Diretoria da PF ameaçou renúncia coletiva por interferência de Bolsonaro

A crise vivida esta semana entre Jair Bolsonaro e a cúpula da Polícia Federal é inédita na história recente do país.

A diretoria da Polícia Federal ameaçou fazer uma renúncia coletiva caso Bolsonaro insistisse em interferir na nomeação do superintendente da PF no Rio de Janeiro.

Após anunciar a saída de Ricardo Saadi, Bolsonaro falou que o superintendente no Rio de Janeiro deveria ser Alexandre Silva Saraiva, delegado lotado no Amazonas.

A cúpula da PF já havia escolhido Carlos Henrique Oliveira, atualmente em Pernambuco.

Diante do recuo presidencial, o clima acalmou. (Fonte: Época)

Homem é assassinado na manhã dessa quinta (15)

Um homem foi encontrado morto no início da manhã de hoje (15), em um terreno baldio, no Loteamento Manoel Camelo, em Garanhuns, Agreste de Pernambuco.

A vítima que ainda não foi identificada, foi encontrada com seis perfurações provocadas por disparos de arma de fogo, populares que residem próximo ao local, disseram ter ouvido tiros na noite de ontem (14).

O local do crime passou por perícia do Instituto de Criminalística e o corpo encaminhado para o IML de Caruaru. O caso será investigado pela 22ª Delegacia de Homicídios.

Pernambuco contabiliza 9 assassinatos nas últimas 24 horas

Pernambuco registrou, nas últimas 24 horas, nove assassinatos. Desse número, seis ocorreram no interior pernambucano e três na Região Metropolitana do Recife. Em 2019 já são 1763 assassinatos, sendo 1.000 no interior 763 na Região Metropolitana do Recife.

Bolsonaro anuncia o fim dos radares móveis (pardais); veja o vídeo

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, nesta segunda-feira (12), que a partir da semana que vem o Brasil não terá mais radares móveis nas estradas. A declaração foi feita durante a inauguração da duplicação da BR-116, no interior do Rio Grande do Sul.

Homem acusado de homicídio em Minas Gerais é preso em Bodocó

Policiais Civis da 11ª DPRN e Malhas da Lei da 24 DESEC, sob comando do Delegado Samuel Basílio, após a abordagem a um veiculo em atitude suspeita, com placa oriunda do estado de Minas Gerais, os policiais obtiveram informações através dos meios de consultas tradicionais que o senhor Joenvald Pascoal Coelho Malta constava com mandado de prisão preventiva em aberto expedido pelo Juiz de Direito da Comarca de João Pinheiro – Minas Gerais, pelo crime de homicídio.

Procedimentos de praxes foram tomados e o mesmo foi recolhido na cadeia pública de Ouricuri.

Poliviais Envolvidos na operação:
Dr.Samuel
Coms.Eudes Araújo;
Ag. Ravi Araújo;
Ag. Barbyton e
Ag. Eduardo.

Adolescente é apreendido após espancar a mãe no Sertão de Pernambuco

Imagem ilustrativa da internet

Um adolescente de 16 anos foi apreendido no domingo (11) após espancar a própria mãe, de 33 anos, no bairro Vila bela, em Serra Talhada.

Em depoimento à PM, a mãe relatou que o menor infrator chegou em casa bêbado, e que de imediato começou a lhe agredir com socos e pontapés.

Ainda durante o depoimento, a genitora declarou que sofreu uma lesão na testa, após ser ferida com um pedaço de telha. Sem controle, o adolescente quebrou várias telha da residência, além do vidro de uma janela.

O garoto foi contido por familiares até achegada da policia militar, sendo conduzido à Delegacia de Polícia.

Plantação com 40 pés de maconha é incinerada em Terra Nova

Durante rondas, a Polícia Militar encontrou na tarde de domingo (11) uma pequena plantação de maconha próximo ao Açude Nilo Coelho em Terra Nova, no Sertão de Pernambuco. De acordo com a 8º Batalhão da Polícia Militar (8º BPM), foram achados 40 pés da erva sendo cultivados no local.

Segundo a polícia, ninguém foi encontrado no acampamento utilizado pelos responsáveis pelo cultivo.

A plantação foi colhida e incinerada pelos policiais, encaminhando a ocorrência à Delegacia de Polícia Civil local, onde foi instaurado um inquérito.

Homem suspeito de matar a tia em Brasília é preso em Ouricuri

Um homem de 38 anos suspeito de matar a tia em Brasília, foi preso nesta sexta-feira (09) em Ouricuri, no Sertão de Pernambuco. Ele estava dentro de um ônibus interestadual no momento da abordagem. Os policiais descobriram o itinerário da viagem e o encontraram na cidade. Segundo a polícia, ele teria informado que seguiria para Caruaru, no Agreste de Pernambuco, e depois a Alagoas.

A tia do suspeito tinha 68 anos e foi assassinada na manhã da quinta-feira (08), dentro da casa de parentes. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), após ter cometido o crime, ele embarcou em um ônibus com destino ao Piauí e depois pegou outro em direção a Pernambuco.

O homem foi encaminhado a delegacia de Polícia Civil da região e será transferido no sábado (10) de volta à Brasília para a continuidade dos procedimentos legais.

Homem é preso na Vila Queiroz por homicídio em Araripina

Um homem foi preso na quinta-feira (08), próximo a sua residência, na Vila Queiroz, em Araripina, no Sertão de Pernambuco. Um mandado de prisão foi expedido pelo Juiz de direito da Vara Criminal da Comarca de Araripina para Carlos Daniel de Jesus, conhecido como Carlinhos, por crime de homicídio qualificado.

O crime foi cometido em 28 de janeiro deste ano no bairro Bomba, em Araripina. A vítima foi o jovem Clécio Inácio da Silva.

O capturado será recolhido na Cadeia Pública de Araripina. (Por G1 Petrolina)

Homem natural de Bodocó é assassinado no Sítio Patos em Ouricuri

José Lopes Vieira, de 43 anos, natural de Bodocó foi encontrado sem vida na noite dessa quinta-feira (08), por volta das 19 horas, na estrada que dá acesso ao Povoado Lopes em Ouricuri, precisamente na região do Sítio Patos.

José Lopes foi alvejado por cinco disparos de arma de fogo.

A vítima conduzia uma motocicleta marca Yamaha, modelo YBR-125 com placa JRS-2329 de Juazeiro-BA. As pessoas da localizadade afirmaram não terem escutado barulho de disparos de arma de fogo.

A fim de ser periciado, o corpo de José Lopes foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Petrolina-PE.

Vereador de Cedro é preso em operação da PF que apura desvio de dinheiro público e fraudes

O vereador do município de Cedro, Miguel Inocêncio Leite (PTB) foi preso temporariamente na quinta-feira (08), durante a operação ‘Octopus’, da Polícia Federal em Pernambuco. Essa ação é um desmembramento da Operação Chofer, realizada em maio deste ano, na Prefeitura de Cedro e na residência do prefeito, para apuração de desvio de recursos públicos na cidade.

A operação ‘Octopus’ visa apurar a prática dos crimes de frustração, fraudes em licitações, peculato e lavagem de dinheiro. “A Prefeitura de Cedro recebia recursos do Governo Federal para pode investir na manutenção das viaturas e também na questão da reforma de prédios da prefeitura. Esses recursos eram feitas as licitações em empresas fantasmas com pessoas que tinham se quer condições financeiras e nem também tinha uma empresa fixa que desenvolvia essas atividades. E essas atividades eram devolvidas via de regra as terras do prefeito, onde essas viaturas eram feitas. Então tudo era feito de uma forma a tentar que esses recursos fossem desviados”. explicou o assessor da Polícia Federal, Giovani Santoro.

Ao todo, foram cumpridos três mandados de busca e apreensão, sendo um deles na Câmara Municipal de Cedro, e outros dois nas residências do vereador Miguel Inocêncio Leite, de 56 anos e de Cícero Manoel de Figueiredo, que estaria sendo utilizado como laranja e que não tinha vínculos com a prefeitura. As duas prisões foram temporárias e após o interrogatório e o cumprimento das diligências, ambos foram liberados.

O vereador está afastado do exercício do cargo por 30 dias, conforme determinação do Juiz Estadual da Comarca de Serrita.

A Polícia Federal apreendeu, durante a operação, um veículo, celulares, mídias e documentos que vão passar por perícia técnica que subsidiará as investigações que estão em andamento.

Segundo o assessor da PF, Giovani Santoro, não se descata nova fase da operação para cumprir novas medidas judiciais.

Operação Chofer

A Operação Chofer foi realizada no dia 15 de maio pela Delegacia da Polícia Federal em Salgueiro, no Sertão de Pernambuco. Segundo a polícia, o prefeito Antonio Inocêncio Leite utilizava de ‘laranjas’ para vencer procedimentos licitatórios e/ou dispensá-los indevidamente. Desta forma, ele fazia apropriação de recursos públicos sem a prestação dos serviços e/ou fornecimento dos produtos. (Do G1 Petrolina)