Veja como ficou a 1ª Etapa da Avenida Fernando Bezerra em Ouricuri-PE

Uma nova Praça, bem iluminada e bem planejada. Na noite dessa sexta-feira (28), o prefeito Ricardo Ramos (PSDB), inaugurou a primeira etapa da Avenida Fernando Bezerra. Veja como ficou.

Morre o cantor Agnaldo Timóteo aos 84 anos, vítima da covid-19

O cantor e político Agnaldo Timóteo morreu ontem, por complicações da covid-19, aos 84 anos. A informação foi confirmada pelo Instituto Funjor, através do que a família vinha se comunicando com a imprensa desde a internação do artista, em 17 de março.

O cantor havia tomado a segunda dose da vacina contra a doença dois dias antes de ser internado. O Instituto Butantan explica em seu site que é possível se contaminar mesmo após a vacinação e que, após receber a segunda dose, são necessárias algumas semanas para atingir maior imunidade.

A assessoria do artista confirmou ao UOL que ele tomou a primeira dose no dia 15 de fevereiro e a segunda dose em 15 de março. Timóteo deu entrada no Hospital Casa São Bernardo, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, no dia 17 de março.

O intervalo entre a segunda dose e a internação do artista é curto e indica uma infecção antes da vacinação. Não é o primeiro registro de uma pessoa que contraiu a doença após receber as duas doses. Preocupado com a pandemia, o ex-deputado fez declarações públicas em defesa do cumprimento de protocolos contra a covid-19. Em abril de 2020, durante entrevista á TV Globo, ele declarou estar preocupado com a doença que “parou todo o mundo”.

“O Cauby Mineiro”

Agnaldo Timóteo Pereira nasceu em Caratinga, Minas Gerais, no dia 16 de outubro de 1936. Iniciou sua carreira artística em programas de calouros na rádio local. Passou a adolescência em Governador Valadares e Belo Horizonte, período este onde ficou conhecido como “Cauby Mineiro”. Já no Rio de Janeiro, continuou se aventurando na carreira artística e chegou a trabalhar como motorista da cantora Ângela Maria. Seu primeiro grande estouro aconteceu no programa Rio Hit Parade, em 1965, que fez despertar o interesse da gravadora EMI-Odeon e consequentemente registrar seus primeiros LPs, como “Surge um Astro”, disco com versões de sucessos internacionais. Em 1967, lançou “Obrigada Querida”, que emplacou o hit “Meu Grito”, de Roberto Carlos, onde mostrou a potência de sua voz. Dali em diante sua carreira musical deslanchou, gravando mais de 50 álbuns nas décadas seguintes. Polêmico, Agnaldo Timóteo deu várias declarações controversas na mídia envolvendo política e sexualidade. Em 2011, no programa “SuperPop”, da Rede TV!, se irritou ao ouvir rumores de que era gay: “Completamente equivocado. Quem me conhece, sabe que não. Nem assumido, nem desassumido, sou Agnaldo Timóteo”.

Desde então o cantor seguiu fazendo shows por todo o país. Sua última apresentação estava agendada para Santa Rita de Cássia (Bahia), mas ele teve que cancelar o show quando sentiu os primeiros sintomas do coronavírus. O cantor também compôs uma música no ano passado, chamada “Epidemia”.

“Deus, a epidemia é uma maldição. Bilhões de inocentes na prisão, á espera de um milagre seu (…) Deus, espalhe suas bençãos, limpar o ar. De novo a humanidade irá ganhar a paz e a liberdade de ir e vir”, diz um trecho da música.

Minístro Fachin anula condenações de Lula relacionadas à Operação Lava Jato

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal, anulou nesta segunda-feira (08) todos as condenações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva pela Justiça Federal no Paraná relacionadas às investigações da Operação Lava Jato.

Com a decisão, o ex-presidente Lula recupera os direitos políticos e volta a ser elegível. Fachin declarou a incompetência da Justiça Federal do Paraná nos casos do triplex do Guarujá, do sítio de Atibaia e do Instituto Lula.

A decisão foi tomada em pedido de habeas corpus formulado pela defesa em 03.11.2020 e se aplica aos seguintes casos: Ações Penais n. 5046512-94.2016.4.04.7000/PR (Triplex do Guarujá), 5021365-32.2017.4.04.7000/PR (Sítio de Atibaia), 5063130-17.2018.4.04.7000/PR (sede do Instituto Lula) e 5044305-83.2020.4.04.7000/PR (doações ao Instituto Lula). Com a decisão, foram declaradas nulas todas as decisões proferidas pela 13ª Vara Federal de Curitiba e determinada a remessa dos respectivos autos para à Seção Judiciária do Distrito Federal.

Agora, os processos serão analisados pela Justiça Federal do Distrito Federal, à qual caberá dizer se os atos realizados nos três processos podem ou não ser validados e reaproveitados.

A decisão atinge o recebimento de denúncias e ações penais.

Agência do Bradesco é alvo de assalto com explosivos em Santa Cruz-PE na noite dessa segunda (01)

A agência do Bradesco de Santa Cruz-PE, no Sertão do Araripe, foi alvo, na noite dessa segunda-feira (01), de um assalto com explosivos. A agência foi arrombada com a ajuda de dinamites. Foram quatro explosões, o barulho foi intenso e assustou toda a população.

Segundo informações de moradores da cidade, durante ação, eles mantiveram reféns, alguns jovens que estavam sentados na praça próximo ao banco que fica na Rua José Gomes Ferreira, no centro comercial da cidade.

O prédio ficou destruído, ainda não se sabe se os criminosos conseguiram subtrair algum valor da agência bancária.

Governo de PE proíbe atividades econômicas entre 20h e 5h em Ouricuri e outras 62 cidades por causa da Covid

Pernambuco determinou, nesta terça (23), a proibição de atividades econômicas, das 20h às 5h, em 63 cidades das regiões de Limoeiro e Caruaru, no Agreste, e de Ouricuri, no Sertão. Essa medida, tomada por causa do agravamento da pandemia da Covid-19, vai vigorar entre a sexta (26) e o dia 10 de março.

As novas medidas foram anunciadas pelo governador Paulo Câmara (PSB), em transmissão pela internet. A decisão foi tomada, segundo o estado, por causa da lotação das unidades de saúde, que chegaram, nas três regiões, a ter mais de 90% dos leitos ocupados.

De acordo com o governo, ficarão fechados, no período determinado, shoppings, bares, restaurantes, comércio de forma geral e academias. Estarão liberados os serviços essenciais, como supermercados, padarias, postos de gasolina e farmácias.

Além da proibição das atividades econômicas, o governo prorrogou a proibição de eventos por mais 15 dias, valendo para todo o estado. Ainda segundo o governo, as aulas presenciais ficarão suspensas até o dia 12 de março, nas escolas públicas municipais em Pernambuco.

Com a determinação, a suspensão das atividades econômicas nas regiões definidas será ainda mais rigorosa nos próximos dois fins de semana. As restrições entrarão em vigor entre 17h e 5h, “quando apenas serviços essenciais poderão continuar funcionando”.

“A nova aceleração da doença tem superlotado os sistemas de saúde e vem repetindo o mesmo caminho de 2020, começando pelos estados do Norte e, agora, chegando com força ao Nordeste”, afirmou Paulo Câmara, durante o pronunciamento.

Segundo ele, caso o índice de ocupação de leitos de UTI permaneça subindo, será preciso “tomar medidas ainda mais duras nos próximos dias”.

“Durante esses 11 meses de luta contra os vírus, fizemos a segunda maior rede de UTI do país com leitos no Recife e em mais 15 cidades, do litoral ao Sertão. Mesmo assim, a situação atual mostra uma combinação perigosa e números crescentes da pandemia”, declarou.

Regiões atingidas pelas medidas

II GERES (20 cidades)

  • Bom Jardim
  • Buenos Aires
  • Carpina
  • Casinhas
  • Cumaru
  • Feira Nova
  • João Alfredo
  • Lagoa de Itaenga
  • Lagoa do Carro
  • Limoeiro
  • Machados
  • Nazaré da Mata
  • Orobó
  • Passira
  • Paudalho
  • Salgadinho
  • Surubim
  • Tracunhaém
  • Vertente do Lério
  • Vicência

IV GERES (32 acidades)

  • Agrestina
  • Alagoinha
  • Altinho
  • Barra de Guabiraba
  • Belo Jardim
  • Bezerros
  • Bonito
  • Brejo da Madre de Deus
  • Cachoeirinha
  • Camocim de São Felix
  • Caruaru
  • Cupira
  • Frei Miguelinho
  • Gravatá
  • Ibirajuba
  • Jataúba
  • Jurema
  • Panelas
  • Pesqueira
  • Poção
  • Riacho das Almas
  • Sairé
  • Sanharó
  • Santa Cruz do Capibaribe
  • Santa Maria do Cambucá
  • São Bento do Uma
  • São Caetano
  • São Joaquim do Monte
  • Tacaimbó
  • Taquaritinga do Norte
  • Toritama
  • Vertentes

IX GERES (11 cidades)

  • Araripina
  • Bodocó
  • Exu
  • Granito
  • Ipubi
  • Moreilândia
  • Ouricuri
  • Parnamirim
  • Santa Cruz
  • Santa Filomena
  • Trindade

Governo do RJ confirma transmissão local de variantes brasileira e britânica do coronavírus

G1

O governo do Rio de Janeiro confirmou que existe transmissão local das variantes brasileira e do Reino Unido do coronavírus no estado. A informação foi divulgada em uma nota conjunta das secretarias de Saúde do estado e do município no fim da noite desta quinta-feira (18).

As autoridades do estavam investigando o histórico dos pacientes, para saber onde eles foram contaminados.

Segundo as autoridades, 4 pacientes sem registro de viagens foram infectados com as novas cepas — um quinto paciente, também contaminado, veio de Manaus.

“O levantamento constatou que, com exceção do paciente oriundo de Manaus, os demais são autóctones, ou seja, a contaminação aconteceu dentro do próprio estado. Desta forma, a avaliação confirmou que as novas cepas já estão circulando em pelo menos um município do estado, o Rio de Janeiro, e provavelmente, Nova Iguaçu”, diz a nota das secretarias.

Dos quatro casos registrados com a cepa de Manaus, dois são moradores da capital e já estão recuperados; um é um paciente transferido de Manaus que permanece internado no Hospital Federal do Servidor; e outro é um morador de Belford Roxo, que morreu.

O paciente contaminado com a cepa do Reino Unido é morador da capital e também já está recuperado.

A Subsecretaria de Vigilância em Saúde, da Secretaria Estadual de Saúde, alerta para a possibilidade do vírus estar circulando por outros municípios, já que a capital recebe muitas pessoas de outras cidades, principalmente da Região Metropolitana.

Novas variantes

A variante brasileira, descoberta em Manaus (AM), foi chamada de P1. E a linhagem identificada no Reino Unido é a VOC 202012/01.

Quanto mais o vírus circula, maior a probabilidade de surgirem novas variantes dele, mas não necessariamente mais fortes ou mais transmissíveis.

Além do RJ, São Paulo, Pará, Roraima e Ceará já tinham mapeado pacientes com a P1.

Escolas da rede estadual não vão funcionar na próxima semana de Carnaval

Resultado de imagem para escolas do estado de pernambuco

A Secretaria de Educação e Esportes de Pernambuco informou que as escolas da rede não vão funcionar no período do Carnaval, entre a segunda (15) e a quarta-feira (17). Segundo o órgão, a medida atende a recomendação estadual, que suspendeu o ponto facultativo durante este período. A sede administrativa da pasta, no Recife, e as Gerências Regionais de Educação do Estado (GREs) terão funcionamento normal.

Conforme nota divulgada, o calendário foi construído conjuntamente com representantes do Conselho Estadual de Educação, do Sinepe (Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Municipais de Pernambuco), do Sintepe (Sindicato dos Trabalhadores em Educação do Estado de Pernambuco), da Undime (União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação) e da Uncme (União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação) e publicado em portaria em dezembro de 2020.

A secretaria informou, ainda que as plataformas Educa PE e Conecta Aí seguirão disponíveis para acesso e que as escolas vêm reforçando junto aos estudantes a importância  das medidas de biossegurança necessárias ao  enfrentamento da Covid19, que devem ser mantidas também durante esses dias que não terão aulas.

Estudantes do ensino médio da rede estadual de Pernambuco retomaram às aulas presenciais, na última quinta-feira (4). Ainda de forma híbrida, 303 mil alunos compõem esse primeiro grupo retornaram mesclando as modalidades remota e presencial, por conta da pandemia da Covid-19. De acordo com o governo do estado, todas as escolas estão prontas para receber estudantes, professores e demais profissionais, seguindo o protocolo de segurança estabelecido pela Secretaria Estadual de Saúde para evitar contaminação do novo coronavírus. O retorno presencial às aulas é opcional. (Blog Carlos Brito)

Pernambuco começa a pagar 13º do Bolsa Família estadual; confira calendário

O pagamento do 13º do Bolsa Família referente ao ano de 2020 começou a ser feito nesta quinta-feira (11). De acordo com o governo estadual, a entrega do benefício acontece nos meses de fevereiro, março e abril e é feita de acordo com o mês de nascimento do responsável pela família e o final do Número de Identificação Social (NIS).

Em fevereiro, os pagamentos acontecem para os beneficiários nascidos de janeiro a abril, a partir desta quinta-feira, e seguem até o dia 26. Para os nascidos de maio a agosto, os pagamentos acontecem entre os dias 18 e 31 de março. Por fim, os nascidos de setembro a dezembro recebem a parcela extra do benefício entre os dias 16 e 30 de abril (confira tabela completa mais abaixo).

Segundo o governo do estado, o pagamento deve ser feito equivalente a parcela que cada família recebe mensalmente, com valor máximo de R$ 150. Para aquelas famílias que recebem valores inferiores ao teto, houve a possibilidade de alcançar o limite do pagamento.

Aqueles que utilizaram o programa Nota Fiscal Solidária puderam complementar o valor para chegar ao teto de R$ 150. Nesse caso, os beneficiários que pediram nota fiscal com seu CPF receberam o retorno de 5% do valor de tudo que compraram nos setores de alimentação, gás de cozinha, vestuário, calçados, material de limpeza, higiene pessoal e medicamentos.

É possível consultar os pontos acumulados no site da Secretaria da Fazenda do Estado. De acordo com o governo, o programa foi idealizado como um complemento ao 13º do Bolsa Família, que garante por si só mais um mês de benefício de acordo com o mesmo valor que recebe durante todo o ano.

Para dúvidas, a população pode utilizar o serviço da Ouvidoria Social, no telefone 0800.0814421, de segunda a sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h às 17h. (G1)

Qual motivo das filas na porta da caixa em Ouricuri? As pessoas chegam a passar até dois dias esperando

Mesmo depois que o governo finalizou os pagamentos do auxílio emergencial , e a prefeitura de Ouricuri retirou as tendas de proteção, que protegia a pessoas que iam receber o dinheiro na Caixa Econômica, as filas continuam. E agora, qual o motivo das filas? Já que a caixa não faz mais agendamento? Os clientes da Caixa ficam na porta por longas horas e tem gente que dorme no local, onde ficam inevitavelmente aglomeradas.

Nossa reportagem esteve no local, e constatou que as pessoas dormem na calçada, algumas levam cadeiras e cobertores para dormir, na esperança de ser atendido ao amanhecer, o que ocorre por ordem de chegada. Quando não é atendida a pessoa permanece até o dia seguinte, em busca de atendimento de rotina, como saque, desbloqueios e aberturas de contas, colocam a vida em risco, ali, sujeitas a sol forte, chuva, confusões e danos psicológicos.

Ficamos sem resposta, os funcionários locais não estão autorizados a dar entrevista, a assessoria da Caixa no estado não responde. Qual a estratégia e organização de atendimentos esta instituição está viabilizando para acabar com essa situação desumana.

Cidinha Medrado

Antônio Fernando defende normalização da economia pós pandemia com investimentos em projetos já existentes

Em pronunciamento na Sessão Plenária Virtual da Assembleia Legislativa de Pernambuco – ALEPE, o deputado estadual Antonio Fernando (PSC), apresentou uma série de sugestões voltadas para apontar os melhores caminhos para a normalização da economia estadual depois de vencida a crise do Coronavírus. “Mesmo com a vacinação iniciada, a luta contra a COVID-19 ainda pode demorar, pois só haverá segurança na saúde quando 75% da população do País estiver imunizada. A gente precisa olhar adiante e pensar desde já em saídas para minimizar as sequelas econômicas deixadas pela pandemia”, disse o deputado.

Segundo o deputado do Araripe, o mais importante no momento é lutar pela manutenção do Auxílio Emergencial do Governo Federal, pelo menos até o final de 2021: “As pessoas estão desempregadas, sem ter meios de manter as suas famílias. Os novos presidentes do Senado, Rodrigo Pacheco; e da Câmara Federal, Arthur Lira; já sinalizaram que apoiam a manutenção do auxílio emergencial até junho deste ano. Acho a medida excelente. Mas o período previsto é muito curto. Até junho não vai dar tempo de avançar tanto com a vacinação e atingir uma imunização global, que é de 75% da população vacinada”, explicou Antonio Fernando.

O deputado Antonio Fernando usou os próprios números do Auxílio Emergencial para dar a dimensão da necessidade do benefício ser mantido: “Em Pernambuco 3,5 milhões de pessoas são beneficiadas pelo Auxílio Emergencial. Ou seja: 36% da nossa população, que hoje é de 9,6 milhões habitantes, dependem da ajuda federal. Com a descontinuidade do Auxílio, R$ 2,5 bilhões deixam de circular mensalmente no Estado, causando danos enormes à economia local”, exemplificou.

Na macroeconomia, Antonio Fernando defendeu em seu discurso os investimentos em grandes obras já em andamento, embora paralisadas, como a Ferrovia Transnordestina; ou projetos importantes de infraestrutura – como a duplicação da BR-232 até Arcoverde e o Canal do Sertão –, para gerar empregos e fazer a economia voltar a circular com normalidade. Para o deputado, “setores já consolidados aqui no Estado, como o Polo Gesseiro e a Bacia Leiteira do Araripe, por exemplo, precisam receber apoio do poder público para garantir trabalho e renda ao enorme contingente de desempregados deixado pela crise do Coronavírus”.