Adolescente de 16 anos é estuprada dentro de igreja no Sul do Piauí

Uma adolescente de 16 anos foi estuprada por homem de 47 anos dentro de uma igreja na Rua Projetada, no bairro Aeroporto, em Corrente, no Sul do Piauí. O suspeito foi preso em flagrante na última terça-feira (19/07).

A Polícia Militar foi acionada por volta das 10h30 e, chegando ao local, encontrou a vítima sozinha. Ela informou também que o suspeito roubou seu aparelho celular.

Com as características do suspeito, os policiais iniciaram as buscas e o encontraram em um bar na saída para Paranaguá.

O homem foi preso em flagrante e encaminhado para a 10ª Delegacia Regional de Polícia Civil. O celular da vítima foi recuperado.

Segundo o delegado Yure Saulo de Oliveira Aranha, o suspeito foi preso por roubo, ameaça e estupro. A princípio, segundo a PC, o homem teria escolhido a vítima aleatoriamente.

O suspeito tinha passagem pela polícia do Distrito Federal por violência doméstica.

Por: Pinews.

Perícia não achou sêmen em gaze usada por anestesista após estupro

No inquérito concluído e remetido à Justiça nesta terça-feira, a Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de São João de Meriti compilou uma série de informações sobre a investigação que levou ao indiciamento por estupro de vulnerável do anestesista Giovanni Quintella Bezerra, de 31 anos, filmado pela equipe de enfermagem enquanto abusava de uma parturiente no Hospital da Mulher Heloneida Studart, situado na mesma cidade da Baixada Fluminense.

Entre o conteúdo anexado aos autos, está a análise do material guardado pelos funcionários da unidade de saúde após o episódio. De acordo com os depoimentos, Giovanni limpou o rosto da paciente e o próprio pênis com uma gaze, que foi jogada no lixo e, depois, recolhida pelos enfermeiros responsáveis por articular o flagrante.

O laudo acerca do item, contudo, não encontrou traços de sêmen, o que, para os investigadores, explica-se pela falta da chamada “cadeia de custódia” — termo que se refere a uma série de procedimentos técnicos que devem ser empregados ao recolher vestígios nas vítimas ou em cenas de crime. Como o material passou por diversos recipientes até ser entregue à polícia, acaba não sendo possível garantir a integridade da coleta, o que pode comprometer a verificação final.

O inquérito despachado pela Deam também traz a análise videográfica das imagens que registraram o flagrante, que têm 1h36m20s de duração e foram entregues na íntegra à polícia. O laudo referente a esse conteúdo indica que Giovanni levou apenas 50 segundos após a saída da sala do pediatra e do marido da paciente para dar início ao estupro. Entre o momento em que ele põe o pênis para fora até a ejaculação, transcorrem-se exatos 9 minutos e 5 segundos.

Ao todo, constam nos autos 19 termos de declaração, relativos a depoimentos da vítima e do marido dela, do corpo técnico e médico do hospital e de policiais, além do próprio autor. Foram anexados ainda laudos dos medicamentos usados para sedar a paciente nos momentos anteriores ao abuso. As ampolas de cetamina e propofol, porém, estavam quebradas pela própria utilização, o que pode ocasionar contaminação entre os frascos. Segundo a investigação, Giovanni fez sete aplicações de provável sedação durante toda a ação criminosa.

Embora a investigação sobre o estupro filmado já tenha sido concluída, apurações sobre outros cinco casos envolvendo o médico permanecem em andamento na especializada. Antes mesmo da conclusão deste primeiro inquérito, o Ministério Público já havia denunciado Giovanni, que tornou-se réu em seguida.

No dia da prisão, o médico participou de três cirurgias. Já na primeira, as enfermeiras estranharam o comportamento de Giovanni, que, com o capote, formava “uma cabana que impedia que qualquer outra pessoa pudesse visualizar a paciente do pescoço para cima”, conforme atestam depoimentos prestados na Deam. Segundo esses relatos, os anestesistas se posicionam, usualmente, do lado oposto, de forma que é possível ao restante da equipe ver o rosto da paciente.

Esses profissionais também têm o hábito de conversar com a paciente, fazer a aplicação da anestesia e então se sentar para acompanhar os sinais vitais da mulher através dos monitores eletrônicos. Giovanni, no entanto, se manteve de pé, bem próximo à cabeça da vítima.

Na segunda cesariana realizada naquele domingo, ainda de acordo com as declarações dadas à polícia, o médico usou o capote nele próprio, alargando a silhueta e, mais uma vez, se posicionando de forma que impedisse aos outros presentes enxergarem a gestante. “Giovanni, ainda posicionado na direção do pescoço e da cabeça da paciente, iniciou, com o braço esquerdo curvado, movimentos lentos para frente e para trás; que pelo movimento e pela curvatura do braço, pareceu que estava segurando a cabeça da paciente em direção à sua região pélvica”, diz um dos termos de declaração.

Cada vez mais desconfiada, a equipe de enfermagem viabilizou a mudança do parto seguinte para outra das três salas de cirurgia disponíveis no hospital, na qual seria possível filmar Giovanni sem que ele percebesse. No novo espaço, escolhido — em cima da hora — pelos profissionais, um celular foi escondido dentro de um armário de vidro escuro, com ângulo de visão direcionado ao ponto onde estaria o anestesista. O móvel, disponível apenas na sala 3, é usado para guardar equipamento de cirurgia por vídeo.

Na gravação, que foi usada como elemento para o flagrante, é possível ver que Giovanni está a cerca de um metro de ao menos dois colegas de equipe, separados apenas por um lençol. Também é possível ver uma terceira pessoa ao fundo. Em geral, procedimentos deste tipo são acompanhados por dois cirurgiões, um anestesista, um técnico de enfermagem e um pediatra.

Por: Folha de Pernambuco.

Polícia realiza operação em Ouricuri de combate a crimes sexuais contra crianças, adolescentes e mulheres

Com apoio da Polícia Militar, a Polícia Civil deflagrou nessa terça-feira, 19, em Ouricuri, a operação tática “Infância sem Medo”. A ação teve como objetivo combater crimes sexuais contra crianças, adolescentes e mulheres em Ouricuri e região.

No decorrer da operação foram cumpridos três mandados de prisão preventiva e um mandado de busca e apreensão expedidos pela Vara Criminal da Comarca de Ouricuri. Houve a apreensão de um celular que pode conter provas dos crimes.

Participaram da ação cerca de 12 policiais civis e oito militares. O trabalho foi coordenado pela 24ª Delegacia Seccional de Araripina, vinculada à DINTER II.

Por: Blog Alvinho patriota

Homem é suspeito de estuprar a própria filha em Araripina

 

Foto Reprodução

Foto Reprodução

Policiais Militares (PM) da 9 CIPM de Araripina, no Sertão do Pernambuco, foi adicionado pela (UPA 24HS) Unidade de Pronto Atendimento 24hs, pois teria dado entrada uma menina vítima de estupro no sítio Lagoa Redonda, Zona Rural do município.

De acordo com a PM, a mãe disse que a filha estava sentindo dores na área genital e disse que seu pai introduziu o dedo na área e machucou a menina. O laudo comprovou a agressão.

Ainda segundo a 9 CIPM, os policiais foram até a residência e encontraram o homem, e logo foi encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil para as devidas providências cabíveis.

 

Pai flagra filho estuprando jovem em Araripina

Na noite desta sexta-feira (05), policiais militares da 9ª CIPM de Araripina, no Sertão de Pernambuco, foram acionados por uma mulher, informando que sua filha teria sido estuprada por um vizinho. O caso aconteceu na Vila Bringel

De acordo com a PM, a vítima informou que o suspeito teria tirado sua roupa e a dele, e começado a lhe beijar,  momento em que o pai do jovem teria flagrado.

Ainda segundo a polícia, na residencia do suspeito foi encontrada uma arma de fogo tipo artesanal. As partes e a arma apreendida foram levadas para a DPC de Ouricuri. (Por Roberto Gonçalves)

Menor é acusado de roubar e estuprar idosa no bairro da Cohab em Salgueiro-PE

Foto: reprodução

Na manhã da última segunda-feira (03), as equipes do GATI do 8º BPM, foram acionadas para atenderem a uma ocorrência de roubo seguido de estupro contra uma agricultora de 59 anos de idade, fato ocorrido por volta das 03h, no bairro COHAB em Salgueiro-PE

Ao tomarem conhecimento das circunstâncias que acercaram os fatos e do possível responsável pela agressão, os militares, após investigação minuciosa, apreenderam ao autor da atrocidade, que foi identificado como sendo o menor das iniciais J.V.P.S., 17 anos, o qual foi encontrado escondido na casa da avó, localizada na Rua 30, bairro COHAB em Salgueiro, sendo ainda apanhado em seu poder, 01 papelote de cocaína. Após a ação militar, o infrator foi devidamente apresentado à autoridade policial da 193ª Delegacia de Polícia Civil da Cidade, aonde foi lavrado o Auto de Apreensão em Flagrante. (www.sertaocentral.com)

Moradores cercam residência e lincham acusado de estuprar própria irmã em Salgueiro

Foto: reprodução

Na noite do último domingo (02), Policiais Militares do 8º BPM foram informados pela Central de Operações de que o imputado Antônio João de Oliveira Filho, 22 anos, acusado de estuprar sua irmã de 12 anos, estaria em sua residência e que a população teria cercado a casa em que o mesmo se encontrava. 

No local, o policiamento encontrou o imputado já em poder da população e com algumas lesões pelo corpo. O imputado foi conduzido à DPC local aonde foi constatado que ele já teria diversas passagens por porte de entorpecente e uma tentativa de homicídio. Ante o exposto, o imputado foi autuado em Flagrante e permanece sob tutela do Estado aguardando audiência de custódia. (www.sertaocentral.com)

Idoso é detido por estuprar menino em Palmares/PE

Um idoso de 72 anos é suspeito de estuprar uma criança de três anos no município de Palmares, na Zona da Mata Sul de Pernambuco que, segundo a polícia, teve a conivência do próprio pai.

Ainda de acordo com a polícia, o caso teria acontecido na noite da última terça-feira (31), em um bar da localidade, que fica na feira onde o idoso teria um comércio.

Flagrante

Um vigilante, que fazia a segurança do local, ouviu gritos que saiam do estabelecimento do comerciante e acionou uma viatura da polícia que passava no momento. Como a criança não parava de chorar, os policiais decidiram arrombar a porta do quarto depois que os suspeitos não obedeceram a ordem de abrir.

O idoso foi flagrado despido junto com a criança e na presença do pai dela, que nada fez.

O menino foi encaminhado ao Instituto de Medicina Legal (IML), onde passou por exames e em seguida foi entregue ao Conselho Tutelar da cidade, enquanto os adultos foram autuados em flagrante por crime de estupro de vulnerável e encaminhados ao presídio de Palmares. (Do Farol de Notícias)

Polícia prende suspeito de estupro de vulnerável em Serra Talhada

Foto: reprodução

Os casos de abuso sexual contra crianças e adolescentes serra-talhadenses são mais alarmantes do que imaginamos. Na tarde desta quinta-feira (19) equipes da 177ª Delegacia de Polícia de Civil de Serra Talhada cumpriram o mandado de prisão contra um autônomo, de 49 anos, morador do bairro Bom Jesus, suspeito de estupro de vulnerável contra pelo menos três vítimas.

A equipe de reportagem do Farol de Notícias esteve na delegacia local e flagrou, com exclusividade, o momento em que a operação comandada pelo delegado Cley Anderson Rodrigues chegou com o suspeito preso.

De acordo com o delegado municipal, a partir da denúncia de uma das vítimas a polícia conseguiu chegar até o criminoso e desencadear a investigação que levou a mais duas vítimas de abuso sexual, e pelo menos mais dez crianças que presenciaram atos libidinosos do homem.

“A vítima é uma adolescente que atualmente tem 13 anos, e relatou que há pelo menos três anos sofre o abuso. Ela mora em outra cidade e vem passar as férias em Serra Talhada, quando aconteciam os atos. A denúncia foi feita ano passado, começamos a investigação em maio de 2018 e solicitamos o mandado de prisão no início de julho. A vítima (que denunciou o crime) apresentou quadros de depressão, tentou suicídio, e em seu depoimento, que teve acompanhamento psicológico e do Conselho Tutelar, ficou nítida a perturbação causada pelo abuso. A partir desse depoimento e das nossas investigações chegamos a mais duas vítimas”, detalhou o delegado Cley Anderson Rodrigues.

MAIS CASOS NA CIDADE

O assustador é que o suspeito de atentar contra essas três crianças cometia atos obscenos cotidianamente no bairro. Segundo o delegado Cley Anderson, o estuprador agia de acordo com certos padrões: sempre contra crianças de 8 a 12 anos, e tentava coagir as crianças tirando a roupa e com palavras de baixo calão.

“Ouvimos depoimentos de dez crianças e adolescentes, sempre com o acompanhamento do Conselho Tutelar, que presenciaram os atos e todas relataram sempre do mesmo jeito. Entre elas, contam que ele usava shorts folgados, abaixava-os, pedia para que pegassem em sua genitália. Aliado a isso temos exames médicos, exames psicológicos e acompanhamento psicossocial que comprovam que realmente ele praticou esses atos. Acredito que devo concluir esse inquérito em menos de 10 dias, vou enviar para o Ministério Público, acredito que irá denunciá-lo e ele que pague o seu crime nas penas da Lei, esperamos que seja condenado. O suspeito irá hoje mesmo para o Presídio de Salgueiro, hoje ainda”, ratificou.

Ao Farol,o chefe de polícia também revelou que pelo menos cinco casos de estupro de vulnerável com as mesmas características estão sendo investigados em Serra Talhada.

“Do que depender de mim vamos concluir os inquéritos e remeter a Justiça e prender os suspeitos de todos esses casos, esses pedófilos podem esperar que em breve a polícia vai estar batendo na porta deles”, avisou o delegado. (Via Farol de Notícias – Fotos Max Rodrigues)

É preso suspeito de estuprar jovens em banheiro de bar em Belo Jardim

Foto: reprodução

O homem suspeito de estuprar duas jovens dentro de um bar em Belo Jardim, no Agreste de Pernambuco, em maio, foi preso nesta terça-feira (3) por meio de mandado de prisão temporária.

De acordo com o delegado João Carlos, José Natalino da Silva, 33 anos, estava escondido na residência de uma suposta companheira no bairro Santo Antônio. Quando o imóvel foi cercado pelos policiais, ele chegou a tentar fugir.

Segundo o delegado, o suspeito foi reconhecido pelas vítimas e há provas suficientes de que foi ele quem cometeu o crime. José Natalino será encaminhado ao Presídio Desembargador Augusto Duque, em Pesqueira, também no Agreste (Jardim do Agreste)

Relembre o Caso 

Jovens são estupradas em banheiro de bar no Agreste de Pernambuco