Caso Gildejânio não volte, Nanias de Santa Rita assume cadeira na Câmara de Ouricuri em novembro

Em entrevista ao blog na última terça-feira (24), a presidente da Câmara Municipal de Ouricuri, Adelucia Clea (PSL), declarou que a licença de 30 dias do vereador Gildejânio Melo (PSD) que foi solicitada e abonada pela Câmara Municipal se encerra no dia 06 de novembro.

A presidente disse ainda que Gildejânio pode solicitar outra licença, mas garantiu que caso ele não volte a frequentar as sessões da Casa Legislativa a partir de 06 de novembro, o vereador Nanias de Santa Rita (PSDB), que é o seu suplente, voltará a ser vereador do município na Casa Rodrigo Castor.

Gildejânio Melo foi preso em 19 de setembro de 2017 acusado de envolvimento com tráfico de droga (maconha) e em 06 de outubro, a Câmara Municipal aprovou um pedido de licença de 30 dias para o mesmo resolver assuntos particulares.

Caso Rodrigo Bezerra: Familiares continuam sem saber seu paradeiro

Depois de muitos boatos e divulgações em grupos do Whatsapp sobre um possível corpo encontrado nas proximidades do Povoado do Jatobá, zona rural de Ouricuri, informação que não procedeu, o blog entrou em contato com os pais de Rodrigo Bezerra, e fomos informados que ele continua desaparecido.

Relembre o caso: Aqui (Mulher procura por irmão desaparecido no domingo (20) no Ipsep em Ouricuri)

O desaparecimento já foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Ouricuri, mas até o momento nada se sabe sobre o paradeiro de Rodrigo.

Caso Beatriz Mota: polícia divulga retrato falado de assassino

retrato falado CASO BEATRIZ PETROLINAQuase três meses após Beatriz Angélica Mota, 7 anos, ser assassinada a facadas durante uma festa de formatura de um colégio de Petrolina, no Sertão de Pernambuco, a Polícia Civil do Estado apresentou na manhã desta segunda-feira (22) o retrato falado do suspeito de cometer o crime.

De acordo com a polícia, o homem é moreno, tem altura entre 1,65 e 1,70 e aparenta ter 70 quilos. A imagem mostra um rosto largo e olhos fundos. O retrato falado foi feito a partir do relato de testemunhas, que teriam visto um homem com estas características próximo ao local do crime.

Os detalhes estão sendo apresentados no Recife pelo chefe da PCPE, Antônio Barros, e o delegado especial designado para o caso, Marceone Ferreira Jacinto.

A menina foi morta na noite de 10 de dezembro do ano passado dentro do Colégio Nossa Senhora Auxiliadora, onde seu pai, Sandro Romilton Ferreira, trabalha como professor de inglês. O corpo dela foi encontrado numa sala de material esportivo desativada, espaço mais afastado da mesma quadra em que acontecia a festa.

Durante a festa, o pai da criança chegou a subir ao palco em que aconteciam apresentações para pedir que os convidados ajudassem a localizar Beatriz. Minutos depois, o corpo dela foi encontrado, com 42 perfurações. A polícia já descartou que a menina tenha sofrido agressão sexual.

O Disque Denúncia oferece R$ 10 mil para quem prestar informações que ajudem a encontrar o assassino de Beatriz. A denúncia pode ser feita pelo telefone (81) 3719-4545 ou através do site http://www.disquedenunciape.com.br/.

FEDERALIZAÇÃO DO CASO – Os pais de Beatriz, Sandro Romilton e Lúcia Mota, fizeram um apelo à presidente Dilma Rousseff para que ajudasse na elucidação do caso. Dilma esteve em Petrolina na semana passada para divulgar a campanha contra o mosquito Aedes aegypti.

No encontro, promovido pelo prefeito de Juazeiro (BA), Isaac Carvalho, o chefe do executivo municipal disse que entregou um ofício ao Ministério da Justiça para que a Polícia Federal assumisse ou apoiasse o caso. Porém, até o momento, não foi dada autorização para tal.

O chefe de comunicação da PF em Pernambuco, Giovani Santoro, afirmou que caso isto ocorra, as investigações ficarão a cargo da Polícia Federal da Bahia, já que Petrolina está na circunscrição de área de atuação daquele estado. (Do Portal NE10)