Ex-governador de Pernambuco, Joaquim Francisco morre aos 73 anos

Ex-governador de Pernambuco e ex-prefeito de Recife, Joaquim Francisco Cavalcanti morreu, aos 73 anos, em decorrência de um câncer no pâncreas. Ele estava internado no Hospital Português, na região central da capital pernambucana, desde o último dia 14 de julho. Deixa a esposa, três filhas e cinco netos.

Vice-prefeito de Moreilândia morre vítima de câncer

Faleceu na tarde deste sábado (24), o vice-prefeito do município de Moreilândia, no Sertão de Pernambuco, Edmundo Coelho Junior, de 45 anos. Junior de Aurora, como era conhecido, estava internado há quatro dias no hospital São Vicente, na cidade de Barbalha, no Ceará. Há mais um ano ele lutava contra um câncer no intestino.

A notícia da morte do político foi divulgada nas redes sociais da prefeitura. O velório e o enterro do vice-prefeito serão realizados no domingo (25), no distrito de Caririmirim, em Moreilândia. Edmundo Coelho Junior era solteiro e morava com a sobrinha.

Prefeito de Santa Filomena dispensa desconto previdenciário de 14% e devolve valor cobrado a aposentados e pensionistas

O prefeito de Santa Filomena-PE, no Sertão do Araripe, Gildevan Melo (PSD) autorizou ao fundo de previdência do município o fim do desconto previdenciário 14% no salário dos aposentados e pensionistas. A decisão favorece 42 dos 70 ex-servidores assegurados pelo Fundo Previdenciário de Santa Filomena (Funpresanta).

No ano de 2020, a gestão passada aumentou o percentual de desconto previdenciário de 8 para 14%, conforme permissão da Emenda Constitucional nº 103/2019, aos municípios com déficit atuarial. Desde então a lei passou a vigorar e a Prefeitura era autorizada a cobrar o desconto aos aposentados e pensionistas com proventos acima de um salário mínimo. O desconto era somente sobre o excedente ao salário mínimo.

Após uma análise da situação do fundo de previdência própria do município, através de estudo realizado por empresa especializada, foi constato superávit atuarial, dando à gestão municipal a condição de dispensar a contribuição. O prefeito Gildevan Melo determinou através do Decreto 36/2021 de 08 de julho de 2021, que a partir de agora não haja mais o desconto de 14% sobre os salários de 42 aposentados e pensionistas.

Vale ressaltar que o desconto poderá voltar a ser cobrado a qualquer momento, caso o Fumpresanta volte a sofrer déficit atuarial.

Eleições 2022: Lamarth ou Socorro? Qual será traído por Helbinha em Trindade?

Imagem da internet

Nas últimas semanas cresceram as especulações sobre quem seria o candidato a deputado estadual escolhido pela prefeita de Trindade, Helbinha Rodrigues.

Socorro Pimentel, Rodrigo Novaes, Lamarth Piancó, Antonio Coelho que a prefeita tem afinidade e estão presentes nos atos da chefe do executivo de Trindade.

Uma fonte ligada ao blog afirma que a prefeita já confidenciou ao seu grupo político que apoiará uma possível candidatura de Socorro Pimentel, esposa do prefeito de Araripina, Raimundo Pimentel.

Socorro e Lamarth Piancó participaram ativamente da sua campanha eleitoral em 2020. Por outro lado, o pré-candidato divulga nas redes sociais e até em entrevista a imprensa que conta com o apoio da prefeita em 2022, e o mais esquisito é que a prefeita curte os posts de Lamarth.

Helbinha pode surpreender os dois, Lamarth e Socorro, declarando apoio a Antonoio Coelho ou a Rodrigo Novaes.

A prefeita demonstra indecisão e provavelmente, três dos possíveis candidatos serão traídos politicamente pela gestora.

Lula amplia vantagem sobre Bolsonaro e, no 2º turno, tem 58% contra 31%, aponta Datafolha

Pesquisa do Instituto Datafolha divulgada nesta sexta-feira (09) aponta que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ampliou a sua vantagem sobre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nas intenções de voto para as eleições de 2022.

Lula lidera nos dois cenários avaliados pela pesquisa. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. foram ouvidas 2.074 pessoas entre os dias 07 e 08 de julho, de forma presencial.

Nos dois cenários, Lula aparece com 46% das intenções de voto, contra 25% de Bolsonaro. Veja as duas simulações de intenção de voto para primeiro turno: uma com o governador de SP, João Doria (PSDB-SP); a outra com o governador do RS, Eduardo Leite (PSDB-RS):

CENÁRIO A
Lula (PT): 46%
Jair Bolsonaro (sem partido): 25%
Ciro Gomes (PDT): 8%
João Doria (PSDB): 5%
Luiz Henrique Mandetta (DEM): 4%
Em branco/nulo/nenhum: 10%
Não sabe: 2%

CENÁRIO B
Lula (PT): 46%
Jair Bolsonaro (sem partido): 25%
Ciro Gomes (PDT): 9%
Luiz Henrique Mandetta (DEM): 5%
Eduardo Leite (PSDB): 3%
Em branco/nulo/nenhum: 10%
Não sabe: 2%

Nas pesquisas de intenção de voto para o segundo turno, Lula venceria Bolsonaro com 58%; o presidente aparece com 31%; brancos e nulos somam 10%, e 1% não soube responder.

Índice de rejeição

Bolsonaro lidera os índices de rejeição entre os possíveis candidatos nas eleições presidenciais de 2022. Os entrevistados poderiam optar por mais de uma opção:

Bolsonaro: 59%
Lula: 37%
Doria: 37%
Ciro: 31%
Mandetta: 23%
Eduardo Leite: 21%
Rejeita todos/não votaria em nenhum: 2%
Votaria em qualquer um/não rejeita nenhum: 2%
Não sabe: 1%

Tião do Gesso pode ser candidato a deputado estadual e prejudicar reeleição de Roberta em Araripina

Blog do Martilho Filho

O candidato a prefeito de Araripina-PE, no Sertão do Araripe, nas eleições de 2020 e empresário do setor gesseiro, Tião do Gesso, rompeu o silencio e em conversa com o blog do Martilho Filho fez as suas considerações a respeito da movimentação política.

Ele justificou o seu silêncio e isolamento por entender que ainda é muito prematuro discutir o processo eleitoral de 2022. “Eleição só no próximo ano e tudo agora é prematuro. A legislação eleitoral ainda pode mudar até outubro e então temos muitas incertezas até lá”, disse Tião.

Com relação a especulação de que teria recebido convite do PSB para filiar-se ao partido e disputar as eleições como candidato a deputado estadual, Tião do Gesso não descartou essa possibilidade. “Vai depender do modelo da legislação eleitoral que se define em outubro. Também ouvir as lideranças locais e fazer avaliações com pesquisas para definir. Ouvir também o Partido e Governo da necessidade de ter um candidato aqui na região. O PSB tem pretensão de ter candidato na região. Isto só será definido no próximo ano”, enfatizou Tião.

Ele também citou a boa relação que tem com o governador Paulo Câmara, que sempre o recebe no Palácio para conversar sobre a região. Quando questionado a respeito da possibilidade de apoio à reeleição da deputada Roberta Arraes, ele simplifica: “Roberta é do PP e o PSB tem pretensão de ter candidato na região. Isto só será definido no próximo ano”.

Pesquisa CNT/MDA mostra que Lula lidera intenções de voto para eleição presidencial em 2022

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lidera as intenções de voto para presidente em 2022, enquanto o atual ocupante do cargo, Jair Bolsonaro, possui a maior taxa de rejeição entre os eleitores, segundo pesquisa conduzida pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) e pela MDA.

Os dados mostram que, na pesquisa espontânea — em que não são apresentados nomes aos entrevistados —, os votos favoráveis a Lula somaram 27,8% do total, enquanto aqueles favoráveis a Bolsonaro foram 21,6%. Em terceiro lugar aparece o ex-ministro Ciro Gomes, com 1,7%, e os indecisos somaram 38,9%.

Na pesquisa estimulada – em que os entrevistados recebem uma lista de nomes para escolher -, Lula aparece com 41,3% das intenções de voto, enquanto Bolsonaro aparece em segundo lugar, com 26,6%. Ciro Gomes aparece novamente em terceiro, com 5,9%, mas empatado com o ex-juiz federal Sergio Moro. Os indecisos, na pesquisa estimulada, caem a 7,8%.

Num segundo turno disputado entre Bolsonaro e Lula, o ex-presidente levaria a disputa com 52,6% dos votos, contra 33,3% do adversário. Os votos brancos e nulos somariam 11,5%, e os que não souberam ou não quiseram responder foram 2,6%. Bolsonaro também perderia para Ciro Gomes (por 43,2% a 33,7%), mas venceria o governador de São Paulo, João Doria (por 36,3% a 33,5%).

Numa disputa de segundo turno entre Lula e João Doria, o ex-presidente venceria com 51,9% dos votos, contra 18,1% do adversário.

A pesquisa também mostrou que 40,3% dos entrevistados preferem que Lula seja o vencedor das eleições presidenciais em 2022, e que 30,1% torcem para que nenhum candidato ligado ao presidente Jair Bolsonaro ou ao ex-presidente Lula vença a disputa. Uma parcela de 25,1% é a favor da vitória de Bolsonaro nas urnas, e os outros 4,5% não quiseram ou não souberam responder.

Os entrevistados também foram questionados sobre o que consideram mais importante nas eleições presidenciais do ano que vem. Para 45,1% deles, o mais relevante é que Bolsonaro não seja reeleito, enquanto 27,7% disseram que o importante é Lula não voltar à Presidência. Uma parcela de 21,2% considerou que nenhuma destas opções era a mais importante, e 6,0% não souberam ou não quiseram responder.

Os índices de rejeição do presidente Jair Bolsonaro, porém, eram os mais altos entre os candidatos aferidos pela pesquisa da CNT/MDA – 61,8% das pessoas ouvidas disseram que não votariam nele para presidente de jeito nenhum em 2022. Em seguida, aparece João Doria (57,9%), sucedido por Sergio Moro (56,7%), Ciro Gomes (52,4%), Henrique Mandetta (51,5%) e, por último, Lula (44,5%).

A pesquisa ouviu 2.002 pessoas entre os dias 1 e 3 de julho e tem margem de erro de 2,2 pontos percentuais (pp) para mais ou para menos.

Aliada dos Coelhos de Petrolina, do governador ou tenta apenas se dar bem?

Enquanto as maquinas trabalham a todo vapor asfaltando a principal avenida da cidade de Trindade-PE, no Sertão do Araripe,  através de emenda do deputado federal Fernando Filho, seu aliado político, a prefeita Helbinha de Rodrigues do PSL, está no Palácio do Campo das Princesas, em reunião com o governador Paulo Câmara (PSB).

Helbinha é aliada politicamente do grupo Coelho, que faz oposição ferrenha ao governo estadual, e pelo que parece a prefeita está tentando se aproximar do governador. Será que a prefeita vai servir a dois senhores? Ou um dos senhores será enganado?

A prefeita recentemente com o apoio dos seus vereadores, passou uma rasteira nos inativos do município, descontando 14% de seus salários. A prefeita foi eleita pregando está sempre ao lado do povo, que devolveria trindade ao povo, mas até agora, o que se ver é uma governante indiferente as causas do povo, tanto que na primeira oportunidade elaborou um projeto para descontar fatia do salário dos aposentados do município.

O deputado estadual Rodrigo Novaes também participou da reunião. A final, Helbinha está com Rodrigo Novaes, Socorro Pimentel ou Antonio Coelho? É flerte de mais!

Quem será o próximo a ser enganado pela prefeita?

Trindade-PE: Justiça Eleitoral reprova as contas de campanha da prefeita Helbinha

A prefeita de Trindade-PE, Helbinha de Rodrigues (PSL), teve nessa última sexta-feira (25/06), as contas de campanha reprovadas pela justiça eleitoral.

Houve diversas irregularidades nas contas de campanha da então candidata, segundo a decisão, dentre elas, falhas capazes de comprometer a regularidade das contas e a constatação de uma flagrante conduta de omissão de gastos eleitorais, infringindo o que dispõe a lei eleitoral.

A omissão de despesas e receitas, o uso de recursos financeiros para o pagamento de gastos eleitorais que não provenham das contas específicas, bem como a utilização de Recurso de Origem Não Identificada se configuram como irregularidades graves, pois impedem o exame contábil e financeiro das contas, comprometendo a transparência e a confiabilidade da movimentação financeira de campanha.” diz trecho da sentença.

A candidata Helbinha de Rodrigues contratou a empresa FACEBOOK SERVICOS ONLINE DO BRASIL LTDA no valor total de R$ 3.415,50 (três mil quatrocentos e quinze reais e cinquenta centavos) para realizar impulsionamentos em sua campanha eleitoral. E pelo levantamento técnico, foi possível identificar indícios de omissão de gastos eleitorais. A situação ficou delicada, pois em sua prestação de contas registrou o valor de R$ 2.500,00 (dois mil e quinhentos reais), sendo assumido, inclusive, pela própria prestadora, que foram realizados pagamentos de impulsionamentos com recursos particulares, ou seja, que não transitaram pela conta bancária obrigatória, desrespeitando o que estabelece o art. 14, da Resolução TSE n. 23.607/2019.

Outra irregularidade apontada revela que Helbinha de Rodrigues não obedeceu o que a lei estabelece sobre as contas bancarias: “Que os recursos financeiros que não provenham das contas específicas que foram abertas exclusivamente para movimentação de recursos da campanha eleitoral, recursos de FEFC ou de Fundo partidário são considerados como de origem não identificada e tais recursos não podem ser utilizados por partidos políticos e por candidatos e devem ser transferidos ao Tesouro Nacional por meio de Guia de Recolhimento da União (GRU).” destaca outro trecho da sentença.

“Ante o exposto, julgo DESAPROVADA a presente prestação de contas, conforme preceitua o art. 30, III da Lei n° 9.504/97 e art. 74, III, da Res. TSE n° 23.607/2019.” decide a justiça eleitoral da 133ª Zona Eleitoral de Trindade-PE. (Por Conexão Trindade)

Lula tem 49% das intenções de voto e Bolsonaro, 23%, aponta pesquisa Ipec

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) aparece com 49% das intenções de voto para a Presidência da República para 2022.

Já o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) aparece com 23%, segundo pesquisa do instituto Inteligência em Pesquisa e Consultoria (Ipec). A pesquisa foi divulgada nesta sexta-feira (25).

Se considerados os votos válidos, o petista teria 56% das intenções e venceria já no primeiro turno. Já Bolsonaro, ficaria em segundo lugar, com 23% dos votos totais e 26% dos válidos.

A pesquisa avaliou também a viabilidade dos ex-ministros Ciro Gomes (PDT) e Luiz Henrique Mandetta (DEM), bem como do governador de São Paulo, João Doria (PSDB). O pedetista atinge 7% dos votos totais, o tucano paulista, 5% e Mandetta, 3%.

Votos brancos e nulos somam 10%, os que não souberam ou não responderam, 3%.

O instituto Ipec ouviu presencialmente 2.002 eleitores brasileiros em 141 cidades do país entre 17 e 21 de junho. A margem de erro de dois pontos percentuais.

Por região

De acordo com os dados, Lula lidera em todos os segmentos do eleitorado.

No recorte geográfico, o principal reduto do petista continua sendo o Nordeste, onde tem 63% das preferências de voto, com vantagem de 48 pontos porcentuais sobre Bolsonaro.

A menor vantagem do petista ocorre no Sul (35% a 29%). No Sudeste, região que concentra o maior número de eleitores, o ex-presidente tem 47%, e seu principal rival, 24%.

Nesta quinta-feira (24), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, estendeu a suspeição do ex-juiz Sergio Moro a todos os processos do ex-presidente em que o magistrado atuou. Os processos do sítio de Atibaia e sobre o Instituto Lula voltaram, portanto, à estaca zero.

Em março, o STF decidiu que o ex-juiz Moro foi parcial ao condenar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no caso do triplex do Guarujá. Com esse movimento, Lula se tornou elegível novamente.

Potencial de voto

A pesquisa também perguntou se os eleitores votariam com certeza ou poderiam votar ou se não votariam de forma alguma em determinado candidato.

Em Lula, 61% dos entrevistados disseram que votariam com certeza ou poderiam votar nele (11 pontos percentuais a mais que em fevereiro), 36% que não votariam de jeito nenhum (8 p.p. a menos), e 3% afirmaram que não conhecem o suficiente ou não responderam.

Para Bolsonaro, 62% disseram que não votariam de forma nenhuma (6 p.p. a mais), 33% que votariam com certeza ou poderiam votar (queda de 5 p.p.) e 4% que não conhecem o suficiente ou não sabem (variação negativa de 1 p.p.).

Rejeição

Nos últimos quatro meses, o potencial de votos de Bolsonaro caiu de 38% para 33%, enquanto a rejeição aumentou, aponta a pesquisa, que identificou que 62% dos eleitores afirmam que não votariam em Bolsonaro de jeito nenhum (eram 56% há quatro meses).

No caso do ex-presidente Lula, a taxa de rejeição fica em 36%.

Ciro Gomes também teve avanço em seu potencial de votos, mas em termos mais modestos: passou de 25% para 29% desde fevereiro. A rejeição ao ex-governador do Ceará caiu quatro p.p, mas segue em patamar elevado: 49% dizem que não votariam nele de jeito nenhum.

Já o potencial de votos de Doria passou de 15% para 18%. No entanto, 56% do eleitorado afirma que jamais o escolheria como presidente.