Araripina registra a 60ª morte por covid-19

Foto: Blog do Roberto

O município de Araripina confirmou mais uma morte em decorrência da Covid-19. Agora o total de vítimas chega a 60. As informações foram confirmadas no boletim apresentado na noite dessa quarta-feira (17) pela Secretaria Municipal de Saúde. Não foram repassadas informações sobre o paciente que veio a óbito.

Agora o número de diagnosticados com a doença está em 3.900, com 3.745 curas clínicas e 57 casos em investigação. Foram confirmados 8 novos casos de Covid-19 nas últimas 24h.

No Sertão do Araripe já foram registradas 203 mortes decorrentes do novo coronavírus. Foram 60 em Araripina, 38 em Ouricuri, 28 em Ipubi, 27 em Trindade, 25 em Exu, 15 em Bodocó, 05 em Santa Filomena, 04 em Santa Cruz e 01 em Moreilândia.

Parnamirim registra novos casos da Covid-19 e mais um óbito no boletim de quarta (17)

Resultado de imagem para covid-19

A Secretaria Municipal de Saúde de Parnamirim informou na noite dessa quarta-feira (17), o número de casos da Covid-19 entre os dia 11 e 17 de fevereiro. A cidade teve uma alta de casos nos últimos meses, mas agora, mesmo apresentando uma queda, registra mais um óbito, 13 novos casos e 8 curas.

As informações tem base nos serviços prestados por três bancos de dados, o E-SUS VE (Ministério da Saúde), CIEVS/PE (Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde de Pernambuco) e o Municipal.

A Secretaria afirmou que continua priorizando a privacidade dos positivados e que eles continuam e os orienta a ficarem em isolamento domiciliar e que os exames são entregues pelas unidades de saúde em cada localidade.

Cidinha Medrado

Juntas são reconduzidas à presidência da Comissão de Direitos Humanos da ALEPE até o fim de 2022

By Guilherme Aguiar

As Juntas codeputadas (PSOL/PE) tiveram uma importante conquista política na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe): foram reconduzidas presidentas da Comissão de Cidadania, Direitos Humanos e Participação Popular (CCDHPP) da Casa, mantendo também as suplências nas Comissões de Direitos da Mulher e de Educação e Cultura. A confirmação foi publicada no Diário Oficial do último sábado e confirmada na reunião virtual da Comissão nesta quarta-feira (17).

A participação da mandata das Juntas nestes espaços amplia o potencial de conexão entre as questões trazidas pela sociedade e o poder legislativo, em espaços que são entendidos como cruciais para as parlamentares: cultura, educação e direitos humanos, sempre atravessados pela perspectiva antirracista, popular, anticapitalista, anticapacitista e antlgbtfóbica.

A manutenção do comando da CCDHPP reflete a intensa atuação das codeputadas no apoio à população em casos de violação de direitos humanos e retração da condição de cidadania. O nome das Juntas foi efetivado num diálogo entre as bancadas independente, de oposição e de situação e foi validado na reunião ordinária de hoje da Comissão de Direitos Humanos.
Durante o ano de 2020, a Comissão de Cidadania, Direitos Humanos e Participação Popular da Alepe acolheu denúncias diversas, como situação de assédio moral sofrido por servidora pública; violência policial no interior; agressão em unidade de saúde; negligência com pessoas privadas de liberdade; ameaças a agricultores; abuso de autoridade; LGBTfobia; conflito indígena; racismo; e intolerância religiosa.

Em 2020 foram realizadas 18 reuniões ordinárias e uma reunião extraordinária, de maneira remota, devido à crise sanitária da covid-19. Nessas reuniões, foram distribuídos 880 Projetos de Lei, relativos às diversas temáticas, nesses dois anos. Destes, foram aprovados 318 PLs.

Um dos momentos marcantes do biênio foi a audiência pública, realizada em 2019, que reuniu cerca de 300 membros dos 14 povos indígenas que vivem no Estado de Pernambuco sobre o tema “As perdas de direitos dos povos indígenas em Pernambuco”. Um momento histórico, onde a Casa Legislativa Estadual abriu pela primeira vez espaço para receber os povos originários que trouxeram, além de toda a sua cultura e ancestralidade, muitas demandas que tratavam de meio ambiente, saúde e educação dos povos indígenas.

As Juntas entendem que a Comissão de Direitos Humanos tem um papel relevante e estratégico na Assembleia, pois ela é um importante espaço de diálogo do legislativo estadual com a população mais vulnerável, que encontra-se mais desamparada do apoio estatal. Inúmeros segmentos discriminados têm buscado esta comissão para colocar suas demandas e suas propostas na pauta da ALEPE.

Como uma mandata feminista, antirracista e anticapitalista, as codeputadas têm buscado priorizar esses segmentos mais vulneráveis, mas sem deixar de dar atenção a toda e qualquer solicitação que chega para elas. O compromisso das parlamentares é atuar ainda mais fortemente na agenda dos direitos humanos e do enfrentamento a todas as formas de opressão.

Doriel Barros é reconduzido à presidência da Comissão de Agricultura da Alepe

O deputado Doriel Barros (PT), representante dos trabalhadores rurais na Assembleia Legislativa de Pernambuco, foi reeleito, por unanimidade, na tarde de hoje, presidente da Comissão de Agricultura, Pecuária e Política Rural. “Este ano precisamos continuar articulando ações com diferentes setores para minimizar os impactos desse longo período de pandemia na vida das famílias rurais e na economia dos municípios. Porém não vamos perder de vista o monitoramento da implementação de políticas importantes para a vida desses trabalhadores, a exemplo do Programa Estadual de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar, o PEAAF, e a proposição e aprovação de novos Projetos de Lei que possibilitem melhores condições de vida e trabalho para a nossa gente”, destacou o parlamentar.

O primeiro mandato de Doriel Barros como presidente do Colegiado foi marcado por importantes discussões sobre o desenvolvimento sustentável do campo, contando, na maioria das vezes, com a participação de organizações e movimentos sociais, de órgãos do Governo do Estado e de empresários que atuam no meio rural. Os impactos da pandemia na vida das populações dessas localidades; os conflitos agrários na Mata Sul; a importância do Banco do Nordeste para o desenvolvimento rural; as estratégias para fortalecer as compras públicas da agricultura familiar; e os desafios da agroindústria no contexto da agricultura familiar foram algumas das pautas abordadas.

Nesse período, a Comissão também aprovou Projetos de Lei importantes, a exemplo do PEAAF, da Política Estadual de Agroecologia e Produção Orgânica, da CNH gratuita para agricultores familiares e do disciplinamento do Fundo Estadual do Meio Ambiente de Pernambuco – FEMA-PE.

A Comissão de Agricultura, Pecuária e Política Rural tem ainda como membros titulares os deputados Clóvis Paiva, Henrique Queiroz Filho, Gustavo Gouveia e Roberta Arraes. Na suplência, estão Antônio Fernando, Antônio Moraes, Marcantonio Dourado Filho, Álvaro Porto e Isaltino Nascimento. (Assessoria)

Deputada Roberta Arraes é reeleita presidente da comissão de Saúde e Assistência Social da Alepe

By Guilherme Aguiar

Na última terça-feira (17), a deputada Roberta Arraes foi pela terceira vez conduzida por unanimidade, à presidência da comissão Saúde e Assistência Social, da Assembleia Legislativa de Pernambuco. A reunião que aconteceu de forma remota reelegeu também, o vice-presidente do colegiado, o deputado Isaltino Nascimento.

 

A comissão ganhou destaque no ano de 2020, quando no início da pandemia da Covid-19, tratou com afinco o assunto, levando convidados e profissionais da saúde para debater sobre diversos temas envolvendo a doença. Foram 31 reuniões, tendo recebido 280 proposições para apreciação e aprovado 99 delas.

 

“Contribuímos com debates, audiências, distribuição e discussão de muitos projetos, e assim cumprimos com as nossas atribuições e colaboramos com o Estado no enfrentamento à COVID-19, mesmo que remotamente”, frisou a presidente.

 

Roberta Arraes agradeceu a confiança e o apoio dos colegas deputados e deputadas pela recondução dos trabalhos para o biênio 2021-2022, e afirmou que continuará trabalhando com seriedade para melhor atender a saúde e a assistência social da população de Pernambuco.

 

“Seguiremos enquanto legislativos, trabalhando com responsabilidade e respeito em prol da saúde e assistência de todos os pernambucanos e pernambucanas, e no enfrentamento à pandemia da Covid-19. Continuarei também o meu trabalho de interiorização dos serviços de saúde, que é uma bandeira do meu mandato.”, finalizou.

 

São membros titulares do grupo também, os deputados Cleiton Collins, Clarissa Tércio e Simone Santana. Já os suplentes são Alessandra Vieira, Antônio Fernando, Fabíola Cabral, João Paulo e Laura Gomes. 

 

 

Secretário de Defesa Social Antônio de Pádua faz balanço da Operação de Emergência Sanitária Carnaval 2021 em Pernambuco

Foto: Heudes Regis/SEI

Durante a coletiva online desta quarta-feira (17.02), o secretário estadual de Defesa Social, Antônio de Pádua, informou que a Operação de Emergência Sanitária Carnaval 2021, integrada pelas forças de segurança em Pernambuco, realizou 5.323 fiscalizações desde que foi desencadeada, na última sexta-feira (12.02). Por desobedecerem ou resistirem às orientações de agentes públicos, pessoas foram conduzidas para delegacias. Bares e restaurantes não abriram. Não houve Carnaval na capital e nem nas praias. Ao todo, foram empregados 1.983 postos das polícias Militar, Civil e Corpo de Bombeiros nas operações, além de agentes das guardas municipais. O balanço contabilizou ações até às 2h da madrugada de ontem, mas o trabalho permanecerá até às 2h da madrugada desta quinta-feira (18.02).

“A população levou 421 denúncias ao nosso 190, e verificamos a redução das queixas com o passar dos dias do período carnavalesco. Agradecemos por esse apoio e aproveitamos para reforçar que a pandemia continua, assim como a presença das autoridades públicas, para fazer cumprir os decretos estaduais”, afirmou Pádua.

Ainda entre os dias 12 e 17, a Operação Emergência Sanitária fiscalizou 161 estabelecimentos em Pernambuco. Na noite do domingo (14.02), a segurança pública auxiliou o Procon nas interdições, festas clandestinas, algumas com banda ao vivo, aglomeração e pessoas circulando sem máscara foram as principais denúncias. Ao longo dos seis dias, 2.022 pessoas foram abordadas pelas equipes da segurança pública. Na maioria, para que fosse mantido o distanciamento social e o uso da máscara.

Pernambuco receberá mais 400 mil doses da vacina contra a Covid-19

Em reunião com o governador Paulo Câmara, ministro da Saúde informou o cronograma de entrega dos imunizantes ( Foto: Heudes Regis/SEI)

O governador Paulo Câmara e o secretário estadual de Saúde, André Longo, participaram, na tarde desta quarta-feira (17.02), de reunião virtual com os demais gestores estaduais do País e o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, que sinalizou com a entrega de novas doses de vacina aos Estados na próxima semana. O Ministério da Saúde deverá repassar dois milhões de doses da AstraZeneca/Fiocruz, importadas da Índia, e 8,2 milhões do imunizante CoronaVac/Butantan, produzidos no Brasil. A expectativa é que Pernambuco receba pelo menos mais 400 mil doses – sendo 320 mil da CoronaVac e 80 mil da Astrazeneca. Segundo afirmou Pazuello, a expectativa é de distribuir, entre o final de fevereiro e o mês de julho, mais de 230,7 milhões de doses de vacinas contra a Covid-19 aos Estados.

“É importante que as vacinas cheguem o mais breve possível, para que possamos concluir o processo de imunização dos grupos prioritários e avançar para outros grupos e faixas etárias. O nosso sistema de saúde já tem uma logística pronta e eficiente, montada para distribuir as vacinas para todas as regiões de forma rápida, a partir do momento da chegada dos lotes ao Estado”, afirmou Paulo Câmara. Até o momento, Pernambuco recebeu mais de 511 mil doses, sendo 427.560 unidades da vacina da Coronavac/Butantan, para aplicação das duas doses, e 84 mil da AstraZeneca/Oxford/Fiocruz, apenas para a primeira dose.

O secretário de Saúde André Longo afirmou, durante coletiva de imprensa online após a reunião com Pazuello, que o comitê técnico e a Comissão de Intergestores Bipartite (CIB) deverão se reunir o mais rápido possível para pactuar as questões técnicas e deixar o todo o esquema pronto para iniciar o processo de distribuição das vacinas assim que a nova remessa chegar ao Estado. “Aqui em Pernambuco, temos o compromisso de imunizar com agilidade os grupos prioritários, especialmente os idosos e os trabalhadores de saúde. Aguardamos esse novo quantitativo para ampliar a vacinação e proteger os mais vulneráveis e expostos ao vírus”, ressaltou.

CENÁRIO EPIDEMIOLÓGICO – Na análise de mais uma semana epidemiológica (SE), André Longo pontuou que Pernambuco continua em tendência de estabilidade, mas com viés de alta e indicadores ainda em patamares elevados. Em relação aos dados de síndrome respiratória aguda grave (SRAG), foram registrados 732 casos na SE 06, o que representa 21 notificações a mais que a SE 05, e 37 casos a mais que a SE 04. Nas solicitações de leitos de UTI, a SES registrou um aumento de 20% nos pedidos entre as semanas 06 e 05. Já em relação aos leitos de enfermaria, o crescimento no número de solicitações por vagas foi de 14,3% no mesmo período. (FalaPE)

Polícia Militar prende mulher acusada de roubar TV de uma pousada em Salgueiro

Foto: Google Maps

Uma mulher de 34 anos foi presa em flagrante por policiais militares do 8ᵒ BPM na tarde dessa terça-feira, 16, depois de furtar um aparelho de TV de uma pousada localizada na Travessa Lourival Sampaio, no bairro Nossa Senhora das Graças, em Salgueiro.

A proprietária do estabelecimento chamou a Polícia Militar e denunciou que a cliente estava hospedada em um dos quartos e saiu do local com uma televisão da marca SHARP enrolada num lençol.

Os PMs fizeram rondas e localizaram a acusada com o aparelho. Levada à Delegacia de Polícia Civil, foi autuada em flagrante delito por furto. (Blog Alvinho Patriota)

Alepe: Parlamentares aprovam lei de combate ao racismo nas escolas

Durante a Reunião Plenária da quinta-feira1 (1), os parlamentares da Assembleia Legislativa de Pernambuco discutiram e votaram uma lista de proposições – a chamada Ordem do Dia. Esse é o momento da sessão em que as matérias são avaliadas em primeiro e segundo turnos, em redação final ou, ainda, em votação única, como é o caso dos projetos de resolução e das indicações.

Uma destas propostas aprovadas trata do “Enfrentamento ao racismo nas escolas”.

O Plenário da Alepe acatou, na última reunião, em Primeira Discussão, diretrizes para uma campanha permanente de combate ao racismo nas escolas públicas e privadas de Pernambuco, assim como em eventos esportivos e culturais. O texto, aprovado na forma de um substitutivo da Comissão de Justiça (CCLJ), consolida os Projetos de Lei (PLs) nº 1523/2020 e nº 1524/2020, apresentados, respectivamente, pelos deputados Romero Sales Filho (PTB) e Henrique Queiroz Filho (PL). Ambos tomam como base a Lei Federal nº 7.716/1989 (Lei Caó), que define os crimes resultantes de preconceito de raça ou de cor.

De acordo com a proposição, serão três as frentes de atuação: realizar campanhas educativas de enfrentamento ao racismo por meio de programas culturais e de valorização da igualdade; promover material em vídeo, áudio, mídia impressa e digital com conteúdos de combate ao racismo; e divulgar os telefones dos órgãos públicos que recebem denúncias sobre a questão.

Iran Severo comemora ampliação e execução da adutora do Sítio Piau

O presidente da Câmara Municipal de Ouricuri-PE, vereador Iran Severo (PRTB), esteve na manhã dessa segunda-feira (15) acompanhando a ampliação e execução da adutora que levará água a cerca de duzentas famílias dos sítios Piau e Limoeiro, zona rural de Ouricuri.

O chefe do legislativo do município comemorou a ação e anunciou ampliação da adutora na região, “duzentas famílias serão contempladas com essa adutora, brevemente outras comunidades dessa região irá receber água nas torneiras“, afirmou.

A ampliação está sendo executada pelo governo municipal atendendo reivindicação do vereador Iran Severo.