% – População estimada 349.145

5-Vitória da Conquista/BA – Crescimento – 0,8% – População estimada 341.597

6-Mossoró/RN – Crescimento 1,1% – População estimada 297-378

7-Juazeiro do Norte/CE – Crescimento – 0,8% – População estimada 274.207

8-Imperatriz/MA – Crescimento – 0,3% – População estimada 258.682

9-Arapiraca/AL – Crescimento 0,6% – População estimada 231.747

10-Juazeiro/BA – Crescimento 0,7% – População estimada 216.707. (Por Carlos Britto)

Prefeitura de Santa Cruz efetua mais um pagamento em dias

A Prefeitura de Santa Cruz, no Sertão do Araripe em Pernambuco, realiza nesta sexta-feira (30), o pagamento dos servidores do município, sendo que o pagamento dos efetivos já foi creditado na conta.

Neste dia 29 (quinta-feira) foi efetuado o pagamento dos efetivos e amanhã 30 (sexta-feira) será o pagamento dos contratados e comissionados a partir das 9 horas.

A prefeita Eliane Soares disse, “mesmo diante de todas as dificuldades, o município vem conseguindo pagar em dia suas obrigações financeiras”.

Paulo Câmara anuncia mudanças em sua equipe

O governador Paulo Câmara definiu, nesta segunda-feira, mudanças na Casa Civil e na Secretaria de Administração. O secretário de Administração, José Neto, assume a Casa Civil no lugar de Nilton Mota, que vai para a Presidência da Pernambuco Participações Investimentos S/A (Perpart). No lugar de José Neto ficará a advogada Marília Raquel Simões Lins, que atualmente é secretária executiva na Administração.

Formado em Direito pela Universidade Federal de Pernambuco, José Neto é auditor do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE). No governo Eduardo Campos exerceu os cargos de secretário executivo de Administração de 2007 a 2009 e em 2010, titular da pasta. Do início de 2011 a março de 2014, ocupou o cargo de secretário executivo da Fazenda. De abril a dezembro de 2014 se tornou titular da Secretaria de Administração novamente. No primeiro governo Paulo Câmara foi chefe da Assessoria Especial e chefe de Gabinete de Governo. Desde janeiro de 2019 estava mais uma vez na Secretaria de Administração.

Marília Raquel Simões Lins é formada em Direito pela Universidade Católica de Pernambuco (Unicap).  Ela entrou na Secretaria de Administração do Estado (SAD) como estagiária em 1999 e chegou ao cargo de secretária entre abril e dezembro de 2018. Desde o início do ano era secretária executiva de pessoal da SAD e agora assume novamente a titularidade da pasta.

Sindsep e prefeitura de Ouricuri firmam acordo para rateio dos precatórios do Fundef

Aconteceu no Auditório do SINDSEP, dia 15 de agosto, a 4ª Assembleia Geral Extraordinária para deliberar sobre os Precatórios do FUNDEF.

Todos os sindicatos da Região do Araripe foram formalmente convidados, assim como os vereadores de Ouricuri, através da Presidenta da Câmara Vereadora Adelucia Clea, prefeitos da região através do Presidente do Consócio dos Prefeitos-CISAPE Cleomatson Coelho, do Prefeito de Ouricuri Ricardo Ramos e do Deputado Estadual Antônio Fernando, através do assessor Cezar de Preto.

A Plenária iniciou-se às 10h e encerrou-se às 12h. A Presidenta do SINDSEP Espedita Ribeiro abriu a reunião agradecendo o público que lotou as dependências do Auditório.

O objetivo do SINDSEP foi realizar uma Plenária Regional para discutir a situação dos Precatórios do FUNDEF e o andamento das negociações dos sindicatos com suas respectivas prefeituras. A programação e o planejamento consistia em facultar a palavra aos dirigentes sindicais e seus advogados, aos presidentes de Câmaras de Vereadores e aos prefeitos.

A Presidenta fez uma explanação sobre a luta dos professores e demais servidores da educação. Relembrou da história de luta do SINDSEP pelos Precatórios desde 2015, quando foi contratada uma banca de advogados especializada na causa. Que foram realizadas diversas assembleias para deliberar sobre o tema. Que a Entidade Sindical buscou o apoio dos vereadores(as), onde lá na Câmara foram realizadas várias reuniões, onde tanto a Presidenta da Casa quando os demais parlamentares declararam apoio à luta.
O SINDSEP mancou presença constante às sessões legislativas, inclusive usando a tribuna para falar sobre a luta. Que foram feitas diversas ações na imprensa para divulgar a campanha pelos precatórios, na internet através das redes sociais e nas rádios através das dezenas de entrevistas. Que foram enviados vários ofícios ao Governo Municipal, que aconteceram muitas conversas e reuniões com os assessores, até que no mês de maio houve a primeira grande reunião com o Prefeito Ricardo Ramos, contando com a presença dos vereadores(as) e da Diretoria do SINDSEP.
Naquele oportunidade o Prefeito disse ser favorável ao rateio, desde que houvesse respaldo judicial.
Diante da situação o SINDSEP decidiu entrar na justiça a fim de conseguir uma decisão favorável ao rateio dos recursos entre os professores e demais servidores da educação. Por fim, a Presidenta agradeceu a confiança de todos(as) na luta pela divisão justa dos precatórios e garantiu que não abriremos mão dos precatórios.

Em seguida, o Advogado do SINDSEP Dr. João Paulo relatou os detalhes do processo judicial impetrado contra o município na Justiça Federal. Disse que no mês de maio, após reunião com o Prefeito, onde o mesmo dizia ser favorável a divisão dos recursos, porém somente com aval da justiça. Diante da situação, impetrou com processo pedindo o bloqueio de 100% dos recursos e o rateio entre os professores e demais servidores da educação. Informou que até a presente data não saiu a decisão final da justiça. No entanto, houve um parecer favorável do MPF ao rateio, sugerindo inclusive uma audiência entre o Sindicato e Prefeitura para viabilizar um acordo de conciliação.

Em seguida a palavra foi facultada aos sindicatos de Bodocó, Santa Cruz, Santa Filomena, Ipubi, Araripina, Exu e Salgueiro. Os dirigentes sindicais contaram como andam as negociações com as respectivas prefeituras. Parabenizaram o SINDSEP pela iniciativa de união com os demais sindicatos e se prontificaram a participar das lutas de forma unificada.

De fato foi um dia histórico, pois foi a primeira vez que tantos sindicatos se reuniram numa plenária para lutarem juntos numa mesma causa. O objetivo do SINDSEP é criar uma Frente Permanente de defesa dos direitos dos Trabalhadores(as) do Araripe. Nesse primeiro momento a pauta que nos une são os Precatórios do FUNDEF, porém outras pautas de luta certamente virão.

Os Precatórios do FUNDEF, num montante de R$ 95 bilhões, que a União deixou de repassar entre 1998 e 2006 aos estados e municípios vai ajudar a melhorar a educação, podendo oferecer melhores condições de ensino. Vários estados e prefeituras ganharam ações na justiça e estão recebendo os recursos, que deverão ser depositados em uma conta específica e aplicados conforme os planos de investimentos.

Em alguns lugares foram feitos os rateios somente com os professores. Já em outros também foram contemplaram os demais servidores da educação. O fato é que a Lei do FUNDEF garante 60% para os professores, mas não trás a obrigatoriedade de percentual para os servidores da educação. Ficará a critério do gestor a concessão de um percentual de rateio entre esses profissionais. Isso o SINDSEP já vem negociando com o Prefeito de Ouricuri na expectativa de que o gestor seja sensível a demanda e entenda que todos os profissionais da educação merecem ser valorizados pela relevância do trabalho que prestam nas escolas.

A Presidenta da Câmara Municipal Vereadora Adelúcia Clea, representando os demais vereadores, disse que o SINDSEP estava de parabéns pela iniciativa, que os vereadores vem apoiando as lutas sindicais, inclusive o rateio dos precatórios. Pediu ao Prefeito que fosse sensível a esta causa tão importante para educação de Ouricuri.

O Prefeito de Ouricuri Ricardo Ramos não havia dado declarações públicas acerca dos precatórios. Os mais de R$54 milhões de reais já estão à disposição da justiça desde abril/2019 e certamente serão creditados em conta da prefeitura assim que finalizado o processo.

Foi a primeira vez que o Prefeito Ricardo Ramos participou de uma assembleia do SINDSEP. Foi bastante aplaudido pelo público quando afirmou que quer ser o prefeito referência na região em rateio de precatório. Garantiu que vai dividir os 60% como os professores, inclusive aposentados e pensionistas.

Logo após o encerramento da assembleia, o Prefeito conversou com a Diretoria do SINDSEP e disse que vai estudar a possibilidade de conceder um percentual aos demais servidores da educação.

O SINDSEP defende que os recursos dos Precatórios sejam divididos de forma justa entre os professores e demais servidores da educação. Para tanto, mobilizou as categorias para a luta e buscou sensibilizar o gestor de valorizar esses profissionais tão importantes para o município.

Assim, o SINDSEP estabeleceu uma estratégia de atuação, visando o bem comum dos filiados e a promoção da justiça e da valorização. Estamos cientes da nossa responsabilidade enquanto Entidade Sindical e vamos continuar cumprindo com zelo o nosso papel institucional.

A luta pela divisão justa dos precatórios ainda tem algumas etapas a serem vencidas. Primeiramente conseguir o apoio do MPF ao acordo que está sendo construído entre SINDSEP e Prefeitura e depois a homologação desse acordo pela Justiça Federal. Passadas essas duas fases ainda restará a tramitação do projeto de lei via Câmara de Vereadores. Com a provação legislativa e sanção do executivo, o pagamento já poderá ser efetuado.

CONHEÇA DETALHES DA PROPOSTA DO SINDSEP:

1-Considerar 01/01/1998 como data base para todo e qualquer benefício;

2-Parcela 60% (RATEIO):

a)Professores do ensino infantil e fundamental em atividade entre 1998 a 2006;

b)Professores aposentados a partir de 1998;

c)Pensionistas de professores falecidos a partir de 1998;

d)Ex-professores, mas em atividade entre 1998 a 2006;

e)Professores com dois turnos receberem dobrado;

f)Professores concursados em 2016 em atividade (proporcional);

3-Parcela 40% (RATEIO):

a)Servidores em atividade entre 1998 a 2006 lotados na educação;

b)Servidores concursados em 2016 em atividade;

c)Servidores da educação aposentados a partir de 1998;

d)Pensionistas de servidores falecidos a partir de 1998.

Prefeitura de Ouricuri inaugura mais uma rua pavimentada no Nossa Senhora do Carmo

Ao lado do deputado federal Tadeu Alencar, secretários municipais e vereadores, o prefeito de Ouricuri, Ricardo Ramos, inaugurou na última quinta-feira (22), a pavimentação em calçamento da Rua Marcos Freire, no bairro Nossa Senhora do Carmo. Na ocasião, o prefeito lembrou que o calçamento era uma obra esperada há muito tempo pelos moradores daquela rua, “será mais uma rua calçada para as pessoas melhor se locomover. Além de ajudar na locomoção de pessoas e automóveis, esse calçamento trará mais qualidade de vida aos moradores”, comentou.

Ainda de acordo com o prefeito, essa foi a forma que a gestão pública municipal de Ouricuri encontrou de manter seu compromisso de melhorar a infraestrutura da cidade dia após dia, fazendo com que o município cresça e seus moradores fiquem mais felizes. “A obra solucionará os problemas de escoamento de água que ocorriam no local em dias chuvosos. Outro problema enfrentado pelos moradores é com relação à poeira em dias secos e lama em dia chuvoso. Agora tudo vai melhorar”, afirmou o prefeito Ricardo Ramos.

A prefeitura tem investido na pavimentação de ruas, facilitando o deslocamento de moradores e usuários. “Além de significar mais qualidade de vida aos cidadãos, a chegada do pavimento em vias que não contavam com esse importante benefício também garante um novo visual ao lugar e, consequentemente, a valorização dos imóveis”, observou o secretário municipal de Obras, Aldryn Cavalcante.

Diversas ruas de vários bairros de Ouricuri já foram concluídas e entregues a população, sendo possíveis, através do grande esforço do prefeito Ricardo Ramos e do seu corpo de secretários que não param o trabalho mesmo em tempos de crise, isto graças a união e o trabalho em equipe dos mesmos.

O clima é de muita alegria e comemoração na comunidade. “Esse calçamento era uma antiga reivindicação da comunidade, aqui era muito ruim, terra, lama, buraco e poeira. Antes de Ricardo, ninguém tinha olhado por nós. Nasci e me criei aqui. Aqui era um caos. Tudo precário. Hoje, o cenário é completamente diferente. Veja que maravilha, nossa voz foi ouvida. O prefeito está de parabéns. Estamos bastante realizados, sem dúvida esse é um antigo sonho concretizado”, falou Cicero Nascimento morador da referida Rua. Dona Cecilia, moradora há 40 anos no bairro, destacou o empenho da prefeitura. “Veja que rua linda, toda calçada. Vai diminuir a poeira, os meninos que tem cansaço vão melhorar muito com esta obra. Todos nós só temos a ganhar, e agradecemos ao prefeito Ricardo Ramos pelo trabalho em minha rua e em todo o município”. 

Paulo Câmara cumprirá agenda oficial em Ouricuri nesta quinta (22)

O governador Paulo Câmara aporta, nesta quinta-feira, no município de Araripina, no Sertão do Araripe, para dar continuidade ao Seminário Todos Por Pernambuco. Realizada sempre no primeiro ano da gestão estadual, a iniciativa acontece em formato de fórum participativo, com o objetivo de ouvir as propostas da população para garantir a qualidade de vida nos municípios.

Confira agenda oficial do governador na região:

ARARIPINA:

9h – Programa Todos por Pernambuco (Sertão do Araripe).

Assinatura da Ordem de Serviço para Perfuração de Bateria de Poços para Melhoria do Abastecimento de Água em Araripina.

Local: Escola Técnica Estadual Pedro Muniz Falcão.

Rua João Pereira de Lisboa, s/n – Alto da Boa Vista, Araripina/PE.

BODOCÓ

13H40 – Visita a Obra da Ponte do Rio Pequi

Local: PE-545 (Canteiro de obras), Bodocó/PE

OURICURI:

14h30 – Caravana 13º do Bolsa Família

Entrega de Títulos de Posse para os municípios de Araripina, Bodocó e Ouricuri.

Local: Erem Fernando Bezerra

Rua Major Rufino José da Cunha, 248, Centro – Ouricuri/PE.

PARNAMIRIM:

17h30 –  Inauguração da Escola Dominiciano Balbino da Silva;

Assinatura do Termo de Cessão de Uso da Escola Dominiciano Balbino da Silva

Local:  Distrito de Jacaré, Parnamirim/PE.

Regulamentação de transporte alternativo volta a ser debatida pelo Governo de Pernambuco

Após a instituição de uma comissão interdisciplinar para promover estudos e propostas referentes à regulamentação do transporte intermunicipal de passageiros, o secretário de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude, Sileno Guedes, se reuniu, nesta quarta-feira (21), com representantes da Cooperativa de Transporte Complementar de Passageiros do Sertão do Araripe e Região do São Francisco e de Petrolina (Cootrinpe) para discutir alternativas para a regulamentação do meio de transporte. O grupo agradeceu a atenção do Governo do Estado com a causa e entregou uma cópia de um ofício ao secretário pedindo autorização para o tipo do serviço, que será considerado proibido a partir do dia 09 de outubro, após mudança no Código de Trânsito Brasileiro (CTB), sancionada pela Presidência da República este ano.

Na semana passada, o secretário teve encontros com representantes do transporte alternativo do Itaparica, Moxotó e Pajeú. “O Governo do Estado e os loteiros (como são conhecidos) estão do mesmo lado. Estamos buscando construir uma alternativa para cumprir a lei de forma que todas continuem trabalhando e exercendo seus serviços. É uma condição de extrema importância junto à população. Então o governador pediu que esse diálogo fosse estabelecido para que pudêssemos construir juntos uma proposta que garantisse a permanência e a execução desse serviço“, destacou Sileno Guedes.

Presidente da Cootrinpe, Antônio José de Araújo avaliou a criação da comissão, destacando que ela vai ajudar na discussão da regulamentação. “Nesse momento o que mais precisamos é desse projeto de governo, essa legalização do nosso transporte. Há mais de 20 anos que eu trabalho nesse sistema e nós nunca fomos reconhecidos como profissionais e chegou a hora, a oportunidade da gente mostrar o nosso serviço a nível estadual, para mostrar a qualidade do nosso trabalho junto aos usuários do nosso transporte. Toda a classe de transporte alternativo está muito feliz com essa possibilidade. O encontro de hoje foi ótimo. Não vamos parar, vamos dar continuidade para sermos legalizados no estado de Pernambuco“, comentou.

Com a conclusão dos estudos da comissão, o Governo do Estado buscará assegurar, dentro da Lei, as regras necessárias para garantir a regulamentação do serviço e, assim, possibilitar o trabalho e a geração de renda para os operadores do transporte.