Mais saúde para o Araripe: Em parceria com a UFPE, Antonio Fernando e Augusto Coutinho conquistam Núcleo de Prevenção à Cegueira para Ouricuri

Numa parceria inédita com a Universidade Federal de Pernambuco – UFPE, no Sertão pernambucano, os deputados Antonio Fernando e Augusto Coutinho, promoveram a inauguração do Núcleo Permanente de Prevenção à Cegueira do Araripe. O novo serviço, de atendimento gratuito à população, se junta a outras ações dos parlamentares no sentido de garantir avanços para a saúde pública na região, como as aquisições de um Tomógrafo e um aparelho de Raio-X digital, destinados ao Hospital Regional Fernando Bezerra.

O centro médico vai oferecer aos moradores de todos os municípios do Araripe diversos exames e até cirurgias oftalmológicas, como, por exemplo, operações de catarata. Já os pacientes com casos mais complexos passarão por uma triagem médica e por exames, sendo encaminhados diretamente ao Hospital das Clínicas ou outras unidades médicas, mais estruturadas, na capital.

“O mais importante de tudo é que pessoas de todas as idades – idosos, adultos, jovens e até crianças – receberão assistência médica especializada, podendo-se evitar as doenças que causam a cegueira. Na grande maioria dos casos, a perda da visão pode ser evitada com tratamentos preventivos”, afirmou o deputado Antonio Fernando. “Esta ação dos deputados, é, sem dúvida, muito importante, e trará beneficíos para toda a região”, disse o reitor da UFPE, professor Alfredo Gomes, que compareceu à inauguração do Núcleo.

A implantação do Núcleo Permanente de Prevenção à Cegueira surgiu da parceria entre os parlamentares e a Universidade Federal de Pernambuco – UFPE. Os deputados Antonio Fernando e Augusto Coutinho destinaram Emendas Parlamentares para a compra de equipamentos e montagem da estrutura física do Centro Oftalmológico, em local de fácil acesso para pacientes de todos os municípios do Araripe, às margens da BR-316, em Ouricuri.

Dentro da parceria firmada, a parte médica ficará por conta da UFPE, que terá o Prof. Dr. Francisco Cordeiro à frente de uma equipe de médicos e acadêmicos do curso de Medicina da Universidade Federal de Pernambuco. “Nossa região é muito carente de serviços de saúde pública, principalmente, quando se trata de áreas especializadas, como a oftalmologia. Com esse núcleo, nós certamente iremos dar uma contribuição importante para evitar muitos casos de cegueira no Sertão do Araripe”, concluiu o Deputado Antonio Fernando.

Uso de máscara volta a ser obrigatório em todos os fóruns e prédios do Tribunal de Justiça de Pernambuco

Devido ao aumento de casos da Covid-19 em Pernambuco e outros estados do Brasil, o Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) determinou a volta da obrigatoriedade do uso de máscara para acesso aos fóruns e prédios do órgão. A medida entrou em vigor nesta segunda-feira, 6.

No Ato Conjunto n° 21/2022, que altera o Ato Conjunto n° 14/2022, o presidente do TJPE, desembargador Luiz Carlos de Barros Figueirêdo, e o corregedor-geral da Justiça, desembargador Ricardo Paes Barreto, argumentam que a decisão considera a necessidade de acompanhamento da evolução e do controle dos casos da Covid-19.

“Os números, no País, estão crescendo exponencialmente de forma acelerada. É melhor prevenir do que remediar. Em ambiente aberto, não há problemas. Salvo se os interlocutores estiverem a menos de um metro de distância, um em frente do outro, estando um deles contaminado. A cepa predominante da covid-19 é a omicron, pouco letal, até porque tem muita gente vacinada, mas se expande com mais celeridade”, ressalta Luiz Carlos Figueirêdo.

Além de usar máscara, quem quiser ter entrar nos fóruns e nos demais prédios do TJPE também precisa apresentar comprovante de vacinação com esquema completo.

Juiz condena ex-prefeito de Bodocó ao pagamento de multa por provocar aglomeração durante primeiro ano da pandemia

O juiz substituto da Vara Única de Bodocó, Reinaldo Paixão Bezerra Júnior, condenou o ex-prefeito de Bodocó Túlio Alves ao pagamento de muita de R$ 25 mil, por dano moral coletivo, devido à aglomeração provocada por convenção partidária realizada em setembro de 2020 – primeiro ano da pandemia. A decisão, proferida em ação civil pública movida pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE), também condenou o ex-vice-prefeito José Edmilson. Cada um deve pagar o referido valor.

Na ação, o MPPE argumentou que a convenção deveria ser restrita aos filiados dos partidos políticos, mas transformou-se num verdadeiro acontecimento festivo de cunho político-partidário, com várias pessoas. Ainda de acordo com os autos, a aglomeração foi agravada com a chegada do então prefeito e vice-prefeito em cima de uma caminhonete. Eles não usavam máscara e não mantiveram o distanciamento social preconizado na época.

O juiz destaca na decisão que o fato se passou num momento muito delicado da pandemia. “À época dos fatos, vivenciávamos um momento de extrema gravidade decorrente da pandemia da Covid-19. Outrossim merece destaque também os sérios problemas individuais e coletivos, na dimensão física, psicológica, social, e econômica causados por essa pandemia. No caso particular, é evidente que, na época da convenção partidária, à vista da exponencial disseminação do novo coronavírus, fazia-se necessário uma postura responsável de todos, especialmente daqueles que ocupavam importantíssimos cargos de prefeito e vice-prefeito. Em tempos de crise como a enfrentamos, o político como figura de liderança, deveria ser o exemplo a ser seguido por seus cabos eleitorais, correligionários, eleitores e população em geral”, escreveu.

Em seguida, o magistrado especifica fatores que configuram o dano moral coletivo. “É imprescindível para a configuração do dano moral coletivo a ocorrência de lesão na esfera moral de uma comunidade, isto é, a violação de valores coletivos, atingidos injustificadamente do ponto de vista jurídico. No ponto, destaco que se faz necessário que o fato transgressor seja de razoável significância e desborde os limites da tolerabilidade, ou seja, que denote gravidade suficiente para produzir verdadeiro sofrimento, intranquilidade social e alterações relevantes na ordem extrapatrimonial coletiva. Na hipótese dos autos, entendo que está configurado o dano moral coletivo apto a gerar indenização, uma vez que os requeridos Tulio Alves Alcântara e José Edmilson Brito Alencar, com suas condutas, violaram preceitos sanitários em momento de extrema gravidade da pandemia de Covid-19, afetando uma coletividade ao colocar em risco não apenas os participantes do evento, mas toda comunidade do município de Bodocó e região”, completou.

Governo de Pernambuco revoga obrigatoriedade do uso de máscara em locais abertos e libera 100% da capacidade dos eventos

As máscaras não são mais obrigatórias em locais abertos de Pernambuco. O Governo do Estado, por meio do Gabinete de Enfrentamento à Covid-19, flexibilizou o uso desse dispositivo de prevenção, deixando-o obrigatório apenas em locais fechados. Além disso, liberou eventos, shows musicais e jogos de futebol com 100% da capacidade de público.

Segundo o governo, a decisão foi tomada com base nos recentes dados da área da saúde, levando em consideração que o Estado vem registrando consecutivas quedas nos índices da Covid-19. Atualmente a taxa de positividade dos testes da infecção está abaixo de 1%, menor número desde o início da pandemia.

Mesmo com a flexibilização mais ampla, permanece obrigatória a comprovação da dose de reforço para acesso aos eventos, bares e restaurantes. Essa medida incentiva que a população seja imunizada contra a Covid-19.

Secretário de Saúde de Pernambuco visita UPAE e Hospital Regional em Ouricuri

As duas unidades hospitalares administradas pelo Instituto Social das Medianeiras da Paz, ISMEP, na cidade de Ouricuri, no Sertão do Araripe, receberam a visita do secretário de saúde de Pernambuco, André Longo juntamente com o deputado estadual Antônio Fernando. A comitiva da Secretaria Estadual de Saúde visitou ontem, 17, o Hospital Regional Fernando Bezerra (HRFB) e a UPAE.

A população do sertão do Araripe encontra suporte do Sistema Único de Saúde (SUS) no HRFB e na UPAE.  O hospital de média complexidade é referência em atendimento de urgência e emergência, embora também realize atendimentos na área de atenção básica. Já no ambulatório, são disponibilizadas especialidades como cardiologia, cirurgia geral, neurologia, psiquiatria, ortopedia, otorrinolaringologia, nefrologista. Para mães e crianças, a atenção é garantida com serviços de pré-natal de alto risco, pediatria e ginecologia.

Já na UPAE estão disponíveis os atendimentos em cardiologia, dermatologia, otorrinolaringologia, urologia, ginecologia, endocrinologia e gastrenterologia. Disponibiliza ainda, um espaço para reabilitação física e consultas com profissionais das áreas de fisioterapia, farmácia, enfermagem, psicologia, terapia ocupacional, serviço social, nutrição e fonoaudiologia. Já na área de diagnóstico, os usuários contam com exames de ultrassom, eletrocardiograma, holter, ecocardiograma, teste ergométrico e endoscopia.

Segundo a vice-diretora do ISMEP, irmã Fatima Alencar, a administração das Medianeiras da Paz a frente do HRFB e da UPAE tem sido um grande desafio de saúde pública, pois as unidades são referência no atendimento da população do Araripe que, atualmente, chega a mais de 300 mil pessoas. “A visita do secretário de saúde de Pernambuco é importante para mostrar os avanços nas unidades hospitalares. No HRFB e na UPAE estamos com obras para ampliação do espaço físico e a oferta de novos atendimentos. O secretário é um grande parceiro na luta pela interiorização dos serviços de saúde”, destacou.

Prefeito de Bodocó realiza multirão de exames para desafogar filas dos Postos de Saúde

O prefeito de Bodocó-PE, Otávio Pedrosa, esteve com sua esposa Rozeane no multirão do ultrassom realizando exames nos moradores da cidade.

O dia de hoje foi dividido entre os afazeres de Prefeito e de Médico. Depois de receber o novo gerente do Banco do Nordeste de Ouricuri, José Helton Araújo, e a gerente de relacionamento, Josiane Bezerra, retornei à policlínica para dar continuidade ao primeiro mutirão de ultrassonografias do ano”, relata o prefeito.

A ação foi bem recebida, pois demostra todo o cuidado e atenção que o prefeito tem com a cidade e os moradores, ao mesmo que por um momento deixar de lado sua função de gestor, e exercer sua função de médico para socorrer a área da saúde de seu município, em um momento mais tenso.

Vacinação volta a normalidade nesta Quarta em Ouricuri, diz PNI

De acordo com informações repassadas pelo PNI – Programa Nacional de Imunização Municipal de Ouricuri, por meio do coordenador PAULO LIBÉRIO BÓRGES DE CARVALHO, repassados à nossa redação, a vacinação terá início nesta quarta-feira, 19 de janeiro com os grupos de crianças que possuem doenças neurológicas, síndrome de down e autismo.

Nesta terça-feira, houve uma reunião com os técnicos de enfermagem sobre esse novo grupo de vacinação que são as crianças de 5 a 11 anos.

Com chegada de mais vacinas iremos avançar para as crianças com comorbidades e depois seguiremos para avançando para vacinar as crianças sem comorbidades seguindo a faixa etária decrescente, a partir dos 11 anos de idade até chegar as crianças de 5 anos” disse o coordenador.

Sobre a vacinação de adultos, especialmente as doses de reforço, o coordenador assegurou que os postos do municípios estarão abastecidos a partir dessa quarta-feira (19).

Prefeito Ricardo Ramos reduz público em eventos para até mil pessoas em locais abertos e 300 em locais fechados

O prefeito de Ouricuri, Ricardo Ramos (PSDB), decretou medidas restritivas no setor de eventos no sentido de inibir a proliferação da covid-19 e gripe. O gestor determinou nesta quinta-feira (13), redução do público em festas para até mil pessoas em locais abertos e 300 em locais fechados.

O decreto estabelece que para ter acesso aos eventos a pessoa deve apresentar comprovante de vacinação com duas doses, dose única ou três doses – no caso de pessoas acima de 54 anos. Shows com mais de 300 pessoas também devem exigir teste negativo de covid feito com 24 horas de antecedência (teste rápido) ou 72 horas (RT-PCR).

Excetua-se do decreto o público dos festejos religiosos de São Sebastião, que já começaram, desde que atendidos o distanciamento, uso de máscara e álcool em gel e todas as outras medidas de restrição válidas até o dia 20 de janeiro.

Quanto aos restaurantes, bares e lanchonetes, bem como centros comerciais, vale a exigência de passaporte vacinal com duas doses ou dose única para pessoas até 54 anos e três doses para quem tem a partir de 55 anos.

As medidas começam a vigorar na próxima segunda-feira, 17, ficando a Secretaria de Saúde e o Departamento Municipal de Trânsito autorizados a solicitar apoio das autoridades policiais em caso de descumprimento.

Mais 2 mortes por covid-19 em Ouricuri-PE

Ouricuri registrou mais 2 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas. Os novos óbitos foram divulgados na noite dessa quarta-feira (12), no boletim epidemiológico pela secretaria municipal de saúde.

O boletim mostra também que nas últimas 24 horas foram confirmados 15 novos casos da doença, 19 recuperados e 73 pessoas estão com o virus ativo.

Desde o inicio da pandemia, 3.392 pessoas já tiveram o coronavirus, dos quais, 3.217 já se recuperaram. Com as duas mortes contabilizadas nas últimas horas, o número de mortes pela covd-19 em Ouricuri sobe para 102.

Confira o total de casos, curas e mortes de Covid-19 no dia 10 de janeiro em Petrolina e região

Segundo boletins divulgados na noite do domingo (9) e nesta segunda (10), na área de cobertura do g1 Petrolina já foram registrados 89.005 casos, 85.503 curas e 1.556 mortes.

O estado de Pernambuco totaliza 649.262 infectados e 20.507 óbitos devido à doença, de acordo com o mais recente boletim. Segundo boletins divulgados na noite do domingo (9) e nesta segunda (10), pelas Secretarias Municipais de Saúde, na área de cobertura do g1 Petrolina já foram registrados 89.005 casos, 85.503 curas e 1.556 mortes.

Casos confirmados do novo coronavírus no Sertão de Pernambuco