Governo de Pernambuco reduz para 150 número de pessoas permitidas em eventos sociais

Em coletiva de imprensa online realizada nessa quarta-feira, 6, o Governo de Pernambuco informou a decisão do Comitê de Enfrentamento à Covid-19 de reduzir a capacidade de eventos sociais para 150 pessoas, no máximo. O governo ainda prorrogou a proibição de festas e shows até o final de janeiro, no intuito de diminuir a disseminação do coronavírus em Pernambuco.

O secretário estadual de Saúde, André Longo, destacou a importância de a população seguir todos os protocolos de prevenção ao vírus. “Para que as atividades continuem funcionando sem colocar vidas em risco é preciso seguir as normas que norteiam o Plano de Convivência, e que estão centradas no distanciamento, uso de máscara, higiene e monitoramento”, explicou.

Longo informou que, neste momento, há mais de mil pacientes com suspeita da Covid-19 em leitos de UTI, públicos e privados, em todas as regiões do Estado. “O vírus pode ser silencioso e inofensivo para você, mas para alguém próximo pode ser fatal. Não vamos deixar que um verão de descuido interrompa a vida das pessoas que amamos”, alertou.

Morre em Pernambuco, o cantor Genival Lacerda em decorrência da Covid-19

O cantor Genival Lacerda, um ícone da música nordestina e brasileira, faleceu nesta quinta-feira (7), após complicações causadas pela Covid-19. Aos 89 anos, ele deu entrada no Hospital Unimed I, no Recife, no começo de dezembro de 2020, precisando de oxigênio. No dia 4 de janeiro, Lacerda apresentou uma piora no quadro de saúde. Na última quarta-feira (6), a família começou uma campanha de doação de sangue para o cantor. Em 2019, o paraibano já havia sido internado no Hospital de Ávila, na Zona Norte do Recife, após sofrer um Acidente Vascular Cerebral Isquêmico (AVC).

Genival Lacerda Cavalcante nasceu em 5 de abril de 1931. Iniciou sua carreira aos 18 anos de idade. Como muita gente de sua época, ainda na era de ouro do rádio, começou num programa de calouros de Campina Grande (PB), a sua terra natal. Com ajuda de amigos que colecionou na Rádio Borborema, conseguiu compor o casting oficial dessa emissora a partir de 1953.

Ele veio morar no Recife quando participou do aniversário Rádio Tamandaré, em 1955. A sua apresentação impressionou tanto que o fez ser contratado pela emissora, que era do mesmo grupo do Diario de Pernambuco e tinha uma programação voltada para entretenimento. Foi quando ganhou o título de “dono do rojão.” Foi através da influência da capital pernambucana que ele expandiu sua popularidade por toda a região Nordeste.

“É um cantor que não fica parado junto ao microfone, quando está cantando. Tem jogo de corpo, gesticulação e muita malícia, o que agrada inteiramente aos que assistem”. Essa foi a descrição que o Diario de Pernambuco, em 24 de abril de 1955, usou para explicar quem era um paraibano chamado Genival Lacerda pela primeira vez. Características que seguiram com músico até o final da vida, mesmo quando idoso, na casa dos 80.

Somavam-se as roupas coloridas, chapeuzinho e a mão na barriga enquanto cantava e dançava, mania que incorporou ainda na Paraíba. A irreverência e o talento ficam na memória do público. Para a música, o “Rei da Munganga” deixou um legado para o forró, baião, xote e rojão. Lacerda deixou cerca 30 discos lançados, colecionou parcerias com nomes de expressão na cultura nordestina, como Dominguinhos e Marinês.

Ouricuri registra uma morte e 12 novos casos da Covid-19 nesta segunda-feira (28)

A cidade de Ouricuri-PE, no Sertão do Araripe, registrou nesta segunda-feira (28) mais uma morte pelas complicações da Covid-19, de acordo com o boletim divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde.

Segundo o boletim diário, nesta segunda (28), houveram mais 12 registros de casos do novo coronavírus, 07 novas curas clínicas e 84 pessoas ainda estão com a doença.

Com isso, o total de moradores que foram infectados pelo vírus desde o início da pandemia na cidade chegou a 818, 707 recuperados e 27 mortes pelo novo coronavírus em Ouricuri.

Ouricuri registra mais uma morte em decorrência da covid-19

Foram registrados 08 novos casos de Covid-19, mais 02 curas clínicas e um óbito em Ouricuri-PE. A prefeitura não divulgou detalhes sobre a vítima. As informações constam no boletim diário covid-19 divulgado pela secretária municipal de saúde na noite dessa segunda-feira (22).

O município totaliza agora, 787 casos, 684 curas clínicas, 26 mortes e 77 casos ativos da doença.

Atriz Nicette Bruno morre no Rio, vítima de Covid-19

A atriz Nicette Bruno morreu na manhã deste domingo (20), aos 87 anos. Ela estava internada com Covid-19 na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Casa de Saúde São José, no Humaitá, Zona Sul do Rio.

De acordo com o boletim médico divulgado neste domingo (20), o estado de saúde de Nicette “era considerado muito grave”. Ela estava sedada e dependente de ventilação mecânica.

O velório será na segunda-feira (21) às 11h, fechado para família e amigos próximos.

A cremação será às 13h30 no Cemitério da Penitência, no Caju. As cinzas vão ser levadas para o jazigo da família em São Paulo, onde está enterrado o ator Paulo Goulart.

Pernambuco registra um total de 172.861 pacientes recuperados da Covid-19

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) registrou, nesta segunda-feira (14/12), 362 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 35 (9,5%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 327 (90,5%) são leves. Agora, Pernambuco totaliza 199.046 casos confirmados da doença, sendo 28.633 graves e 170.413 leves, que estão distribuídos por todos os 184 municípios pernambucanos, além do arquipélago de Fernando de Noronha.

Além disso, o boletim registra um total de 172.861 pacientes recuperados da doença. Destes, 18.113 eram pacientes graves, que necessitaram de internamento hospitalar, e 154.748 eram casos leves.

Também foram confirmados laboratorialmente 15 novos óbitos (8 femininos e 7 masculinos), registrados entre os dias 14/11 e 12/12. As novas mortes são de pessoas residentes dos municípios  de Bom Conselho (1), Jaboatão dos Guararapes (4), Moreno (1), Olinda (1), Petrolina (1), Recife (5), São Caitano (1) e Toritama (1). Com isso, o Estado totaliza 9.299 mortes pela doença.

Os pacientes tinham idades entre 56 e 93 anos. As faixas etárias são: 50 a 59 (1), 60 a 69 (4), 70 a 79 (5) e 80 ou mais (5). Do total, 14 tinham doenças pré-existentes: doença cardiovascular (11), diabetes (4), doença respiratória (3), imunodepressão (2), hipertensão (1), doença de Alzheimer (1), doença hepática (1), AVC (1) e tabagismo/histórico de tabagismo (1) – um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Um está em investigação.

Com relação à testagem dos profissionais de saúde com sintomas de gripe, em Pernambuco, até agora, 23.586 casos foram confirmados e 42.249 descartados. As testagens entre os trabalhadores do setor abrangem os profissionais de todas as unidades de saúde, sejam da rede pública (estadual e municipal) ou privada. O Governo de Pernambuco foi o primeiro do país a criar um protocolo para testar e afastar os profissionais da área da saúde com sintomas gripais.

NOVOS LEITOS – Já estão em funcionamento 151 leitos, sendo 50 de UTI e 101 de enfermaria, das novas vagas anunciadas na última semana pelo Governo de Pernambuco para o atendimento exclusivo de pacientes com síndrome respiratória aguda grave (Srag), suspeitos ou confirmados para a Covid-19. Para garantir a assistência frente ao aumento do número de casos registrados no Estado e de internações hospitalares, os novos leitos foram inaugurados em cinco unidades e já estão sendo regulados pela Central de Regulação de Pernambuco.

As novas vagas abertas hoje e durante o final de semana atendem a região do Sertão do São Francisco, com 10 leitos de UTI e 30 de enfermaria na UPAE de Petrolina; o Agreste Central com 10 leitos de UTI no Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru; o Sertão do Pajeú com 10 vagas de UTI no Hospital Eduardo Campos, em Serra Talhada; além da Região Metropolitana do Recife (RMR), com 10 leitos de UTI e 20 de enfermaria no Hospital de Referência à Covid-19 – unidade Olinda (Maternidade Brites de Albuquerque); e 10 vagas de UTI no Hospital Real Português (HRP), no Recife, que mantém convênio com o SUS. Já na sexta-feira (11.12), 51 leitos de enfermaria foram colocados em operação no Hospital Agamenon Magalhães (HAM), na zona norte do Recife.

Ao todo, a rede de saúde pública em todo o Estado conta, atualmente, com 1.773 leitos dedicados, exclusivamente, aos pacientes com Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG), incluindo, portanto, casos suspeitos e confirmados da Covid-19.  Do total, 894 são leitos de terapia intensiva e 879 de enfermaria. Até o final de dezembro, quando somados os leitos abertos ao longo de novembro, o Governo de Pernambuco vai ter colocado em funcionamento 424 leitos, sendo 159 de UTI e 265 de enfermaria.

TAXAS DE OCUPAÇÃO – Com os novos leitos, a taxa de ocupação média das Unidades de Terapia Intensiva e caiu de 88% na semana passada para 83% nesta segunda.

VACINA – Seguindo o planejamento de organização da rede de Saúde de Pernambuco para receber a vacina contra a Covid-19, a Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) divulgou no Diário Oficial desta segunda-feira (14) aviso de pregão eletrônico de licitação para a aquisição de cerca de 7,3 milhões de seringas para uso exclusivo na vacinação da população pernambucana contra o novo coronavírus. Os fornecedores têm até o dia 29.12 para submeter ao edital proposta de orçamento. A previsão é que o processo seja concluído até janeiro de 2021, em tempo hábil para distribuição dos insumos para os municípios, reforçando a rede para a campanha de vacinação contra a doença.

Além do processo para aquisição de 7 milhões de unidades, o Programa Estadual de Imunização já conta com 1,7 milhão de seringas em estoque e outros 1,8 milhão já tiveram a compra finalizada, com entrega prevista para breve.

Por determinação do governador Paulo Câmara, desde setembro estamos atuando para garantir a logística da preparação da rede de saúde em Pernambuco para a imunização da população contra o novo coronavírus. Vale ressaltar que o nosso Estado realiza diversas campanhas de vacinação anualmente e sempre se destaca no ranking nacional. Prova disso é que, na última mobilização realizada este ano, contra a poliomielite, Pernambuco foi o Estado que mais vacinou em todo o Brasil. Já na campanha da influenza deste ano, o Estado também alcançou a meta preconizada para os grupos prioritários“, pontua o secretário estadual de Saúde, André Longo.

Ouricuri registra mais dois casos de covid-19 e 04 novas curas clínicas

Foram registrados 02 novos casos de Covid-19 e mais 04 curas clínicas em Ouricuri-PE. As informações constam no boletim diário covid-19 divulgado pela secretária municipal de saúde na noite dessa quinta-feira (25).

O município totaliza agora, 635 casos, 581 curas clínicas, 19 mortes e 35 casos ativos da doença.

Ouricuri confirma mais um óbito por covid-19 e novos casos da doença

 

Foram registrados 04 novos casos de Covid-19 e mais 04 curas clínicas em Ouricuri-PE. Além disso, foi confirmado mais um óbito. As informações constam no boletim diário covid-19 divulgado pela secretária municipal de saúde na noite dessa quarta-feira (24).

O município totaliza agora, 633 casos, 577 curas clínicas, 19 mortes e 37 casos ativos da doença.

Parnamirim registra 6º óbito por Covid-19 e mais nove casos da doença

Imagem ilustrativa

Nesta segunda-feira (23), Parnamirim, no Sertão Pernambucano, registrou o 6º óbito por Covid-19. De acordo com boletim divulgado pela prefeitura, a paciente era uma idosa que estava internada em um Hospital de Araripina.

Foram confirmados também, mais nove casos do novo coronavírus e 16 novas curas clínicas. O município totaliza agora, 321 casos, com 314 curas clínicas, e um caso ativo da doença.

Ouricuri registra 03 novos casos com 07 curas clínicas de covid-19 nas últimas 24 horas

Foram registrados 03 novos casos de Covid-19 e mais 07 curas clínicas em Ouricuri-PE, no Sertão do Araripe. As informações constam no boletim diário covid-19 divulgado pela secretária municipal de saúde na noite dessa quarta-feira (18).

O município totaliza agora, 617 casos, 557 curas clínicas, 18 mortes e 42 casos ativos da doença.