MPPE recomenda que Ouricuri, Santa Cruz e Santa Filomena no Araripe adotem medidas para imunizar contra o surto de sarampo

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE), atento ao aumento de casos de sarampo em todo o Brasil, recomendou às prefeituras de Ouricuri, Santa Cruz, Santa Filomena, Ipojuca, Santa Cruz do Capibaribe, Jaboatão dos Guararapes, Pombos e São Lourenço da Mata que intensifiquem as campanhas de vacinação contra a doença.

Os promotores de Justiça receberam orientações dos Centros de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça da Saúde, da Educação e da Infância e Juventude (Caops Saúde, Educação e da Infância e Juventude) para que cobrem do poder público medidas que garantam o aumento da imunização.

As ações devem ser desenvolvidas em parceria com os Conselhos Tutelares, fazendo uma verificação, por exemplo, da situação das cadernetas de vacina dos alunos nas escolas públicas e particulares. Em caso da ausência de alguma vacina, a escola deverá comunicar aos conselheiros para que adotem as medidas cabíveis.

Cada prefeitura precisa convocar a população para a vacinação nas Unidades Básicas de Saúde (UBS), além de fazer uma mobilização com objetivo de conscientizar sobre a importância da imunização contra o sarampo. A divulgação deve ser feita por meios de comunicação impressos, televisivos, digitais e radiofônicos, além de folders e cartazes.

Também devem ser reforçadas as equipes responsáveis nos postos de saúde e salas de vacinação, com a aumento dos horários de atendimento e registro/monitoração do desempenho da vacina, visando atingir o nível de 95% de cobertura vacinal. Nos municípios com extensas zonas rurais, o poder público deve realizar uma busca ativa para conscientizar os moradores sobre a necessidade da vacina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.