Eleições 2022: Adalberto Alencar e mais dois candidatos se unem em uma única candidatura coletiva em Pernambuco

Três candidatos a deputado federal pela Rede-Sustentabilidade-PE, abrem mão de suas candidaturas individuais em prol de uma chapa coletiva.

Isac do ônibus, ex-vereador de dois mandatos em Limoeiro e ex-candidato a deputado federal que obteve mais de nove mil votos; Claudevanio das Casas, suplente de vereador do Cabo de Santo Augustinho, atualmente guarda municipal, bacharel em direito e líder estadual de um movimento social que já contemplou mais de trinta mil famílias com moradia popular e Adalbeto Alencar, Empreendedor Social,  estudante de Gestão Pública e obteve em 2018 votação em mais de 50 municípios do estado

A  pré-campanha bem articulada e planejada de ambos consolida esse projeto político, social e coletivo, tendo em vista maior probabilidade de ocuparem uma vaga na câmara dos deputados.

PESQUISA ELEITORAL PE: Confira disputa apertada pelo Governo de Pernambuco

A pesquisa eleitoral Potencial, divulgada nesta terça-feira (9), trouxe as intenções de voto do eleitorado pernambucano para o Governo, Senado e presidência da República.

Na disputa do Governo de Pernambuco, a pesquisa eleitoral aponta a liderança de Marília Arraes (SD), com 29,4% dos votos totais.

Anderson Ferreira (PL) aparece na segunda posição, com 15,5% das intenções de voto. O candidato é seguido por Raquel Lyra (PSDB), que marca 12,8%.

Danilo Cabral (PSB) fica na quarta colocação, com 11,8%, enquanto Miguel Coelho (UB) alcança 8,9% das intenções de voto.

Os demais candidatos não alcançaram 1%. Com a margem de erro de 3,1 pontos percentuais para esta pesquisa eleitoral, a disputa se mantém apertada.

CONFIRA INTENÇÕES DE VOTO PARA O GOVERNO DE PERNAMBUCO:

  • Marília Arraes (SD): 29,4%
  • Anderson Ferreira (PL): 15,5%
  • Raquel Lyra (PSDB): 12,8%
  • Danilo Cabral (PSDB): 11,8%
  • Miguel Coelho (UB): 8,9%
  • B/N: 10,1%
  • Indeciso/Não sabe: 7%

SOBRE A PESQUISA ELEITORAL POTENCIAL

A pesquisa eleitoral foi realizada por meio de mil entrevistas por telefone, que aconteceram entre os dias 4 e 8 de agosto.

O nível de confiança é de 95% para uma margem de erro de 3,1 pontos percentuais.

Helbinha anuncia o início de pagamentos dos precatórios aos professores, nesta sexta-feira (12)

A Prefeitura de Trindade-PE, Helbinha deRodriguez, anunciou nesta terça-feira (9), o pagamento aos professores da gestão municipal dos valores referentes aos precatórios.

Na ocasião, a cidade destaca-se por ser o primeiro município da região do Araripe, a realizar o pagamento deste fundo aos profissionais.

Recebem os profissionais da educação do município que encontram-se atuando em suas atividades.

“Diante de tantas lutas é chegada a hora da vitória a você professor do município de Trindade, seremos a primeira cidade a ser contemplada com o pagamento dos precatórios. Nesta sexta-feira, todos os profissionais irão receber”, comentou a Prefeita.

Auxílio de R$ 600 começa a ser pago hoje; confira quem vai receber

Começam a ser pagos hoje, pela Caixa Econômica Federal (CEF), os benefícios aprovados pela chamada PEC das Bondades, encabeçada pelo governo no Congresso Nacional. A PEC elevou para R$ 600 o valor da parcela do Auxílio Brasil, bem como do Auxílio Gás, com valor equivalente a 100% do botijão, e criou o auxílio caminhoneiro (Benefício Emergencial aos Transportadores Autônomos de Carga – BEm Caminhoneiro). Todos esses benefícios começarão a ser pagos nesta terça-feira. Já o auxílio para taxistas terá os pagamentos iniciados em 16 de agosto.

Todos esses benefícios são válidos apenas até o fim de 2022, ano eleitoral. O presidente Jair Bolsonaro (PL), no entanto, que é candidato à reeleição, prometeu manter, pelo menos, os R$ 600 do Auxílio Brasil no próximo ano. Seu principal adversário nas eleições, o ex-presidente Lula (PT), diz o mesmo. A dúvida é saber como viabilizar a despesa, sem violar as regras fiscais.

Somente o Auxílio Brasil terá um total de 20,2 milhões de beneficiários neste mês. O pagamento, que aconteceria no período de 18 a 31 de agosto, foi antecipado e seguirá a ordem de liberação de verbas de acordo com o Número de Identificação Social (NIS) dos beneficiários. Os primeiros serão os que têm NIS com final 1. Os demais grupos receberão os pagamentos até o dia 22.

Já os caminhoneiros, que têm direito ao auxílio no valor de R$ 1 mil receberão, este mês, duas parcelas, referentes a julho e agosto. Nos demais meses o pagamento segue o cronograma normal: em 24 de setembro será paga a 3ª parcela, em 22 de outubro a 4ª, em 26 de novembro a 5º e, por último, em 17 de dezembro, a 6ª.

Os benefícios são pagos via aplicativo do Caixa Tem, que permite que o valor seja utilizado para compras em supermercados, padarias, farmácias e outros estabelecimentos com o cartão de débito virtual e QR Code.

Desafio

O pagamento dos benefícios teve como fonte de custeio créditos extraordinários. Para isso, a proposta precisou permitir um furo no teto de gastos no valor de R$ 41 bilhões. No entanto, a manutenção do auxílio de R$ 600 em 2023 precisa ter uma nova fonte de custeio, além de estar prevista na Lei Orçamentária Anual.

“O ideal é que o governante crie um ambiente macroeconômico apropriado, que permita à economia crescer e os agentes econômicos receberem sua renda em forma de aluguéis, juros, lucros e salários. Mas não existe uma perspectiva de a nossa economia crescer de forma ambiciosa no próximo ano, então, obviamente, a pressão social para manter esses benefícios estará lá, na votação do orçamento, que é feita no final deste ano”, explicou o economista e analista político Másimo Della Justina.

A professora de Economia do Ibmec Fernanda Mansano chama atenção, ainda, para a questão dos dividendos das estatais — um dos tipos de créditos extraordinários que viabilizarão o pagamento das despesas geradas pela PEC. “O governo pediu que a distribuição de dividendos seja antecipada. Há, então, o repasse semestral, e ele pede para que seja bimestral. Isso também pode contribuir para minimizar os riscos de manter os benefícios. Entretanto, não se pode descartar os riscos de descumprimento do teto de gastos”, avaliou.

Fonte: Diário de Pernambuco.

Morre aos 84 anos o humorista e escritor Jô Soares

O ator, humoristas, escritor e diretor Jô Soares morreu na madrugada desta sexta-feira (5), aos 84 anos. Ele estava internado no Hospital Sírio Libanês, em São Paulo, desde o fim do mês passado, segundo sua assessoria.

A causa da morte ainda não foi divulgada. O enterro e velório de Jô serão reservados à família e amigos.

José Eugênio Soares nasceu em 1 de janeiro de 1938 no Rio de Janeiro. Foi humorista, apresentador de televisão, escritor, diretor e ator.

Jô trabalhou nas emissoras Continental, TV Rio, Tupi, Excelsior, Record, SBT e na Globo.

Sua carreira como apresentador começou no Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) com o programa “Jô Soares Onze e Meia”, que foi ao ar entre 1988 e 1999. Em 2000, o humorista iniciou aquele que se tornou seu programa mais famoso, o “Programa do Jô”, encerrado em 2016.

Pesquisa PoderData: Lula tem 43% contra 35% de Bolsonaro

Pesquisa do PoderData, divulgada nesta quinta-feira (4), mostrou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) com 43% das intenções de voto para o primeiro turno das eleições presidenciais, seguido pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), pré-candidato à reeleição, que marcou 35%.

Bolsonaro variou dois pontos percentuais para baixo em relação ao levantamento divulgado em 20 de julho, dentro da margem de erro da pesquisa, que é de dois pontos percentuais. Lula manteve o patamar de 43% das intenções de voto. A diferença entre os dois candidatos é de oito pontos percentuais.

Os demais pré-candidatos estão abaixo dos dois dígitos. Veja os resultados abaixo, bem como a variação em relação à pesquisa da quinzena anterior:

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) – 43%

Jair Bolsonaro (PL) – 35% (-2 p.p)

Ciro Gomes (PDT) – 7% (+1 p.p)

Simone Tebet (MDB) – 4% (+1 p.p)

André Janones (Avante) – 2%

Felipe D’Ávila (Novo) – 1% (+1 p.p)

Eymael (DC) – 1% (+1 p.p)

Pablo Marçal (Pros) – 0% (-1 p.p)

Leonardo Péricles (UP) – 0%

Luciano Bivar (União Brasil) – 0%

Sofia Manzano (PCB) – 0%

Vera Lúcia (PSTU) – 0%

Brancos e Nulos – 4%

Não sabem – 2%

O PoderData também perguntou aos eleitores entrevistados em quem votariam em um eventual segundo turno entre Bolsonaro e Lula. A diferença entre os dois passou de 13 pontos percentuais para 10, em relação ao levantamento realizado na quinzena anterior. Veja:

Luiz Inácio Lula da Silva (PT) – 50% (-1 p.p)

Jair Bolsonaro (PL) – 40% (+2 p.p)

Brancos e Nulos – 5%

Não sabem – 4%

O levantamento do PoderData, que contratou a própria pesquisa, ouviu 3,5 mil eleitores em 322 municípios das 27 unidades da federação entre os dias 31 de julho e 2 de agosto de 2022. As entrevistas foram feitas por telefone, para fixos e celulares. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos e o nível de confiança é de 95%. Foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-08398/2022.

“A ausência de políticas públicas coloca a Região do Araripe como a mais desigual do Estado”, diz Adalberto Alencar

O pré-candidato a deputado federal pela Rede Sustentabilidade, Adalberto Alencar, tem feito uma verdadeira peregrinação por toda região do Araripe e outras regiões do estado.

Segundo ele, a pré-campanha, tem sido uma aprendizagem. “É primordial ouvir os anseios do povo, é isso que estamos fazendo, acatando as reivindicações e denúncias.
São muitas reclamações e demandas reprimidas, as ausências das políticas públicas, negligenciados pelo o governo, coloca nossa região como a mais desigual do Estado”, disse.

Pesquisa Simplex/CBN: Tereza lidera para o Senado, mas empatada tecnicamente com Gilson e André

A pesquisa Simplex/CBN com as intenções de voto para o Senado em Pernambuco, divulgada nesta segunda-feira (1º), apresenta Teresa Leitão na liderança. A petista teve 12,1% no levantamento estimulado. No entanto, ela aparece tecnicamente empatada com Gilson Machado (PL), que teve 8,5%, e André de Paula (PSD), com 6,5%. A margem de erro é de 3%.

Recém confirmado na disputa, Carlos Andrade Lima (União Brasil), apareceu com 0,5%. Eugênia Lima (PSOL) foi lembrada por 0,4% dos entrevistados.

Chama a atenção na pesquisa o alto número de indecisos, que somou 47,1%. Outros 10,8% não responderam, enquanto 14,1% afirmaram que votariam nulo, ou em branco ou em nenhum dos candidatos citados.

O levantamento não captou a densidade eleitoral de Guilherme Coelho (PSDB), que só teve o nome confirmado depois que a pesquisa já estava em campo.

A pesquisa foi registrada no TSE sob o código PE- 06161/2022, e foi realizada por telefone entre os dias 18 a 22 de julho. Foram realizadas 1.067 entrevistas nesse período.

Pesquisa Simplex/CBN: Marília lidera isolada, enquanto Raquel, Anderson, Miguel e Danilo aparecem empatados tecnicamente

Pesquisa Simplex/CBN sobre as intenções de voto para o Governo de Pernambuco divulgada nesta segunda-feira (1º) aponta a candidata Marília Arraes (Solidariedade) à frente, com 23,5%. A seguir, aparece Raquel Lyra (PSDB), com 10,7%% empatada quase numericamente com Anderson Ferreira (PL) que tem 10,2% .

O candidato do União Brasil, Miguel Coelho, teve na sondagem 5,3%, seguido de Danilo Cabral (PSB), que apareceu com 4,9%. Raquel, Anderson Miguel e Danilo estão empatados tecnicamente dentro da margem de erro, que é de 3,1%.

Os candidatos Esteves Jacinto (PRTB), Jonas Manoel (PCB) e João Arnaldo (PSOL) não chegaram a 1%. Outros 2,6% não responderam a pesquisa.

INDECISOS – Segundo a Simplex, 30% do eleitorado pernambucano ainda está indeciso. Outros 11,6% optaram por brancos/nulos.

A pesquisa foi registrada no TSE sob o código PE- 06161/2022, e foi realizada por telefone entre os dias 18 a 22 de julho. Foram realizadas 1.067 entrevistas nesse período.

Pedro do Pipa reafirma pré-candidatura a deputado federal

O empreendedor Pedro do Pipa, da cidade de Ouricuri-PE, reafirmou em entrevista, que pretende disputar uma vaga na Câmara Federal, neste ano de 2022.

Pedro é filiado ao PDT, partido em que disputou a campanha para prefeito de Ouricuri, em 2020, ficando em terceiro lugar na disputa.
Apesar de ser um empreendedor conhecido na cidade, Pedro do Pipa vem de origem simples, onde chegou a trabalhar ainda criança, na agricultura, em sua cidade natal, Parnamirim-PE.

Segundo Pedro do Pipa, a motivação para colocar seu nome à disposição, nesta eleição, é o desejo de oportunizar alternativas para o crescimento da região do Araripe e cidades próximas.

Tenho minhas origens na roça, sei muito bem as dificuldades enfrentadas pelo povo mais humilde. A falta de investimentos para gerar oportunidades de empregos em todas as áreas, é o principal fator, para que esta região ainda não tenha se desenvolvido. O meu desejo é que investimentos públicos, cheguem ao povo desta parte de Pernambuco. Sou pré-candidato a deputado federal e caso meu nome seja confirmado, na convenção do partido, vou mostrar que é possível um filho de agricultor, ser um representante do povo, na Câmara Federal”, disse Pedro do Pipa.