Dois filhos de Bodocó fazem história política no Maranhão

Dois filhos de Bodocó no Sertão pernambucano, constroem uma história política de respeito no estado do Maranhão. Erlânio Xavier (PDT) e Júnior Xavier (PDT) ambos eleitos como prefeito em duas cidades da Região do Médio Mearim, no Maranhão.

Erlânio Xavier (PDT) foi reeleito na cidade de Igarapé Grande com 5.362 votos (84,44%) contra 988 votos (15,56%) da candidata da oposição, Jacinta.

Júnior Xavier (PDT) foi eleito na cidade de Bernardo do Mearim com 3.022 votos (73,78%) dos votos. Ele derrotou Leia Pereira, que ficou em segundo lugar com (26,22%) 1.074 votos.

Júnior Xavier já foi o vereador mais votado nas eleições de 2012 no município de Igarapé Grande com 637 votos (9, 63%).

Em 2016 ele conseguiu eleger seu filho João Victor Xavier, na cidade natal, Bodocó-PE como o vereador mais votado com 1. 101 votos (5,34%). E agora aumentando mais ainda a força política da família a mãe de Erlânio Xavier e Júnior Xavier, Lucinha Xavier (PDT) foi eleita como vice na chapa do prefeito Doutor Otávio (PSB) que venceu as eleições em Bodocó com 10. 592 votos (52,50%), derrotando o atual prefeito Túlio Alves que obteve 9. 583 Votos (47,50%). (Por AF News)

Covid-19: Prefeito eleito morre sem saber que ganhou as eleições

Morreu na noite desta segunda-feira (16), o prefeito eleito de Itaguaru-GO, Edilson Filgueira, também conhecido como Didi Filgueira (PTB), vítima da Covid-19.

Didi tratava da infecção da covid-19 desde o dia 30 de setembro e foi transferido para um hospital em Goiânia após o agravamento no quadro de saúde.

Mesmo não participando da eleição diretamente, Didi foi eleito com 2.368 votos (53,90%). Já o segundo colocado o petebista Chitão (PP) obteve 1.936 votos, Cleibinho (PSL), com 50 votos e Marcley Galdino (Cidadania), obteve 39 votos.

Devido a intubação, Didi nem chegou, a saber, que havia ganhado a eleição municipal. Na segunda-feira durante o dia, a família publicou vídeos nas redes sociais pedindo orações para melhora dele. (Goiás Online)

Pedro Gildevan vence disputa acirrada contra atual prefeito e voltará a governar Santa Filomena

A exemplo de Floresta-PE, no Sertão de Itaparica, onde Rorró Maniçoba (PSB) ratificou sua força e se elegeu prefeita, o eleitorado de Santa Filomena-PE, também escolheu trazer de volta uma liderança política para comandar os destinos políticos da cidade do Araripe pelos próximos quatro anos. Pedro Gildevan (PSD) derrotou o atual prefeito, Cleomatson Vasconcelos (PSB), que tentava a reeleição, por uma pequena diferença.

Gildevan obteve 5.022 votos (50,39% dos válidos), contra 4.596 votos (46,11%). Em terceiro ficou o candidato Leandro Benício (PP), com 349 votos (3,50%). (Por Carlos Britto)

Câmara de Vereadores de Ouricuri terá renovação em mais 50% a partir de janeiro de 2021

O pleito eleitoral de 2020, encerrado nesse domingo, 15, impôs renovação maior que 50% na Câmara de Vereadores de Ouricuri. Dos 15 edis da atual legislatura, apenas sete conseguiram renovar mandato: Adelucia Clea (DEM, 1393 votos), Galego do Coco (PRTB, 1305), Iran Severo (PRTB, 1113), Delvania Sobral (PSDB, 1010), Cicero de Euclides (DEM, 997), Galeguim Dantas (PRTB, 966) e Alex Bar (PSDB, 863).

Os novos vereadores são: Cezar de Preto (PSB, 1242 votos), Rogério da Aldeia (SD, 1013), Luciene Matos (SD, 997), Edras Parente (SD, 973), Pedro Augusto (PRTB, 915), Quinho da Exterema (SD, 723), Professora Williane (PT, 531) e Professor Massilon (PSOL, 430).

Nessa nova composição a base aliada de Ricardo Ramos (PSDB), prefeito reeleito de Ouricuri, será composta por 8 dos sete eleitos, são eles: Adelucia Clea, Galego do Coco, Iran Severo, Delvania Sobral, Cicero de Euclides, Galeguim Dantas, Alex Bar e Pedro Augusto.

Pela primeira vez um prefeito conquista a reeleição em Ouricuri-PE, Ricardo Ramos (PSDB)

O prefeito de Ouricuri-PE, no Sertão do Araripe, Ricardo Ramos (PSDB), entrou pra história na política do município, primeiro por ter sido eleito pela primeira vez aos 26 anos de idade, tendo sido o prefeito mais jovem da história de Ouricuri e segundo por ter conquistado a reeleição nesse domingo (15), pela primeira os ouricurienses reelegem um prefeito.

Ricardo Ramos obteve 17.976 votos (48,52%). O segundo colocado, Vitor de Botinha (SD) teve 17.920 votos (48,37%). O terceiro lugar ficou com Pedro do Pipa do PDT, 670 votos (1,81%) e por último Júlio Macêdo (PSTU) com 480 votos (1,30%).

Ricardo Ramos governará Ouricuri pela terceira vez ao lado da vice-prefeita Drª Gildevania Melo.

Ricardo e Gildevania foram eleitos pela coligação “Avança Mais Ouricuri”, formada pelos partidos MDB, DEM, PRTB, PTC, PSDB e PSD.

Assista o último Grande Debate com candidatos a prefeito de Ouricuri-PE

O último Grande Debate com os candidatos a prefeito de Ouricuri-PE, no Sertão do Araripe, foi realizado nessa quinta-feira (12) pela Rádio Grande Serra FM 91,3  em parceria com o canal no youtube Blog do Cariri Filho.

Os quatro postulantes Júlio Macedo (PSTU), Pedro do Pipa (PDT), Ricardo Ramos (PSDB) e Vitor de Botinha (SD) mostraram suas ideias e propostas aos eleitores de Ouricuri. Assista.

Pesquisa do Instituto Múltipla mostra Pimentel Liderando corrida eleitoral em Araripina

O Instituto Múltipla em parceria com o Blog Carlos Britto divulga a segunda pesquisa de intenção de voto na cidade de Araripina. Segundo o instituto, a seis dias da eleição, o prefeito Raimundo Pimentel (PSL) abre nove pontos de vantagem sobre Tião do Gesso (SD). Este cenário indica grandes chances de reeleição de Pimentel.

No cenário estimulado, Pimentel tem 51% das intenções de voto e Tião do Gesso 42%. Brancos e nulos somam 2,3%, Indecisos 3,7% e não opinaram 1%.

A pesquisa também avaliou a gestão do prefeito Raimundo Pimentel. Para 63% dos entrevistados a gestão é aprovada. Desaprovam, 29% e não opinaram 8%.

A amostra é composta por 300 entrevistas que foram realizadas no dia 02 de novembro de 2020. O intervalo de confiança estimado é de 95% para uma margem de erro, para mais ou para menos, de 5,7%. A pesquisa foi registrada sob o nº PE-09001/2020.

Justiça cancela e proíbe divulgação de pesquisa eleitoral do instituto Opinião em Ouricuri

A coligação majoritária “Juntos Somos Mais Fortes”, composta pelos partidos políticos PSB / PT / PSC /AVANTE / PP / PSL / SOLIDARIEDADE /REPUBLICANOS / PL entrou com pedido liminar, em desfavor da empresa OPINIÃO PESQUISAS LTDA, responsável pela divulgação de pesquisa eleitoral, registrada sob o protocolo nº 00828/2020.

Foi apontada como motivação da liminar, a empresa de pesquisa não ter atendido aos requisitos de ponderação para grau de instrução e nível econômico do entrevistado e área física de realização do trabalho a ser executado, entre outras irregularidades.

Por essa razão, nesse domingo (08), o juiz eleitoral da 82ª zona, Dr. Carlos Eduardo das Neves Mathias, declarou a ineficácia e invalidade da referida pesquisa retroativa à data da presente impugnação, porque não realizada em atendimento as normas obrigatórias de regência. “Assim, concedo a tutela antecipada parcial para tornar sem efeito jurídico a pesquisa realizada pela empresa OPINIÃO PESQUISAS LTDA, devendo retirar imediatamente a partir intimação desta decisão as publicações realizadas ora rechaçada sob pena de incidência de multa do Artigo 17, da Resolução TSE N.º. 23.600, em decorrência do registro não ter atendido os elementos dispostos no Inciso VI, do Artigo 2º, combinado com o Artigo 3º, da Referida Resolução”. Diz a sentença.

Também nesse último domingo (08) também atendendo pedido de liminar da coligação “Juntos Somos Mais Fortes”, a justiça eleitoral concedeu a liminar pleiteada com o determinar a imediata suspensão da divulgação da pesquisa da Empresa ADHEMAR BARROS FERNANDES/ALTERNATIVA DADOS e da empresa contratada para realizar a pesquisa eleitoral, Vicente Pereira de Andrade Neto- Sertão Atual Publicidades.

Decisão: Determino ainda a imediata retirada das pesquisas mencionadas na última petição referente ao blogs ali referidos sob pena de multa prevista na resolução e requisição de persecução penal. Assim, concedo a tutela antecipada para primeiro, abster-se a representada de divulgar a pesquisa ora impugnada, o que faço ante a presença fumus boni iuris e do pericullum in mora; segundo, caso já tenha publicado e divulgado a pesquisa torno sem efeito jurídico a pesquisa realizada pela empresa representada, devendo retirar imediatamente a partir da intimação desta decisão as publicações realizadas ora rechaçada sob pena de incidência de multa do Artigo 17, da Resolução TSE N.º. 23.600, em decorrência do registro não ter atendido os elementos dispostos no Inciso VI, do Artigo 2º, combinado com o Artigo 3º, da Referida Resolução.

João Campos continua liderando em Recife, mostra pesquisa Opinião

Na nova rodada de pesquisa do Instituto Opinião, um fato novo vem à tona: disparou a rejeição da delegada Patrícia Domingos, candidata do Podemos, que chamou a capital pernambucana de “Recifilis” e disse que seu povo é feio. Entre os que disseram que não votariam nela de jeito nenhum subiram dez pontos, de 2,1% para 11,8%. Nesse quesito, só perde para o candidato do PSB, João Campos. Entre os que disseram que não votariam no socialista de jeito nenhum estão 21,3% (na sondagem anterior eram 24,4%).

Quanto aos números de intenção de voto, João Campos cresceu sete pontos percentuais em relação ao levantamento de 9 de outubro. Passou de 20,1% para 27,5% e se mantém na liderança em relação aos demais candidatos. Em segundo lugar, a petista Marília Arraes oscilou positivamente menos de um ponto, indo de 17,3% para 17,8%, mantendo-se no segundo lugar e distanciando-se da delegada Patrícia Domingos e Mendonça Filho, do DEM, que aparecem empatados.

Patrícia saiu de 12,3% para 12,5% e Mendonça caiu de 14,6% para 12,4%. Os candidatos considerados não competitivos se mantiveram praticamente na mesma posição. Alberto Feitosa, do PSC, saiu de 1,3% para 2,1%; Marco Aurélio de 1,4% para 1,6%; Carlos Siqueira, do PSL, que estava com 0,3%, agora tem 0,6%. Cláudia Ribeiro, do PSTU, tinha 0,9% e agora pontuou 0,4%; Thiago Santos, da UP, tinha 0,3% e permanece no mesmo patamar, enquanto Charbel, do Novo, que tinha 0,4%, agora pontua 0,3%. Victor Assis, do PCO, que não havia pontuado, tem 0,1%. Brancos e nulos, que eram 14,8%, agora representam 12,9%. Já os indecisos caíram de 16,3% para 11,5%.

O levantamento foi a campo nos dias 31 de outubro e 1 de novembro, sendo aplicados 800 questionários. O intervalo de confiança estimado é de 95,0% e a margem de erro máxima estimada é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos sobre os resultados encontrados no total da amostra. O protocolo de registro é o de número PE-04489/2020.

MPE recorre contra o deferimento do registro de candidatura de Gildevan Melo em Santa Filomena

O Ministério Público Eleitoral (MPE), através do procurador Regional Eleitoral Wellington Cabral Saraiva, interpôs um recurso especial contra acórdão do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PE) que deu provimento ao recurso do candidato e deferiu o registro de candidatura de Pedro Gildevan Coelho Melo.

Confira o teor do DOCUMENTO AQUI