Policia apreende moto roubada na Zona Rural de Bodocó

Imagem Ilustrativa Da Internet

Nesta quinta-feira, 01 de agosto às 08 horas em operação conjunta entre equipe Malhas da Lei da 24ª DESEC Araripina, Denarc Ouricuri, sob o comando de Dr. Samuel e a coordenação da Delegada Seccional Dra. Katyanna Muniz, as equipes em deslocamento na Serra do Araripe, precisamente no distrito Vila Zé do Ouro em Bodocó, se depararam com a Moto, CG 125 KS, Ano 2012, placa OIK_8491, cor vermelha, Juazeiro Norte-CE, parada, sem combustivel e sem ninguém ao lado, vindo a chamar a atenção da equipe.

Ao ser realizando pesquisa da referida placa da moto foi constatada a existência de queixa de roubo, a mesma fora apresentada a autoridade competente pra serem tomadas as medidas cabíveis.

Essa é mais uma ação  da Polícia Civil  da 24ª.DESEC – Regional de Araripina-PE, seguindo as diretrizes do Pacto Pela Vida no combate à criminalidade.

Homem é preso em flagrante após furtar bicicleta em Salgueiro

Foto: reprodução

Na madrugada da ultima quarta-feira (31), um homem foi preso em flagrante após roubar uma bicicleta na Rua Francisco Norberto, no bairro da Bomba em Salgueiro, o mesmo foi identificado como Fabio Junior Gomes da Silva, conhecido como “Dega”.

Logo após cometer o crime, o acusado foi encaminhado para Delegacia De Policia Civil local, onde foi autuado em flagrante, encontrando-se em custodia. O acusado foi detido por uma policial civil, que é vizinha da vitima que teve o objeto roubado.

MPPE recomenda à prefeitura de Moreilândia disponibilização de transporte adequado para pacientes de TFD

Imagem ilustrativa da internet

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou à prefeitura de Moreilândia, a criação de um sistema de triagem para cadastramento de usuários do serviço de Transporte Fora de Domicílio (TFD) que não podem fazer uso de veículo de transporte público. Segundo MPPE, pacientes com dificuldades de locomoção devem ter disponível, um serviço com veículo próprio e adequado ao atendimento das necessidades dos pacientes e acompanhantes.

A Prefeitura tem um convênio firmado com o Consórcio Intermunicipal do Sertão do Araripe Pernambucano (Cisape) e fornece o serviço através de passagens em transporte rodoviário.

De acordo com o Ministério, pelo menos dois pacientes que utilizam rotineiramente o serviço de TFD comprovadamente não podem se locomover em veículos de transportes públicos. Isso pode gerar a ausência do paciente no atendimento médico. (Do G1 PE)

Prefeituras têm 90 dias para apresentarem plano de ação de fim dos lixões

O Tribunal de Contas de Pernambuco decidiu determinar às prefeituras, que ainda não substituíram os “lixões” por aterros sanitários, que no prazo de 90 dias apresentem ao órgão de controle um plano de ação explicando como pretendem enfrentar o problema após esse período.

Levantamento divulgado pelo TCE em março deste ano mostra que houve uma evolução no número de municípios que depositam seus resíduos sólidos em locais adequados, seguindo o que preceitua a Lei 12.305/2010. Mas, de acordo com o estudo do Núcleo de Engenharia do TCE, 105 dos 184 municípios pernambucanos ainda fazem uso de “lixões” ou de aterros que não atendem às exigências legais e ambientais.

Em razão disto, estabeleceu-se no TCE uma discussão sobre se os gestores públicos de primeiro mandato (que tomaram posse em 2017) deveriam ou não ser penalizados pela questão dos “lixões”.

Como os votos nem sempre eram uniformes, o Tribunal decidiu unificar o entendimento. Ou seja, essas auditorias especiais não mais serão julgadas regular ou irregular. Elas foram transformadas em “determinações” para que no prazo de 90 dias as prefeituras informem ao TCE em que situação se encontram e como pretendem regularizar a situação da destinação dos resíduos sólidos.

Pernambuco conta atualmente com apenas 17 aterros sanitários licenciados (cinco privados e 12 públicos). Segundo indicação do Plano Estadual de Resíduos Sólidos, realizado em 2012 pelo Governo do Estado, seriam necessários 54 para atender toda a demanda da população. Em 2018, foram instaurados 112 processos de Auditoria Especial para apurar o descumprimento pelos municípios da Lei de Resíduos Sólidos. (Roberto Gonçalves)

Salgueiro é a única cidade do estado que não adere ao Programa Criança Alfabetizada

A cidade de Salgueiro foi o único município Pernambuco que não aderiu ao programa de alfabetização 2019. Dos 184 municípios pernambucanos, 183 assinaram o termo de adesão ao programa que pretende melhorar os índices de educação e beneficia mais de 330 mil estudantes até os 7 anos de idade matriculados em escolas da rede pública.

O programa criança alfabetizada que agora é lei, altera a distribuição do ICMS para as cidades, tendo como prioridade a educação. O programa também prevê uma ação integrada para garantir que todos os estudantes da educação infantil e das primeiras séries do ensino fundamental aprendam a ler e a escrever no tempo certo.  (Sertão Central)

Bolsonaro questiona assassinato de índio e tem postura condenada pela ONU

Jair Bolsonaro afirmou, na manhã dessa segunda-feira 29, que ‘não tem nenhum indício forte’ relacionado ao assassinato de um indígena no Amapá. O presidente também alegou que “usam o índio como massa de manobra” e que ONGs estariam interessadas nas riquezas da Amazônia.

A declaração foi dada para jornalistas no Palácio da Alvorada. Bolsonaro questionou o por quê das terras demarcadas no Brasil estarem apenas em áreas ‘riquíssimas’, e ainda afirmou que a Amazônia pode se transformar em outros países. “Por que não legalizaram indígena em cima de terra pobre? Não existe. Há um interesse enorme de outros países de ganhar, de ter para si a soberania da Amazônia.” Também disse que a Polícia Federal e o Ministério Público já foram acionados para investigar o caso.

No sábado 27, a Funai (Fundação Nacional do Índio) confirmou a morte de uma pessoa após denúncia de invasão de garimpeiros na Terra Indígena Waiãpi, em Pedra Branca do Amapari. “Por ora não há registros de conflito, apesar de ter sido confirmado um óbito, mas não há detalhes das circunstâncias. O local é de difícil acesso”, informou a Fundação. (Carta Capital)

Policia Federal queima 348 mil pés de maconha no Sertão Pernambucano

A Polícia Federal, através da delegacia de Salgueiro, divulgou nesta segunda-feira (29) o balanço da Operação Facheiro III no Sertão de Pernambuco. De 30 de junho a 23 de julho, foram promovidas ações de identificação e a erradicação e destruição de 348 mil pés de maconha. Os plantios foram localizados em ilhas dos Rio São Francisco e em áreas nas cidades de Orocó, Cabrobó, Belém do São Francisco, Santa Maria da Boa Vista, Salgueiro, Parnamirim, Carnaubeira da Penha, Serra Talhada, Betânia, Ibó e Floresta.

Com a erradicação de 348 mil pés de maconha, 120 toneladas da droga deixaram de ser produzidas na região. Foram destruídos 144 plantios, 425 mil mudas da planta e houve a apreensão de 765Kg de maconha pronta para o consumo.

A Operação Facheiro III contou com um efetivo de mais de 40 policiais, entre federais e militares. Os policiais trabalharam com incursões terrestres, aéreas e fluviais e contou com o apoio de duas aeronaves da Coordenação de Aviação Operacional (CAOP) e uma aeronave do Batalhão de Aviação Operacional (BAvOp) da Polícia Militar do Distrito Federal, botes infláveis, além de uma ambulância do Exército com apoio do Corpo de Bombeiros. (G1 Noticiais)

Homem de 62 anos é assassinado dentro de casa em Santa Cruz

Imagem Ilustrativa Da Internet

Um homem de 62 anos foi encontrado morto e com marcas de violência nas primeiras horas desta quarta-feira (24), na Fazenda Santa Cruz, zona rural de Santa Cruz da Venerada.

De acordo com a Polícia Civil, os comissários da PC Evandro de Moura Cabral e Alex Pereira Alencar, estavam na 207ª Delegacia quando a testemunha Marcos Aurélio Da Silva Diniz, chegou ao local dando conta de um homicídio ocorrido naquela cidade.

De imediato os policias se deslocaram até o local, onde constataram a veracidade da informação. A vítima, identificado como Cristovão Pereira Da Silva de 62 anos, estava dentro de sua residência, já sem vida, quando as testemunhas chegaram ao local, e a porta da residência estava aberta. A ação se deu por meio de instrumentos corto-contundentes e contundentes, (faca, porrete e um escavador). O crime teria ocorrido nas primeiras horas dessa quarta-feira, 24 de julho.

De pronto, os policias isolaram o local e começaram a fazer as devidas diligências, (oitivas de testemunhas, analise de local e etc.) foi possível também, verificar que houve luta corporal e que após a consumação do fato, o autor empreendeu fuga por um matagal próximo ao local do fato.

Ainda nesta quarta-feira, foram realizadas diligências naquela região, com intuito de identificar e localizar o autor, (ainda desconhecido), que muito provavelmente fora atingido por objeto cortante, durante a briga.

Hospitais da região também estão sendo contactados, para verificação de possível entrada de pessoa com lesão e que possam ser provenientes da ação criminosa.

Ministério da Agricultura aprova registro de 51 novos pesticidas, maior número em dez anos

O Ministério da Agricultura aprovou, ontem, o registro de 51 novos pesticidas, totalizando 262 de janeiro a julho. É o maior número para o período nos últimos 10 anos. Até julho de 2018 – ano em que foi registrado recorde de autorizações –, 239 agrotóxicos haviam sido liberados.

Segundo o ministério, 44 dos novos produtos liberados ontem são genéricos. Ou seja, têm princípios ativos equivalentes aos já autorizados no país. No entanto, 7 são produtos formulados, aqueles que os agricultores podem comprar em lojas de insumos agrícolas. O princípio ativo sulfoxaflor, que controla insetos que atacam frutas e grãos, como a mosca branca e o psilídeo, está em 6 desses produtos.

O sulfoxaflor é relacionado à redução de enxames de abelhas e está em estudo no exterior. Segundo o governo, o uso do agrotóxico no Brasil deverá seguir as orientações estabelecidas pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama). Os agricultores terão algumas regras para uso, como evitar a aplicação em períodos de floração das culturas e seguir as dosagens máximas do produto e de distâncias mínimas de aplicação em relação à bordadura para a proteção de abelhas não-apis (aquelas sem ferrão).

O ministério afirma que as restrições de uso do pesticida vão constar no rótulo dos produtos e serão estabelecidas de acordo com cada ingrediente e cultura. O órgão afirma que a aprovação de novos pesticidas tem como objetivo “disponibilizar alternativas de controle mais eficientes e com menor impacto ao meio ambiente e à saúde humana. Já a aprovação de produtos genéricos é para promover a concorrência no mercado de defensivos, o que faz cair o custo de produção”.

Justificativa

O ministério afirma ainda que, mesmo com aumento do registro de defensivos agrícolas, a venda desses produtos caiu nos últimos anos. “O fato de haver mais marcas disponíveis no mercado não significa que vai aumentar o uso de defensivos no campo. O que determina o consumo é a existência ou não de pragas, doenças e plantas daninhas”, justifica. (Folhapress)

Fiscalização Preventiva encontra famílias morando dentro do lixão de Floresta

Uma menina de 12 anos que passou por uma cirurgia cardíaca no Recife e estava morando no lixão de Floresta foi encaminhada, na manhã desta quinta-feira (18), para o hospital da cidade após a intervenção da equipe de Saneamento da Fiscalização Preventiva Integrada da Bacia do São Francisco em Pernambuco (FPI/PE) em conjunto com a promotora de Justiça de Floresta, Kamila Guerra.

A criança corria risco de vida em razão do ambiente poluído em que se encontrava, contrariando a recomendação médica para o pós-operatório. Durante o tempo em que estiver na unidade de saúde ela será acompanhada por familiares.

Após constatar, em vistoria prévia, que várias famílias moravam dentro da área do lixão e viviam da catação de material reciclável, a operação voltou à cidade de Floresta para levar o prefeito e secretários municipais de Floresta ao local a fim de cobrar uma solução para as condições degradantes em que vivem as pessoas.

“Não é possível admitir a moradia de pessoas no lixão. Temos que providenciar uma solução e tirar essas pessoas de lá o quanto antes, porque eles estão vivendo em uma situação de miséria extrema”, destacou a promotora de Justiça de Paulo Afonso Luciana Khoury, coordenadora da FPI na Bahia, que foi convidada para participar da operação pernambucana em cooperação técnica com o CAOP Meio Ambiente do Ministério Público de Pernambuco.

A FPI/PE sugeriu a realização de um levantamento das informações sobre as pessoas que foram encontradas morando dentro do lixão e a adoção de medidas para retirá-las da localidade em caráter emergencial. Em seguida, o poder público deve auxiliá-los a formar cooperativas para que eles desempenhem sua atividade profissional de forma adequada, com o uso de equipamentos de segurança e inclusão na cadeia da coleta seletiva, que ainda não existe em Floresta.

“Além disso, deve ser proibido o acesso e permanência das pessoas no lixão, que recebe resíduos de todo tipo, incluindo lixo industrial. O terreno está muito degradado e o lixão, apesar de ser cercado, não tem controle de acesso”, ressaltou a servidora do MPPE Maria do Rosário Malheiros, coordenadora da equipe Saneamento.

Os gestores públicos que acompanharam a visita se comprometeram a encaminhar nos próximos dias equipes do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) e do Conselho Tutelar para avaliar a situação das famílias e, em especial, das crianças. As informações serão acompanhadas pela FPI/PE e pela Promotoria de Justiça local a fim de implementar medidas efetivas para remover as famílias do lixão. (Sertão Central)