Família faz apelo por doação de medula óssea para filho de 11 anos

Nas redes sociais, uma campanha promovida pelos pais de Eduardo Gomes dos Santos, de 11 anos, estudante do 6º ano em Petrolina, busca encontrar doadores de medula óssea compatível com o filho. O garoto, que luta contra a leucemia, se encontra internado no Hospital São Camilo, em São Paulo, desde a última terça-feira (12). Através da hashtag #todosjuntosporDudu, a família tenta mobilizar voluntários para comparecer a um hemocentro mais próximo para teste de compatibilidade.

A leucemia de Dudu, como ele é conhecido, foi identificada pela primeira vez em 2015 e – segundo o pai, José Luiz – tinha sido vencida após 3 anos e 6 meses de tratamento. Contudo, no último dia 8 de novembro, por meio de exames, a família recebeu o resultado que apontava a volta da doença.

Como não é possível indicar qual paciente deve ser beneficiado com a doação de medula, a campanha incentiva o comparecimento máximo de pessoas, para que aumente a probabilidade de encontrar um doador compatível.

Qualquer adulto entre 18 e 52 anos pode ser doador de medula óssea no país, basta fazer cadastro em um hemocentro. Em Petrolina, voluntários podem se dirigir à Fundação de Hematologia e Hemoterapia de Pernambuco (Hemope) de segunda a sábado, das 7h15 às 18h30, inclusive nos feriados, apresentando um documento oficial com foto. O Hemope fica localizado à Rua Dr.Pacífico da Luz, Centro da cidade. (Por Carlos Britto)

Homem é assassinado a tiros dentro da própria casa em Petrolina

Um homem de 30 anos foi morto na madrugada desta quinta-feira (14), por volta das 4h, no Sítio Carruncho, no Serrote do Urubu, em Petrolina, no Sertão de Pernambuco. De acordo com a Delegacia de Homicídios, a vítima foi identificada como Ítalo Ramón da Silva. Ele foi morto em casa e atingido por disparos de arma de fogo.

A Polícia Civil disse que segue em investigação para identificar os responsáveis por cometer o assassinato.

Miguel Coelho abre 32 pontos de vantagem em Petrolina, mostra pesquisa Opinião

a primeira pesquisa do Instituto Opinião sobre a sucessão municipal em Petrolina nas eleições do ano que vem, o prefeito Miguel Coelho, a caminho do MDB, lidera com folga e tem amplas chances de emplacar a reeleição. Abre uma frente de 32 pontos percentuais sobre os seus dois principais adversários. Se a eleição hoje, despontaria com 45,4% das intenções de voto contra 13,3% de Júlio Lossio (PSD) e 13,1% de Odacy Amorim (PT). Gabriel Menezes (PSL) aparece com 6% e Lucas Ramos (PSB), com 4%. Brancos e nulos somam 7,3% e apenas 10,9% se manifestaram indecisos.

Na espontânea, modelo pelo qual o eleitor é obrigado a lembrar o nome do candidato sem o auxílio da cartela com todos os postulantes, Miguel mantém praticamente a mesma dianteira. Desponta com30,2% das intenções de voto contra apenas 3,3% de Odacy Amorim, 2,4% de Lossio e 0,4% de Gabriel. Neste cenário, indecisos sobem para 58,6% e 4,9% disseram que não sabiam responder ou se recusaram.

A pesquisa foi a campo entre os 11,12 e 13 últimos, sendo aplicados 450 questionários com margem de erro de 3,9 pontos para mais ou para menos e 90% de intervalo de confiança. A modalidade de pesquisa adotada envolveu a técnica de Survey, que consiste na aplicação de questionários estruturados e padronizados a uma amostra representativa do universo de investigação.  Foram realizadas entrevistas pessoais e domiciliares.

No quesito rejeição, o ex-prefeito Júlio Lossio aparece na liderança. Dos entrevistados, 22,2% disseram que não votariam nele de jeito nenhum. Em seguida, aparece Odacy com 13,8%, depois Gabriel com 11,6% e Lucas Ramos, 10,4%. Por último, Miguel tem 9,6%. Ainda entre os entrevistados, 5,8% disseram que rejeitam todos e 26,6% afirmaram que não rejeitam nenhum dos candidatos apresentados.

Na estratificação da pesquisa, Miguel tem seus melhores percentuais de intenção de voto entre os eleitores jovens, na faixa etária de 16 a 24 anos (53,3%), entre os eleitores com renda familiar entre dois e cinco salários (48,2%) e entre os eleitores com grau de instrução médio (49,8%). Por sexo, 47,6% dos eleitores masculinos e 43,5% dos eleitores femininos.

Já Lossio apresenta seus melhores índices entre os eleitores com grau de instrução até o 9º ano (17,4%), entre os eleitores com renda familiar até dois salários (14,9%) e entre os eleitores na faixa etária acima de 60 anos (19,3%). Por sexo, 14,3% dos seus eleitores são mulheres e 12,1%, homens.

Odacy Amorim aparece melhor situado entre os eleitores com renda até dois salários (14,9%), entre os eleitores com grau de instrução até o 9º ano (13,7%) e entre os eleitores na faixa etária entre 16 e 24 anos (14,1%). Por sexo, 13,6% são masculinos e 12,7% femininos.

SEGUNDO TURNO

O Opinião testou ainda cenários de segundo turno em Petrolina e neles o prefeito leva vantagem em todos. Frente a Lossio, Miguel venceria por 61,1% dos votos contra 22,7%. Dos entrevistados, 9,3% disseram que anulariam ou votariam em branco e 6,9% se apresentaram indecisos.

Frente ao candidato do PT, Odacy Amorim, Miguel teria 58,3% dos votos contra 27,3%. Dos entrevistados, 8,4% disseram que votariam em branco ou anularia e 6% se apresentaram indecisos. No cenário Miguel contra Lucas, o prefeito ganharia com 67,6% dos votos contra 14,4%. Brancos e nulos somariam 11,1% e 6,9% se apresentaram indecisos. Já se o candidato fosse Gabriel, o prefeito teria 64,4% dos votos contra 18,9%.

AVALIAÇÃO DE GESTÃO

Entre os três níveis de poder, o prefeito é o mais aprovado na avaliação da gestão pública. Entre os entrevistados, 65% aprovam seu governo, sendo 44,4% de bom e 20,7% de ótimo, enquanto 24,2% acham regular, 4,7% julgam ruim e 4,2% péssimo. Já o Governo Paulo Câmara tem 19,3% de bom, 2,7% de ótimo, 31,6% de regular, 11.3% de ruim e 18,7% de péssimo. Dos entrevistados, 16,4% não souberam ou se recusaram a responder,

O presidente Bolsonaro, por sua vez, se apresenta com 42,5% de péssimo, 13,1% de ruim, 23,1% de regular, 10,9% de bom e apenas 6,2% de ótimo. (Por Magno martins)

Petrolina já é quarta maior cidade do Interior do Nordeste, segundo IBGE

Principal cidade do Sertão de Pernambuco, Petrolina já alcança o estatus de quarta maior cidade do Interior do Nordeste. O levantamento é do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para 2019.

Pela pesquisa, a Capital do Sertão tem população estimada em 349.145 habitantes, superando Vitória da Conquista (BA), cuja população estimada é de 341.597 habitantes. Até o ano passado, a cidade baiana estava à frente de Petrolina

O ranking com as dez maiores cidades do Interior nordestino é o seguinte:

1-Feira de Santana/BA – Crescimento 2018/2019 – 0,8% – População estimada 614.872

2-Campina Grande/PB – Crescimento 2018/2019 – 0,6% – População estimada 409.731

3-Caruaru/PE – Crescimento 2018/2019 – 1,2% – População estimada 361.118

4-Petrolina/PE – Crescimento 2018/2019 – 1,5% – População estimada 349.145

5-Vitória da Conquista/BA – Crescimento – 0,8% – População estimada 341.597

6-Mossoró/RN – Crescimento 1,1% – População estimada 297-378

7-Juazeiro do Norte/CE – Crescimento – 0,8% – População estimada 274.207

8-Imperatriz/MA – Crescimento – 0,3% – População estimada 258.682

9-Arapiraca/AL – Crescimento 0,6% – População estimada 231.747

10-Juazeiro/BA – Crescimento 0,7% – População estimada 216.707. (Por Carlos Britto)

Governo de Petrolina vai acabar com o uso de papel na administração municipal

Não serão mais usados papéis na administração municipal de Petrolina. A prefeitura lançará na próxima quarta-feira (31), a plataforma “Petro Online”, permitindo que toda a tramitação burocrática das repartições municipais como memorandos, ofícios, licitações e processos administrativos sejam de forma digital.

A prefeitura estima que com a implantação da nova plataforma, cerca de 2,5 milhões de folhas deixem de ser impressas por ano. A forma de trabalho digital também deve reduzir o tempo de tramitação dos processos em até 700%.

IF Sertão-PE abre inscrições de processo seletivo para três cursos de formação em Petrolina

Estão abertas as inscrições de um processo seletivo para os cursos de ‘Operador de Computador’, ‘Eletricista Predial’ e ‘Mestre de Obra’ do Instituto Federal do Sertão de Pernambuco (IF Sertão PE), do campus Petrolina. Estão sendo oferecidas 105 vagas. Os cursos serão oferecidos na modalidade Formação Inicial e Continuada integrado ao Ensino Médio, Educação de Jovens e Adultos (Proeja FIC).

As inscrições podem ser realizadas até o dia 06 de agosto pelo endereço eletrônico. Para ter acesso ao sistema de inscrição, o candidato deve realizar um cadastro prévio. A inscrição também pode ser feita junto à comissão, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 14h às 18h, no campus Petrolina.

As vagas são destinadas a candidatos com idade mínima de 18 anos, tenham concluído o 9º ano (antiga 8ª série) do Ensino Fundamental ou a 4ª fase da Educação de Jovens e Adultos, e desejem realizar o Ensino Médio com a qualificação profissional. Os estudantes oriundos de escolas públicas, candidatos com deficiência e o grupo PPI (Pretos, Pardos e Indígenas) podem concorrer pelo sistema de cotas ou reserva de vagas.

As aulas estão previstas para começar no dia 29 de agosto, no turno da noite, das 19h às 22h. O Campus Petrolina fica localizado na Rua Maria Luiza de Araújo Gomes Cabral, s/n, João de Deus. (G1 Petrolina)

MPPE investiga abastecimento de veículo de emissora de TV com recursos da Prefeitura de Salgueiro

Foto: Reprodução

Atendendo representação subscrita por vereadores da oposição em 2017, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) instaurou na última segunda-feira, 22, o Inquérito Civil nᵒ 009/2019, para investigar o possível uso de recursos públicos da Prefeitura de Salgueiro para abastecer o veículo de uma emissora de TV regional, sediada em Petrolina.

Conforme a portaria que a informa a abertura do inquérito, vereadores denunciaram que um veículo Parati, placa KIQ-9127, abasteceu diversas vezes com recursos autorizados pela então Chefe de Gabinete do Prefeito, sem existir qualquer vínculo entre o governo municipal e a empresa de comunicação. Em uma das notas, emitida em 31 de março de 2017, consta o valor de R$ 190.

Oficiada pelo Ministério Público, a prefeitura confirmou, por meio de sua assessoria jurídica, a emissão da nota. Para apurar eventuais irregularidades, a promotoria vai ouvir os vereadores denunciantes, a direção da emissora e representantes da prefeitura.

O promotor Almir Oliveira de Amorim Júnior também pediu à direção do posto onde o automóvel abasteceu, cópias de todas as notas de abastecimentos da Prefeitura de Salgueiro no ano de 2017.

Caso sejam comprovadas irregularidades, os responsáveis que atuam na prefeitura podem responder por ato de improbidade administrativa, nos termos dispostos na Lei nᵒ 8.429/92.

Polícia coleta amostras de DNA para tentar identificar corpos carbonizados no Sul do Piauí

A Polícia Civil do Piauí coletou amostras de DNA dos familiares de um casal desaparecido que residia em Petrolina, Pernambuco, para verificar se o material genético é compatível com o dos corpos carbonizados encontrados dentro de um veículo às margens da BR-407 no município de Acauã, no Sul do estado, no dia 11 de julho.

O delegado Cícero de Oliveira informou ao G1, nessa quarta-feira (17), que os corpos podem pertencer a Willian de Sousa Ferreira, 35 anos, e Juliana da Silva, 28 anos, que estão desaparecidos deste o dia 8 de julho, quando saíram de casa deixando os dois filhos sozinhos. “A filha mais velha do casal tem 8 anos”, informou.

“As crianças ficaram sozinhas em casa, trancadas, por três dias. Até que vizinhos conseguiram libertá-las. Uma irmã de Juliana veio ao Piauí para ter o material genético coletado e a filha do casal também teve uma amostra colhida”, explicou o delegado Cícero de Oliveira.

De acordo com o delegado, até o momento não há informação de como as mortes aconteceram. “A identificação só poderá ser feita assim, por exame de DNA, devido ao estado dos corpos e ainda não se sabe as circunstâncias das mortes do casal”, pontuou. (G1 Petrolina)

Gabarito da prova de concurso para Guarda Civil de Petrolina valia R$ 10 mil

O gabarito da prova do concurso público para a Guarda Civil Municipal (GCM) de Petrolina valia R$ 10 mil. Esse foi um dos principais detalhes repassados pela delegada seccional Isabella Pessoa e o delegado responsável pela Operação Test Failed, Gregório Ribeiro, em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (1) na sede da Polícia Civil (PC). O secretário-executivo de Segurança Pública da prefeitura, José Silvestre, também participou.

A ação, realizada na tarde de ontem (30/06), impediu uma tentativa de fraude ao concurso. O esquema já vinha sendo monitorado pela PC, juntamente com o serviço de inteligência. O líder é um ex-sargento do Exército Brasileiro, Dionísio Felipe dos Santos Júnior. Ele também faz parte do quadro de funcionários do IF Sertão-PE.

O delegado Gregório Ribeiro que três candidatos presos em flagrante teriam comprado o gabarito da prova por R$ 10 mil ao professor Dionísio Felipe. Para realização do esquema, eles teriam que enviar fotos da prova para Dionísio, que responderia e enviaria as respostas por mensagem de texto.

O professor foi preso em casa, após enviar as respostas. O policial militar Jaílton Feitosa de Souza, que estaria ajudando o professor, também foi detido no local. O PM ainda quebrou o próprio celular na tentativa de eliminar possíveis provas. Durante a realização da prova, outras cinco pessoas também foram conduzidas à delegacia por esconderem aparelhos celulares. “Com a ação, a Polícia Civil garantiu para a sociedade lisura e credibilidade ao concurso e atuou para expurgar qualquer irregularidade que pudesse acontecer, com a prisão em flagrante dessas pessoas”, avaliou a delegada Isabella.

Programa ‘Mais Luz’ muda rotina de escuridão em comunidade ribeirinha de Petrolina

Resignados com a rotina de escuridão por 12 anos, os moradores do Assentamento José Almeida, área ribeirinha de Petrolina, viraram definitivamente essa página a partir da noite de ontem (27). Quase 2 km de iluminação foram acionados pelo prefeito Miguel Coelho na comunidade. A obra recebeu investimento de R$ 46 mil e integra as ações do Programa ‘Mais Luz’.

A mudança de cenário foi garantida a partir da instalação de 59 braços de luminárias com lâmpadas de vapor de sódio. Nas duas avenidas do assentamento beneficiadas com a ação, a prefeitura utilizou quase 2 mil metros de cabos elétricos.

A comunidade é uma de dezenas que tiveram melhoria na iluminação nos últimos dois anos. Já são mais de R$ 13 milhões em investimentos para o Mais Luz.

A gente vir aqui no assentamento inaugurar poste parece besteira. Mas perguntem a esses moradores que viviam há mais de dez anos na escuridão, inseguros e abandonados, o que representa uma ação dessa. O Mais Luz é o maior programa de iluminação da história de Petrolina e também traz mais dignidade para as famílias que estavam sem algo básico, que é sair de casa tranquilo à noite”, resumiu Miguel Coelho, sobre os benefícios das ações de iluminação no campo e na cidade. (Carlos Britto)