Quatro missionários morrem em acidente, a caminho de encontro evangelístico em Exu-PE

Nesta terça-feira (21), a prefeitura de Araçariguama (SP) decretou luto oficial de três dias, em razão da morte de quatro pessoas, que estavam em um ônibus que tombou na Bahia.

O veículo transportava um grupo de voluntários cristãos que saiu da Estância Vale da Bênção, em Araçariguama em direção a Exu (PE), onde iriam participar do encontro Movimento Nacional para Evangelização do Sertão e acabou tombando na BR 116, quando passava entre os municípios de Euclides da Cunha e Canudos (BA).

Três mulheres e um homem morreram no local: José Roberto de Carvalho, Maria Aparecida Farias, Luísa Barbosa de Lima e Sônia Maria Alcântara Silva. Os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) do município de Euclides da Cunha (BA) e aguardam a liberação para o traslado, mas ainda não há informações sobre velórios e enterros.

Aqueles que necessitavam de assistência médica foram encaminhados a hospitais locais e estão sob observação, aguardando o encaminhamento para outras unidades e assim prosseguirem com o tratamento.

Já os passageiros que não sofreram danos físicos estão sendo acolhidos pelas lideranças locais e hospedados em casas e igrejas.

Em comunicado oficial, o Centro Religioso Vale da Benção informou que montou um comitê de crise para atender às ações emergenciais e também dar assistência às famílias das vítimas.

Confira na íntegra o primeiro comunicado escrito pelo pastor Tércio Sá Freire, diretor da organização:

Comunicado Oficial nº01

Araçariguama, 20 de janeiro de 2020 – 19h15

É com pesar que comunicamos o acidente de ônibus ocorrido esta tarde em Canudos/BA a 60Km de Euclides da Cunha/BA, envolvendo uma equipe que se dirigia ao Impacto Evangelístico na cidade de Exú/PE, organizado pelo Movimento Nacional para Evangelização do Sertão Nordestino.

Está sendo instalado um gabinete de crise para atender as emergências e tomar as devidas providências. Este gabinete está sob a responsabilidade do Pr. Tércio Sá Freire (11) 99956-1064.

Favor aguardar informações oficiais fornecidas por esse gabinete que serão emitidas da forma e no prazo adequado. Pedimos orações pelos irmãos envolvidos no acidente e seus familiares”.

Em uma atualização, pastor Tércio também agradeceu a todos que têm orado pelas famílias das vítimas, pelos feridos e também aos que têm apoiado de alguma outra forma.

“Agradecemos a solidariedade de todos. Pedimos sua ajuda em oração para que as transferências e encaminhamentos ocorram o mais rápido possível e pelas questões legais para a liberação dos corpos assim como por toda a liderança envolvida na administração dessa crise”, escreveu. (G1)

Idoso de 89 anos é assassinado com tiro de espingarda em Exu

Imagem ilustrativa da internet

Um agricultor de 89 anos, identificado por Edésio Lopes Viana, o qual residia no sítio Serra do Mulungu, zona rural de Exu, já nos limites como o município do Bodocó, foi assassinado com um tiro de espingarda por volta das 19:00 de domingo 05/01, ao lado de sua residência.

Segundo a polícia militar e relatos de testemunhas, a vítima foi morta ao tentar defender a vizinha que estava apanhando do pai, o acusado Espedito José da Silva, de 45 anos, o qual se encontrava embriagado.

Após o crime o homicida fugiu tomando destino ignorado. A polícia militar realizou diligências, mas ele não foi encontrado. O Instituto de Criminalística da polícia civil foi acionado, realizou a perícia preliminar e removeu o corpo ao IML de Petrolina.

O caso foi registrado na DPC local e também será investigado pelo Departamento de Homicídios da 24ª DESEC de Araripina. Esse foi o 1º homicídio do mês de janeiro em Exu e na Região do Araripe. (Por Roberto Gonçalves via Nilson Macedo)

Prefeitura divulgada atrações da festa de Réveillon em Exu-PE

A prefeitura de Exu-PE, no Sertão do Araripe, divulgou as atrações musicais que irão se apresentar na festa de Réveillon do município, no dia 31 de dezembro. O evento será realizado na Praça de Eventos.

Segundo o prefeito Raimundinho Saraiva (PSB) os shows têm início às 23h30. Quem abre a festa é a banda Forrozão das Antigas. Depois da virada quem anima a festa é a Orquestra Tropicaliente.

Festival Viva Gonzagão reforça o destino turístico-cultural de Exu

O município de Exu, terra do Rei do Baião, recebeu entre os dias 11 e 13 dezembro o Festival Viva Gonzagão, promovido pelo Governo de Pernambuco, por meio da Secult-PE/Fundarpe, em parceria com a prefeitura local.

Durante os três dias do evento, os pólos culturais Danado de Bom e Gonzagão do Povo foram palco para uma programação artística que valorizou a obra de Luiz Gonzaga e a tradição da poesia sertaneja. Além dos pólos promovidos pela Secult-PE/Fundarpe, o Governo do Estado também levou a Tenda Literária da Companhia Editora de Pernambuco (Cepe).

Exu recebeu um grande número de turistas dos municípios da região, além de visitantes de estados vizinhos, com destaque para diversas caravanas cearenses e norteriograndenses. Esse público lotou os leitos de hotéis e pousadas da cidade, chegando ainda a ocupar diversas casas que tradicionalmente hospedam familiares e visitantes de outras cidades.

Na primeira noite (quarta-feira, 11), o Festival Viva Gonzagão teve sua abertura com um Sarau Poético que contou com mais de uma dezena de poetas e poetisas de várias idades, num rico e importante espaço de trocas de experiências entre nomes consagrados da cidade e novos talentos. No palco da Praça Luiz Gonzaga também se apresentaram os músicos do grupo local Seguidores do Rei.

No segundo dia, o forró tomou conta do polo Danado de Bom. O primeiro grupo a se apresentar foi o de músicos locais do Projeto Asa Branca. Também subiram ao palco os músicos Carlos Araújo, Zezinho de Exu, Ivonete Ferreira, além do Quarteto Xoteado.

À noite, teve início o Pólo Gonzagão do Povo, na Praça de Eventos da cidade. O espaço começou a receber seu público desde às 20h com o show do forrozeiro Diego Alencar, seguido do cantor e compositor Raphael Moura. Por volta das 22h30, com a Praça de Eventos ficando cheia, veio Serginho Gomes, jovem sanfoneiro local que tem chamado a atenção dos amantes do forró tradicional.

A principal atração da noite no Polo Gonzagão do Povo surgiu por volta das 23h30. E Waldonys não frustou o público que já lotava a Praça de Eventos: inúmeros sucessos, referências ao Rei do Baião, além de lembrar parcerias com Dominguinhos e Nando Cordel. A última atração da segunda noite do Festival Viva Gonzagão foi o forrozeiro Joãozinho do Exu.

No terceiro e último dia do Viva Gonzagão (sexta-feira, 13 de dezembro, aniversário de Luiz Gonzaga e Dia Nacional do Forró), várias homenagens marcaram essa data tão importante para o calendário cultural do Estado.

Uma delas envolveu diversos vaqueiros da região que saíram em cortejo pelas ruas de Exu, cavalgada idealizado pelo vaqueiro Maninho de Armando e abraçada pelos vaqueiros da pega de Boi Luiz Gonzaga e por todos os vaqueiros locais e da região, a qual teve o apoio da prefeitura municipal de Exu e do Governo de Pernambuco, a 1ª Cavalgada Viva Gonzagão surpreendeu até os mais otimistas. “Não contávamos com todo esse envolvimento dos vaqueiros, principalmente porque era nossa primeira edição. Ficamos muito felizes com o resultado”, celebrou o secretário municipal de Cultura e Turismo, Rodrigo Honorato.

Segundo ele, a cavalgada contou com mais de uma centena de vaqueiros, quando a expectativa era metade desse número. Entre os participantes, a cavalgada contou com a ilustre presença de João Gonzaga, irmão de Luiz Gonzaga e filho de Januário.

Em outra celebração na terra do Rei do Baião, um grupo formado por 75 sanfoneiros de várias idades realizou a 1ª Caminhada da Sanfona. Gente como Seu Expedito Vieira, 77 anos, que veio de Moreilândia para participar da caminhada. “É um prazer enorme participar dessa festa”, comentou ele enquanto puxada seu fole. Já para Maria Patrícia, de oito anos, essa caminhada serviu para mostrar seu amor ao instrumento. “Ainda estou aprendendo, mas gosto muito da sanfona”, resumiu a pequena artista.

À noite, o Polo Gonzagão do Povo recebeu um público animado. Entre as atrações, subiram ao palco Cosmo Sanfoneiro, a Banda Cabaçal de Exu, uma das mais antigas em atividade no município, Jorge do Acordeon e Danilo Pernambucano.

Já era madrugada do sábado (14) quando o locutor anunciou o forró do cantor Targino Gondim. A programação oficial do Festival Viva Gonzagão encerrou com o trio Fulô de Mandacaru.

O secretário de Cultura do Estado, Gilberto Freyre Neto, acompanhou a programação do Pólo Gonzagão do Povo e ressaltou a importância do investimento no evento. “Gonzaga é um ícone pernambucano que levou o nome do Estado para todo o mundo. Precisamos valorizar ainda mais a sua história e seu legado”, comentou ele.

Já o presidente da Fundarpe, Marcelo Canuto, que também esteve em Exu prestigiando o festival, destacou que qualquer iniciativa que reúna artistas para celebrar a obra e a figura de Luiz Gonzaga deve ser apoiada. “Sabemos que onde há uma sanfona tocando, tem alguém ali que conhece uma ou mais canções do Rei do Baião. E quanto mais sanfoneiros reunirmos, mais estaremos cultuando a memória de Gonzaga”, declarou.

“O governador Paulo Câmara faz questão do governo do estado está presente nesse momento de fortalecimento da cultura, valorização e respeito ao legado de Luiz Gonzaga que levou a história do homem sertanejo com suas tristezas, suas alegrias e sua realidade a ser conhecida pelo mundo, viva Luiz Gonzaga, viva o povo sertanejo, viva a alegria do forro”, comemorou o articulador da Casa Civil do Governo de Pernambuco Maurílio Sampaio.

Maurílio esteve na organização do evento juntamente com toda equipe da prefeitura de Exu.

Ex-prefeito de Exu, Jaílson Bento, se filia ao Republicanos

Em grande ato de filiação em Exu, no Sertão do Araripe, neste domingo (15), Jailson Bento, ex-prefeito do município, se filiou ao Republicanos. O presidente estadual da sigla, deputado federal Silvio Costa Filho abonou a ficha de filiação. Além de Bento, a legenda também filiou o pré-candidato a prefeito João Victor Bento e várias lideranças da cidade.

O Republicanos é o partido político que mais cresce no Estado e realizou recentemente um grande ato de filiação, e lançou mais de 30 pré-candidatos a prefeito de todas as regiões do Estado, além de filiar quatro prefeitos. Para o presidente estadual, deputado Silvio Costa Filho, a filiação de Jailson Bento vai dar continuidade à ampliação da legenda em 2020.

Governo de Pernambuco festeja, em Exu, o aniversário do Rei do Baião

Todo dia 13 de dezembro, o município de Exu se enfeita para celebrar seu filho mais ilustre: o Rei do Baião, Luiz Gonzaga. Sabendo da importância de manter a memória deste artista, o Governo de Pernambuco, por meio da Secretaria de Cultura e Fundarpe, em parceria com a Prefeitura do Exu, promove este ano o Festival Viva Gonzagão, uma celebração que vai durar três dias (de 11 a 13 de dezembro). Os artistas convidados – em sua maioria sanfoneiros e tocadores do legítimo forró pé-de-serra – se apresentarão em dois polos: Polo Danado de Bom (Praça Luiz Gonzaga) e Polo Gonzagão do Povo (Praça de Eventos). Além das apresentações, a programação conta ainda com um sarau poético-musical e a 1ª Caminhada das Sanfonas de Exu.

O presidente da Fundarpe, Marcelo Canuto, reforça que o Governo do Estado sempre esteve presente no aniversário de Luiz Gonzaga, em Exu. Este ano, volta a realizar a festa, preparando, junto com a Prefeitura, uma grade artística para dois polos de atrações. A atenção, segundo o gestor, foi no sentido de valorizar o trabalho de artistas que ao longo do ano promovem o forró tradicional, da escola de Luiz Gonzaga.

“O forró de sanfona, seja de 120 ou de oito baixos, é uma das expressões mais ricas da nossa cultura. São centenas de representantes que carregam esse instrumento com muito amor, dedicação e a responsabilidade de repassar seus conhecimentos. Tanto é que muitos jovens passam a se interessar pela música de sanfona sertaneja e levar isso como projeto de vida, contribuindo para que a tradição se renove, mas nunca acabe”, diz Marcelo Canuto.

Segundo o secretário de Cultura do Estado, Gilberto Freyre Neto, a celebração tem grande importância para valorização de um ícone da música, reconhecido mundialmente. “Luiz Gonzaga representa a música não só de Pernambuco, como a música brasileira. É fruto de estudo em diversos países, nas mais diversas línguas. Seu legado é eterno, e isso justifica o investimento que o Governo de Pernambuco está fazendo”, conta.

Para o prefeito de Exu, Raimundo Sobrinho, o município aguarda com bastante ansiedade para celebrar seu filho mais ilustre. “A Festa de Gonzagão gera grande expectativa para a população de Exu e para Região do Araripe. É um momento de confraternização dos admiradores do Rei do Baião que vem de todas as partes do Brasil, um momento de troca de saberes. Além de aquecer o comércio local, é um palco para revelar talentos culturais. Maior vitrine de revelação e resistência cultural da região. Temos muito orgulho de estar na terra do nobre Luiz Gonzaga”, declara.

O Festival Viva Gonzagão, em Exu, é uma vitrine para os artistas da região. Passarão por lá nomes locais como Joãozinho do Exu, Serginho Gomes, Cosmo Sanfoneiro, o projeto Aza Branca, grupo de forró que tem uma escola de sanfona em Exu. Além desses, atrações de maior repercussão como Targino Gondim, Fulô de Mandacaru, Waldonys e Daniel Gonzaga (filho de Gonzaguinha e neto de Gonzagão).

A festa em Exu é um momento de grande visibilidade para os artistas locais, além de movimentar a economia. As pousadas, os restaurantes, todos ficam cheios. A prioridade é fortalecer os artistas da região, e os alunos da escola de sanfona”, comenta Maurílio Sampaio, articulador regional do Governo de Pernambuco, que está colaborando com a organização do evento. No dia 13, além dos shows, haverá a 1ª Caminhada das Sanfonas, reunindo dezenas de sanfoneiros que sairão tocando pelas ruas da cidade. O mestre de cerimônias da festa será o poeta declamador Iponax Vila Nova.

Já estão sendo esperadas caravanas do Recife, Santa Cruz do Capibaribe, Caruaru, Belo Jardim, São José do Egito, Petrolina, além de municípios da Paraíba e do Rio Grande do Norte.

GONZAGA – Numa casa de barro batido da fazenda Caiçara, localizada no sopé da Serra do Araripe, no dia 13 de dezembro de 1912, nascia o segundo filho de Ana Batista de Jesus Gonzaga, a mãe Santana, e Januário José dos Santos Nascimento. Recebeu o nome por ter nascido no dia da festa de Santa Luzia, virou Luiz. Cresceu ali, no roçado ajudando o pai, que sabia tocar a sanfona de oito baixos. Luiz Gonzaga aprendeu desde cedo e sanfona. Tocou em feiras e bailes da região, até que deixou a terra natal, entrou pro exército e lançou-se no mundo e na música, para sorte de todo brasileiro, que passou a ter, em Gonzaga, um símbolo máximo do Nordeste e seus símbolos mais genuínos, traduzidos pela voz, pela sanfona e pela poética de Gonzagão.

PROGRAMAÇÃO

DIA 11

Polo Danado de Bom – Praça Luiz Gonzaga, às 19h

Sarau poético musical

Seguidores do Rei

DIA 12

Polo Danado de Bom – Praça Luiz Gonzaga, 16h

Projeto Asa Branca

Carlos Araújo

Zezinho de Exu

Ivonete Ferreira

Quarteto Xoteado

Polo Gonzagão do Povo – Praça de Eventos, 20h

Diego Alencar

Rafael Moura

Serginho Gomes

Joãozinho do Exu

Waldonys

DIA 13

Polo Danado de Bom – Praça Luiz Gonzaga, 16h

1ª Caminhada das Sanfonas de Exu

Cavalgada Viva Gonzagão (saída da estátua de Luiz Gonzaga)

Vald Félix

Tony Monteiro

Polo Gonzagão do Povo – Praça de Eventos, 20h

Cosmo Sanfoneiro

Danilo Pernambucano

Jorge do Acordeom

Targino Gondim

Fulô de Mandacaru

Apresentação de Iponax Vila Nova. Participação especial de Daniel Gonzaga

Jovem de 21 anos é assassinado a tiros em Exu-PE

Imagem ilustrativa da internet

Alexandre Oliveira Roseno, de 21 anos foi assassinado a tiros no início da noite dessa quarta-feira (27) em Exu-PE, Sertão do Araripe. O crime foi praticado por volta das 19 horas na parede do Açude da Lagoa na cidade.

Segundo o Boletim de Ocorrência (BO) da Polícia Militar (PM), Adriely Firmino dos Santos, namorada da vítima, disse que estava conversando com o mesmo, quando um rapaz conhecido por “Tatá, chegou em uma motocicleta de cor preta e a vitima,  então saiu no veiculo com ele.

A moça disse ainda que minutos depois tomou conhecimento, através de populares, que o seu namorado havia sido assassinado, vitima de disparos de arma de fogo.

Após diligências, a Polícia Civil constatou que Cicero Vitor Souza Bezerra, (Vitinho) e Michael Douglas Nunes da Silva (Tatá), foram vistos com a vítima minutos antes do crime e por este motivo foram apresentados na delegacia de plantão,  juntamente com a senhora Aderiely.

O corpo foi encaminhado ao IML de Petrolina-PE.

Homem é esfaqueado por chamar outro de sogro em Exu-PE

Imagem ilustrativa da internet

Luiz Carlos Alves de Carvalho, de 35 anos, foi esfaqueado ao chamar Vicente Paula Nascimento as Silva, de 48 anos de sogro. O fato aconteceu no último domingo (24) por volta das 16h30 no bar da Ana Lúcia no Sitio Saco Grande, zona rural de Exu-PE, no Sertão do Araripe.

Segundo o Boletim de Ocorrência (BO) da Polícia Militar (PM), a proprietária do bar contou que a vitima (Luíz Carlos) estava chamando o suspeito (Vicente Paula) de sogro e o mesmo não gostou e o ameaçou com uma faca, em seguida esfaqueou Luiz Carlos que foi socorrido ao hospital da cidade, em seguida foi transferido para o hospital regional Fernando Bezerra em Ouricuri-PE.

A senhora Ana Lúcia informou que o acusado já havia sido preso por motivo semelhante.

Governo de Exu apresenta balanço fiscal em audiência na Câmara de Vereadores

A Prefeitura de Exu realiza na manhã desta quinta-feira, 14, a partir das 10h, uma audiência pública para apresentar a demonstração e avaliação das metas fiscais do Segundo Quadrimestre de 2019, que consta no Relatório de Gestão Fiscal (RGF) de 2019.

Os dados serão expostos na Câmara de Vereadores, por intermédio das secretarias de Administração e Planejamento e de Finanças, com apoio da Coordenadoria Municipal do Sistema de Controle Interno. Toda a população exuense está sendo convidada a participar.

Empresa retira orelhão em formato de chapéu do Parque Aza Branca em Exu-PE

Moradores de Exu-PE, no Sertão Do Araripe, reclamaram nesta quarta-feira (06) da retirada de um orelhão do Parque Aza Branca. O telefone público tinha o formato do tradicional chapéu de couro usado pelo Rei do Baião, Luiz Gonzaga, e já fazia parte das atrações do parque.

Apesar dos protestos da população, a empresa responsável pelo telefone mandou retirar o equipamento.

Pelas redes sociais a professora Clemide Cardoso, uma das administradoras do Parque desabafou: “o Museu do Gonzagão foi hoje, surpreendido pela retirada de um orelhão/ chapéu que fora doado pelo Governo do Estado de Pernambuco, na data da sua inauguração, há 30 anos. Sem atender aos apelos das pessoas presentes, o funcionário da OI disse apenas que estava cumprindo ordem e levou o equipamento. Fazemos um apelo às autoridades, se houver algumas que se interessem pelo caso, que interfiram nessa decisão. O orelhão chapéu é lindo e muito significativo para o museu, mesmo sem funcionar; é considerado parte do acervo de Luiz Gonzaga”.

O Ministério Público Federal (MPF) realizou ano passado uma audiência pública para discutir a preservação e promoção do patrimônio cultural deixado por Luiz Gonzaga no Parque Aza Branca, no município de Exu. No parque, fundado pelo próprio músico, está instalado o Museu do Gonzagão, principal ponto turístico da cidade. O objetivo da audiência pública  foi acompanhar a situação do patrimônio cultural do músico, que morreu em 2 de agosto de 1989.