Covid-19: Pernambuco registra mais 373 casos e 4 óbitos

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) registrou, nesta segunda-feira (27), mais 373 casos da Covid-19 em Pernambuco. Entre os confirmados hoje, quatro (1%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 369 (99%) leves. Agora, o Estado totaliza 967.075 infectados pela doença, sendo 58.802 graves e 908.273 leves.

Também foram contabilizados quatro óbitos antigos, recuperados pelas unidades de saúde e/ou secretarias municipais, que ocorreram entre 11 de maio de 2021 e 28 de janeiro deste ano. Com isso, Pernambuco chega a 21.849 mortes pela Covid-19.

Covid-19: Pernambuco apresenta mais 2.417 casos e 6 óbitos

A Secretaria Estadual de Saúde (SES) apresentou nesta quarta-feira (22), em Pernambuco, 2.417 casos da Covid-19. Entre os confirmados hoje, 15 (0,6%) são casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) e 2.402 (99,4%) leves. Agora, o Estado totaliza 960.890 infectados pela doença, sendo 58.770 graves e 902.120 leves.

Também foram contabilizados seis óbitos, ocorridos entre 17 de outubro de 2020 e ontem (21). Com isso, Pernambuco chega a 21.826 mortes pela Covid-19.

Brasil registra 176 mortes por Covid em 24 horas

O Brasil registrou nesta quarta-feira (22) 176 mortes pela Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando 669.612 desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias é de 124.

No total, o país registrou 70.285 novos diagnósticos de Covid-19 em 24 horas, completando 31.894.505 casos conhecidos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de casos nos últimos 7 dias foi de 40.677.

Curva de mortes nos estados

  • Em alta (10 estados e o DF): DF, RN, BA, PI, RO, RJ, MT, ES, AP, MS, PE
  • Em estabilidade (9 estados): SC, AM, AC, AL, MA, SE, PR, GO, RR
  • Em queda (5 estados): SP, PA, MG, RS, CE
  • Não divulgaram (2 estados): PB e TO

Os números estão no novo levantamento do consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia de coronavírus no Brasil, consolidados às 20h.

Mais saúde para o Araripe: Em parceria com a UFPE, Antonio Fernando e Augusto Coutinho conquistam Núcleo de Prevenção à Cegueira para Ouricuri

Numa parceria inédita com a Universidade Federal de Pernambuco – UFPE, no Sertão pernambucano, os deputados Antonio Fernando e Augusto Coutinho, promoveram a inauguração do Núcleo Permanente de Prevenção à Cegueira do Araripe. O novo serviço, de atendimento gratuito à população, se junta a outras ações dos parlamentares no sentido de garantir avanços para a saúde pública na região, como as aquisições de um Tomógrafo e um aparelho de Raio-X digital, destinados ao Hospital Regional Fernando Bezerra.

O centro médico vai oferecer aos moradores de todos os municípios do Araripe diversos exames e até cirurgias oftalmológicas, como, por exemplo, operações de catarata. Já os pacientes com casos mais complexos passarão por uma triagem médica e por exames, sendo encaminhados diretamente ao Hospital das Clínicas ou outras unidades médicas, mais estruturadas, na capital.

“O mais importante de tudo é que pessoas de todas as idades – idosos, adultos, jovens e até crianças – receberão assistência médica especializada, podendo-se evitar as doenças que causam a cegueira. Na grande maioria dos casos, a perda da visão pode ser evitada com tratamentos preventivos”, afirmou o deputado Antonio Fernando. “Esta ação dos deputados, é, sem dúvida, muito importante, e trará beneficíos para toda a região”, disse o reitor da UFPE, professor Alfredo Gomes, que compareceu à inauguração do Núcleo.

A implantação do Núcleo Permanente de Prevenção à Cegueira surgiu da parceria entre os parlamentares e a Universidade Federal de Pernambuco – UFPE. Os deputados Antonio Fernando e Augusto Coutinho destinaram Emendas Parlamentares para a compra de equipamentos e montagem da estrutura física do Centro Oftalmológico, em local de fácil acesso para pacientes de todos os municípios do Araripe, às margens da BR-316, em Ouricuri.

Dentro da parceria firmada, a parte médica ficará por conta da UFPE, que terá o Prof. Dr. Francisco Cordeiro à frente de uma equipe de médicos e acadêmicos do curso de Medicina da Universidade Federal de Pernambuco. “Nossa região é muito carente de serviços de saúde pública, principalmente, quando se trata de áreas especializadas, como a oftalmologia. Com esse núcleo, nós certamente iremos dar uma contribuição importante para evitar muitos casos de cegueira no Sertão do Araripe”, concluiu o Deputado Antonio Fernando.

Uso de máscara volta a ser obrigatório em todos os fóruns e prédios do Tribunal de Justiça de Pernambuco

Devido ao aumento de casos da Covid-19 em Pernambuco e outros estados do Brasil, o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) determinou a volta da obrigatoriedade do uso de máscara para acesso aos fóruns e prédios do órgão. A medida entrou em vigor nesta segunda-feira, 6.

No Ato Conjunto n° 21/2022, que altera o Ato Conjunto n° 14/2022, o presidente do TJPE, desembargador Luiz Carlos de Barros Figueirêdo, e o corregedor-geral da Justiça, desembargador Ricardo Paes Barreto, argumentam que a decisão considera a necessidade de acompanhamento da evolução e do controle dos casos da Covid-19.

“Os números, no País, estão crescendo exponencialmente de forma acelerada. É melhor prevenir do que remediar. Em ambiente aberto, não há problemas. Salvo se os interlocutores estiverem a menos de um metro de distância, um em frente do outro, estando um deles contaminado. A cepa predominante da covid-19 é a omicron, pouco letal, até porque tem muita gente vacinada, mas se expande com mais celeridade”, ressalta Luiz Carlos Figueirêdo.

Além de usar máscara, quem quiser ter entrar nos fóruns e nos demais prédios do TJPE também precisa apresentar comprovante de vacinação com esquema completo.

Juiz condena ex-prefeito de Bodocó ao pagamento de multa por provocar aglomeração durante primeiro ano da pandemia

O juiz substituto da Vara Única de Bodocó, Reinaldo Paixão Bezerra Júnior, condenou o ex-prefeito de Bodocó Túlio Alves ao pagamento de muita de R$ 25 mil, por dano moral coletivo, devido à aglomeração provocada por convenção partidária realizada em setembro de 2020 – primeiro ano da pandemia. A decisão, proferida em ação civil pública movida pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE), também condenou o ex-vice-prefeito José Edmilson. Cada um deve pagar o referido valor.

Na ação, o MPPE argumentou que a convenção deveria ser restrita aos filiados dos partidos políticos, mas transformou-se num verdadeiro acontecimento festivo de cunho político-partidário, com várias pessoas. Ainda de acordo com os autos, a aglomeração foi agravada com a chegada do então prefeito e vice-prefeito em cima de uma caminhonete. Eles não usavam máscara e não mantiveram o distanciamento social preconizado na época.

O juiz destaca na decisão que o fato se passou num momento muito delicado da pandemia. “À época dos fatos, vivenciávamos um momento de extrema gravidade decorrente da pandemia da Covid-19. Outrossim merece destaque também os sérios problemas individuais e coletivos, na dimensão física, psicológica, social, e econômica causados por essa pandemia. No caso particular, é evidente que, na época da convenção partidária, à vista da exponencial disseminação do novo coronavírus, fazia-se necessário uma postura responsável de todos, especialmente daqueles que ocupavam importantíssimos cargos de prefeito e vice-prefeito. Em tempos de crise como a enfrentamos, o político como figura de liderança, deveria ser o exemplo a ser seguido por seus cabos eleitorais, correligionários, eleitores e população em geral”, escreveu.

Em seguida, o magistrado especifica fatores que configuram o dano moral coletivo. “É imprescindível para a configuração do dano moral coletivo a ocorrência de lesão na esfera moral de uma comunidade, isto é, a violação de valores coletivos, atingidos injustificadamente do ponto de vista jurídico. No ponto, destaco que se faz necessário que o fato transgressor seja de razoável significância e desborde os limites da tolerabilidade, ou seja, que denote gravidade suficiente para produzir verdadeiro sofrimento, intranquilidade social e alterações relevantes na ordem extrapatrimonial coletiva. Na hipótese dos autos, entendo que está configurado o dano moral coletivo apto a gerar indenização, uma vez que os requeridos Tulio Alves Alcântara e José Edmilson Brito Alencar, com suas condutas, violaram preceitos sanitários em momento de extrema gravidade da pandemia de Covid-19, afetando uma coletividade ao colocar em risco não apenas os participantes do evento, mas toda comunidade do município de Bodocó e região”, completou.

Governo de Pernambuco revoga obrigatoriedade do uso de máscara em locais abertos e libera 100% da capacidade dos eventos

As máscaras não são mais obrigatórias em locais abertos de Pernambuco. O Governo do Estado, por meio do Gabinete de Enfrentamento à Covid-19, flexibilizou o uso desse dispositivo de prevenção, deixando-o obrigatório apenas em locais fechados. Além disso, liberou eventos, shows musicais e jogos de futebol com 100% da capacidade de público.

Segundo o governo, a decisão foi tomada com base nos recentes dados da área da saúde, levando em consideração que o Estado vem registrando consecutivas quedas nos índices da Covid-19. Atualmente a taxa de positividade dos testes da infecção está abaixo de 1%, menor número desde o início da pandemia.

Mesmo com a flexibilização mais ampla, permanece obrigatória a comprovação da dose de reforço para acesso aos eventos, bares e restaurantes. Essa medida incentiva que a população seja imunizada contra a Covid-19.

Secretário de Saúde de Pernambuco visita UPAE e Hospital Regional em Ouricuri

As duas unidades hospitalares administradas pelo Instituto Social das Medianeiras da Paz, ISMEP, na cidade de Ouricuri, no Sertão do Araripe, receberam a visita do secretário de saúde de Pernambuco, André Longo juntamente com o deputado estadual Antônio Fernando. A comitiva da Secretaria Estadual de Saúde visitou ontem, 17, o Hospital Regional Fernando Bezerra (HRFB) e a UPAE.

A população do sertão do Araripe encontra suporte do Sistema Único de Saúde (SUS) no HRFB e na UPAE.  O hospital de média complexidade é referência em atendimento de urgência e emergência, embora também realize atendimentos na área de atenção básica. Já no ambulatório, são disponibilizadas especialidades como cardiologia, cirurgia geral, neurologia, psiquiatria, ortopedia, otorrinolaringologia, nefrologista. Para mães e crianças, a atenção é garantida com serviços de pré-natal de alto risco, pediatria e ginecologia.

Já na UPAE estão disponíveis os atendimentos em cardiologia, dermatologia, otorrinolaringologia, urologia, ginecologia, endocrinologia e gastrenterologia. Disponibiliza ainda, um espaço para reabilitação física e consultas com profissionais das áreas de fisioterapia, farmácia, enfermagem, psicologia, terapia ocupacional, serviço social, nutrição e fonoaudiologia. Já na área de diagnóstico, os usuários contam com exames de ultrassom, eletrocardiograma, holter, ecocardiograma, teste ergométrico e endoscopia.

Segundo a vice-diretora do ISMEP, irmã Fatima Alencar, a administração das Medianeiras da Paz a frente do HRFB e da UPAE tem sido um grande desafio de saúde pública, pois as unidades são referência no atendimento da população do Araripe que, atualmente, chega a mais de 300 mil pessoas. “A visita do secretário de saúde de Pernambuco é importante para mostrar os avanços nas unidades hospitalares. No HRFB e na UPAE estamos com obras para ampliação do espaço físico e a oferta de novos atendimentos. O secretário é um grande parceiro na luta pela interiorização dos serviços de saúde”, destacou.

Prefeito de Bodocó realiza multirão de exames para desafogar filas dos Postos de Saúde

O prefeito de Bodocó-PE, Otávio Pedrosa, esteve com sua esposa Rozeane no multirão do ultrassom realizando exames nos moradores da cidade.

O dia de hoje foi dividido entre os afazeres de Prefeito e de Médico. Depois de receber o novo gerente do Banco do Nordeste de Ouricuri, José Helton Araújo, e a gerente de relacionamento, Josiane Bezerra, retornei à policlínica para dar continuidade ao primeiro mutirão de ultrassonografias do ano”, relata o prefeito.

A ação foi bem recebida, pois demostra todo o cuidado e atenção que o prefeito tem com a cidade e os moradores, ao mesmo que por um momento deixar de lado sua função de gestor, e exercer sua função de médico para socorrer a área da saúde de seu município, em um momento mais tenso.

Vacinação volta a normalidade nesta Quarta em Ouricuri, diz PNI

De acordo com informações repassadas pelo PNI – Programa Nacional de Imunização Municipal de Ouricuri, por meio do coordenador PAULO LIBÉRIO BÓRGES DE CARVALHO, repassados à nossa redação, a vacinação terá início nesta quarta-feira, 19 de janeiro com os grupos de crianças que possuem doenças neurológicas, síndrome de down e autismo.

Nesta terça-feira, houve uma reunião com os técnicos de enfermagem sobre esse novo grupo de vacinação que são as crianças de 5 a 11 anos.

Com chegada de mais vacinas iremos avançar para as crianças com comorbidades e depois seguiremos para avançando para vacinar as crianças sem comorbidades seguindo a faixa etária decrescente, a partir dos 11 anos de idade até chegar as crianças de 5 anos” disse o coordenador.

Sobre a vacinação de adultos, especialmente as doses de reforço, o coordenador assegurou que os postos do municípios estarão abastecidos a partir dessa quarta-feira (19).