Pistoleiro de Araripina, acusado de matar empresária em Marcolândia, é preso no estado de São Paulo

Na última sexta-feira (29/07), foi preso, pela Polícia Civil de Osasco, Francisco de Assis Pimentel, um pistoleiro foragido da justiça no Nordeste — acusado de cometer vários assassinatos.

Francisco de Assis, conhecido como “Neguinho de Jesus”, é natural de Araripina, sertão de Pernambuco, e tem três mandados de prisão emitidos na Região Nordeste: dois em Pernambuco e um no Piauí.

Um dos últimos delitos cometidos pelo pistoleiro foi há 12 anos na cidade de Marcolândia, no Piauí; o crime cometido no local foi contra o empresário João Antônio da Silva em 2010. Na época em que praticou o assassinato, Neguinho de Jesus estava há apenas 18 dias de liberdade e após isso foi preso em Araripina e levado para Picos — outra cidade no Piauí.

Durante muito tempo, o paradeiro dele foi desconhecido e ele se mudou para Osasco – SP, onde tentou refazer sua vida — inclusive usando outro nome nesse período. Não se sabe — até o presente momento desta matéria — por quanto tempo Francisco vivia em Osasco, mas na manhã da última sexta-feira (29), a Polícia Civil, com informações da Polícia Civil de Pernambuco e do Piauí, conseguiu localizar o criminoso na rodoviária e levá-lo em custódia.

Em janeiro de 2008, Francisco era um dos detentos que estava na cadeia pública de Araripina quando ocorreu um incêndio que vitimou alguns presos e deixou vários feridos.

Por: Araripina em Foco

Adolescente de 16 anos é estuprada dentro de igreja no Sul do Piauí

Uma adolescente de 16 anos foi estuprada por homem de 47 anos dentro de uma igreja na Rua Projetada, no bairro Aeroporto, em Corrente, no Sul do Piauí. O suspeito foi preso em flagrante na última terça-feira (19/07).

A Polícia Militar foi acionada por volta das 10h30 e, chegando ao local, encontrou a vítima sozinha. Ela informou também que o suspeito roubou seu aparelho celular.

Com as características do suspeito, os policiais iniciaram as buscas e o encontraram em um bar na saída para Paranaguá.

O homem foi preso em flagrante e encaminhado para a 10ª Delegacia Regional de Polícia Civil. O celular da vítima foi recuperado.

Segundo o delegado Yure Saulo de Oliveira Aranha, o suspeito foi preso por roubo, ameaça e estupro. A princípio, segundo a PC, o homem teria escolhido a vítima aleatoriamente.

O suspeito tinha passagem pela polícia do Distrito Federal por violência doméstica.

Por: Pinews.

Perícia não achou sêmen em gaze usada por anestesista após estupro

No inquérito concluído e remetido à Justiça nesta terça-feira, a Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) de São João de Meriti compilou uma série de informações sobre a investigação que levou ao indiciamento por estupro de vulnerável do anestesista Giovanni Quintella Bezerra, de 31 anos, filmado pela equipe de enfermagem enquanto abusava de uma parturiente no Hospital da Mulher Heloneida Studart, situado na mesma cidade da Baixada Fluminense.

Entre o conteúdo anexado aos autos, está a análise do material guardado pelos funcionários da unidade de saúde após o episódio. De acordo com os depoimentos, Giovanni limpou o rosto da paciente e o próprio pênis com uma gaze, que foi jogada no lixo e, depois, recolhida pelos enfermeiros responsáveis por articular o flagrante.

O laudo acerca do item, contudo, não encontrou traços de sêmen, o que, para os investigadores, explica-se pela falta da chamada “cadeia de custódia” — termo que se refere a uma série de procedimentos técnicos que devem ser empregados ao recolher vestígios nas vítimas ou em cenas de crime. Como o material passou por diversos recipientes até ser entregue à polícia, acaba não sendo possível garantir a integridade da coleta, o que pode comprometer a verificação final.

O inquérito despachado pela Deam também traz a análise videográfica das imagens que registraram o flagrante, que têm 1h36m20s de duração e foram entregues na íntegra à polícia. O laudo referente a esse conteúdo indica que Giovanni levou apenas 50 segundos após a saída da sala do pediatra e do marido da paciente para dar início ao estupro. Entre o momento em que ele põe o pênis para fora até a ejaculação, transcorrem-se exatos 9 minutos e 5 segundos.

Ao todo, constam nos autos 19 termos de declaração, relativos a depoimentos da vítima e do marido dela, do corpo técnico e médico do hospital e de policiais, além do próprio autor. Foram anexados ainda laudos dos medicamentos usados para sedar a paciente nos momentos anteriores ao abuso. As ampolas de cetamina e propofol, porém, estavam quebradas pela própria utilização, o que pode ocasionar contaminação entre os frascos. Segundo a investigação, Giovanni fez sete aplicações de provável sedação durante toda a ação criminosa.

Embora a investigação sobre o estupro filmado já tenha sido concluída, apurações sobre outros cinco casos envolvendo o médico permanecem em andamento na especializada. Antes mesmo da conclusão deste primeiro inquérito, o Ministério Público já havia denunciado Giovanni, que tornou-se réu em seguida.

No dia da prisão, o médico participou de três cirurgias. Já na primeira, as enfermeiras estranharam o comportamento de Giovanni, que, com o capote, formava “uma cabana que impedia que qualquer outra pessoa pudesse visualizar a paciente do pescoço para cima”, conforme atestam depoimentos prestados na Deam. Segundo esses relatos, os anestesistas se posicionam, usualmente, do lado oposto, de forma que é possível ao restante da equipe ver o rosto da paciente.

Esses profissionais também têm o hábito de conversar com a paciente, fazer a aplicação da anestesia e então se sentar para acompanhar os sinais vitais da mulher através dos monitores eletrônicos. Giovanni, no entanto, se manteve de pé, bem próximo à cabeça da vítima.

Na segunda cesariana realizada naquele domingo, ainda de acordo com as declarações dadas à polícia, o médico usou o capote nele próprio, alargando a silhueta e, mais uma vez, se posicionando de forma que impedisse aos outros presentes enxergarem a gestante. “Giovanni, ainda posicionado na direção do pescoço e da cabeça da paciente, iniciou, com o braço esquerdo curvado, movimentos lentos para frente e para trás; que pelo movimento e pela curvatura do braço, pareceu que estava segurando a cabeça da paciente em direção à sua região pélvica”, diz um dos termos de declaração.

Cada vez mais desconfiada, a equipe de enfermagem viabilizou a mudança do parto seguinte para outra das três salas de cirurgia disponíveis no hospital, na qual seria possível filmar Giovanni sem que ele percebesse. No novo espaço, escolhido — em cima da hora — pelos profissionais, um celular foi escondido dentro de um armário de vidro escuro, com ângulo de visão direcionado ao ponto onde estaria o anestesista. O móvel, disponível apenas na sala 3, é usado para guardar equipamento de cirurgia por vídeo.

Na gravação, que foi usada como elemento para o flagrante, é possível ver que Giovanni está a cerca de um metro de ao menos dois colegas de equipe, separados apenas por um lençol. Também é possível ver uma terceira pessoa ao fundo. Em geral, procedimentos deste tipo são acompanhados por dois cirurgiões, um anestesista, um técnico de enfermagem e um pediatra.

Por: Folha de Pernambuco.

Deputado Antonio Fernando conquista a implantação da vara criminal de Ouricuri junto ao tribunal de justiça de Pernambuco

Uma excelente notícia na área da Justiça para Ouricuri e mais dois municípios do Sertão do Araripe – Santa Cruz Santa e Filomena – que são termos judiciários abrangidos pela mesma comarca da Justiça Estadual. O deputado estadual Antonio Fernando (PSC) pediu e o Presidente do Tribunal de Justiça de Pernambuco – TJPE, desembargador Fernando Cerqueira, já garantiu a instalação da Vara Criminal da Comarca de Ouricuri, uma ação que vai beneficiar mais de 100 mil jurisdicionados nos três municípios atendidos.

Essa era uma antiga reivindicação nossa, dos advogados que atuam na cidade e de toda a população atendida pela Comarca de Ouricuri, que também abrange Santa Filomena e Santa Cruz. Desde os primeiros dias do nosso mandato na Assembleia Legislativa de Pernambuco – ALEPE, nós iniciamos essas solicitações. A Vara Criminal da Comarca de Ouricuri já estava aprovada por lei, e também já havia estrutura física e até mobiliário. O que faltava era a nomeação de um Juiz e a determinação de uma equipe de assessores, analistas e técnicos judiciários. Mas a nossa ação parlamentar teve resposta positiva e até o final 2021 a Vara Criminal da cidade vai estar implantada”, comemorou o deputado Antonio Fernando.

Além da Vara Criminal, Antonio Fernando solicitou, ainda, a instalação de um Juizado Especial Cível e a construção de um novo Fórum da Justiça Estadual em Ouricuri. Esses dois pedidos também foram bem recebidos pelo Presidente do Tribunal, mas devem ficar para mais adiante. “Atendendo à solicitação do deputado Antonio Fernando, a Vara Criminal de Ouricuri já está garantida e será instalada até o final deste ano. Quanto ao Juizado Especial Cível, vou determinar que sejam iniciados estudos para a sua implantação. Já a construção de um novo Fórum, por ser algo mais complexo, envolvendo projeto, recursos, obras, etc., não será possível para este ano; mas vamos incluir no orçamento do Tribunal para o ano seguinte”, explicou o Presidente do TJPE, desembargador Fernando Cerqueira.

O deputado Antonio Fernando defende os avanços nos serviços da Justiça para Ouricuri e o Araripe há muito tempo. “Antes mesmo de assumir meu mandato na ALEPE, lutamos e conseguimos a instalação da Justiça Federal em Ouricuri. Para nós, o acesso da população à Justiça é um direito garantido pela Constituição Federal e um exercício pleno da cidadania”, concluiu o deputado.

Zé Capacete vai ao MPPE e denuncia possíveis irregularidades em licitações no governo Helbinha

O ex-candidato a prefeito por Trindade-PE, Zé Capacete, presidente municipal do Partido Progressista (PP), em 02 de junho de 2021, realizou denúncias junto ao Ministério Público de Pernambuco (MPPE) da gestão da prefeita Helbinha (PSL).

Segundo vídeo divulgado nas redes sociais do próprio presidente, as denúncias são relacionadas a contratação de empresa de coleta de lixo urbana no  valor de quase R$ 4 milhões  de reais e a realização de licitação em valor estimado em R$ 12 milhões  para compra de medicamentos.

Segundo Zé Capacete, cidades do mesmo porte de Trindade pagam valores inferiores para .coleta do lixo e sobre a licitação para aquisição de medicamentos, Zé afirmou que  em anos anteriores o município gastava R$150 mil por mês e que atualmente existe duas empresas contratadas pelo município, já recebendo quase R$ 500 mil.

O presidente também denunciou o processo licitatório para compra de oxigênio no valor de mais de R$ 900 mil reais, alegando que em anos anteriores o município pagava um valor mensal de RS 20 mil reais e atualmente há uma empresa contratada no valor de mais de R$ 219 mil reais.

Por 9 votos a 2, STF decide que caso de Lula será analisado pelo plenário

O Supremo Tribunal Federal (STF) formou maioria para que a anulação das condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, no âmbito da Operação Lava Jato, seja decidido pelo plenário da Corte, como deliberou o ministro Edson Fachin. Votaram nesse sentido os ministros Edson Fachin, Nunes Marques, Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Cármen Lúcia, Gilmar Mendes e Luiz Fux. Ficaram vencidos os ministros Ricardo Lewandowski e Marco Aurélio Mello. O mérito da decisão, ou seja, se as condenações seguem anuladas, será analisado na sessão da quinta-feira, 15.

Há pouco mais de um mês, Fachin anulou todas as condenações de Lula, sob a argumentação de que a 13ª Vara Federal de Curitiba, conduzida pelo então juiz Sergio Moro, não tinha competência para processar e julgar o petista, porque as ações penais sobre o tríplex do Guarujá, do sítio de Atibaia (SP) e do Instituto Lula, não tinham ligações diretas com desvios da Petrobras. Por isso, ele determinou a ida dos processos para a Justiça Federal do Distrito Federal. Com a decisão de Fachin, Lula deixou de ser ficha-suja e recuperou seus direitos políticos.

Homem de 75 anos acusado de estupro de vulnerável foi preso no interior de Santa Cruz – PE

Policiais militares da 9ª CIPPOLÍCIA MILITAR DE PERNAMBUCO (PMPE) – Instituto Preparatório MilitarM prenderam em flagrante na noite dessa segunda-feira, 25, um idoso de 75 anos acusado de estupro de vulnerável em Santa Cruz da Venerada, no Sertão do Araripe. Segundo a polícia, o homem abusou sexualmente de duas irmãs, uma de 10 e outra de 14 anos, no sítio Caldeirão da Pedra, na zona rural do referido município.

A Polícia Civil repassou para a PM uma denúncia de estupro de vulnerável na localidade e o efetivo foi averiguar. Os policiais encontraram a menina de 10 anos caída próximo à sua residência com sinais de embriaguez e violência sexual. Socorrida para o hospital, denunciou que ela e a irmã tinham sido abusadas pelo idoso.

O acusado foi capturado e encaminhado para a Delegacia de Polícia Civil de Ouricuri, sendo autuado em flagrante delito. Inf  Roberto Gonçalves

Homem é executado a tiros em Trindade nesse domingo (24), família suspeita de ex-presidiário

No final da tarde deste domingo (24), policiais militares da 9ª CIPM foram informados sobre um homicídio. Ao chegar no local, na Rua Domingos Gomes de Alencar, 22 – São Geraldo 2, em Trindade, no Sertão do Araripe, foi encontrado a vítima já sem vida com disparos de arma de fogo na cabeça. Segundo a esposa da vítima, um ex presidiário, teria chegado de moto atirando, e conseguiu fugir. Ela descreveu para a polícia que o homem vinha passando constantemente em frente à sua casa, dias antes do crime.Modo como o crime é cometido pode justificar a decretação de prisão  preventiva – INFORMA PARAÍBA

A mulher fi conduzida para prestar esclarecimentos, na Delegacia de Polícia Civil deTrindade que vai continuar investigando o caso. (Foto ilustrativa)

TJPE determina agregação da Comarca de Moreilândia à Comarca de Exu

O Fórum de Moreilândia-PE vai ser desativado e sua Comarca agregada à Comarca de Exu. A resolução, que extinguiu comarcas de vários municípios pernambucanos, foi aprovada por unanimidade pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) nessa segunda-feira (14). A medida deverá entrar em vigor 60 dias após sua publicação. A Comarca de Terra Nova também será desativada, sendo agregada a de Parnamirim.

Apesar de protestos da OAB-PE, o TJPE resolveu agregar comarcas de 1ª Entrância cuja distribuição processual no último triênio foi inferior a 50% de novos casos.

Segundo a resolução, o processo de agregação não é definitivo, sendo mantidas as estruturas das comarcas agregadas. As unidades poderão ser reativadas a qualquer momento, mediante ato de reinstalação. Além disso, os servidores da comarca agregada serão removidos para a comarca agregadora.

Candidato a prefeito de Granito João Bosco é alvo de ação na justiça eleitoral

No último sábado, dia 07 de novembro de 2020, o candidato a prefeito de Granito-PE João Bosco Lacerda (PT) e seu Vice Thaylan Bezerra se tornaram investigados em uma ação judicial eleitoral que tramita perante a Zona Eleitoral de Granito.

O fundamento da ação é a exagerada contratação de pessoas físicas realizadas pelo gestor nos últimos 3 meses. Em uma única assentada (única vez) foram remetidos aos Juiz Eleitoral de Bodocó 19 empenhos de pessoas que teriam sido contratada pelo gestor de Granito entre os meses de Agosto e Outubro de 2020.

“Essas contratações segundo foram feitas sem concurso, sem seleção pública e apenas pela vontade do Prefeito” destaca o advogado Dr. Nasario Duarte Bento que representa o candidato Neto de Onofre.

O advogado destaca ainda que o prefeito contratou pessoas para exercer funções administrativas como recepcionista, garis, digitador, vigilante, varredor de Rua e Pintor.

Se condenados, João Bosco e Thaylan podem perder o registro de candidatura, podem ter o diploma cancelado e podem sofrer multa individual que pode atingir o valor de 106.410,00 (cento e seis mil quatrocentos e dez reais)

O Juiz de Bodocó, responsável pela eleição de Granito mandou notificar os investigados que tem o prazo de 5 dias para apresentarem suas defesas nos termos do artigo 22, I, a da Lei complementar 64/90.