DETRAN-PE divulga resultado do CNH Popular

cnh-popular

A Secretaria das Cidades, por meio do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, informa aos candidatos para a obtenção da primeira Carteira Nacional de Habilitação – CNH, renovação ou adição de categoria dentro do Programa CNH Popular, que o resultado dos classificados estará disponível nesta quarta-feira, 14, através do site www.detran.pe.gov.br.

Todos os candidatos classificados e que estiverem dentro do número de vagas do seu segmento serão selecionados e convocados através de divulgação no site do DETRAN-PE, no Diário Oficial do Estado,  e por e-mail. O não comparecimento ao local no prazo estabelecido, que acontece a partir do dia 10 de janeiro, bem como a não comprovação dos dados informados no ato da inscrição, poderá implicar na eliminação do candidato do Programa.

O resultado estará disponível no site www.detran.pe.gov.br, onde o candidato deverá clicar no link CNH Popular e acessar a consulta individual para saber sobre sua classificação. Os critérios adotados para a classificação aconteceu de forma automática e por ordem de desempate, seguindo as ordens do edital conforme os subgrupos:

I – Para os trabalhadores com renda familiar mensal igual ou inferior a 03 (três) salários mínimos e que estejam desempregados:

a) Maior tempo de desemprego;

b) Maior número de dependentes;

c) Menor renda familiar;

d) Candidatos com mais idade.

II – Para os trabalhadores com renda familiar mensal igual ou inferior a 03 (três) salários mínimos e que comprovem nunca haver tido experiência formal junto ao mercado de trabalho:

a) Maior tempo de expedição da CTPS;

b) Maior número de dependentes;

c) Menor renda familiar;

d) Candidatos com mais idade.

III – Para os beneficiários do Programa Bolsa Família, criado pela Lei Federal nº 10.836 de 09 de janeiro de 2004:

a) Maior número de dependentes;

b) Menor renda familiar;

c) Candidatos com mais idade.

IV – Para as pessoas egressas e liberadas do sistema penitenciário, bem como os sócioeducandos da Fundação de Atendimento Socioeducativo – FUNASE, de acordo com seleção realizada pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos do Estado de Pernambuco e pela Secretaria da Criança e Juventude do Estado de Pernambuco, respectivamente, que cadastrarão os selecionados no sistema disponibilizado pelo DETRAN/PE.

V – Para os alunos matriculados no ensino fundamental ou médio da rede pública do Estado de Pernambuco, ou que os tenham concluído no intervalo de 01 (um) ano, e que comprovem bom desempenho escolar:

a) Maior média escolar;

b) Menor número de repetência;

c) Frequência escolar (menor número de faltas);

d) Maior número de dependentes;

e) Candidatos com mais idade.

VI – Para os alunos participantes de programas especiais por distorções de idade/série, ou que os tenham concluído no intervalo de 01 (um) ano, e que comprovem bom desempenho escolar:

a) Maior média escolar;

b) Menor número de repetência;

c) Maior número de dependentes;

d) Candidatos com mais idade.

VII – Para os beneficiários no Programa Chapéu de Palha da zona canavieira e no Programa Chapéu de Palha – Fruticultura Irrigada, instituídos, respectivamente, pelas Leis nº 13.244, de 11 de junho de 2007 e nº 13.766, de 07 de maio de 2009:

a) Mulher, na qualidade de responsável;

b) Maior número de dependentes;

c) Menor renda familiar;

d) Candidatos com mais idade.

VIII – Trabalhadores que comprovem remuneração até 02 (dois) salários mínimos:

a) Maior número de dependentes;

b) Menor renda familiar;

c) Candidatos com mais idade.

IX – Para os alunos aprovados com melhores desempenhos no Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM, de cada escola pública do Estado de Pernambuco, de acordo com seleção realizada pela Secretaria de Educação do Estado de Pernambuco, que cadastrará os selecionados no sistema disponibilizado pelo DETRAN/PE.

Inscrições para a CNH Popular terminam domingo, 4 de dezembro

cnh-popular

Está acabando o prazo de inscrições para a temporada de 2016 da CNH Popular. O programa promovido pela Secretaria Das Cidades, por meio do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco – DETRAN-PE, foi aberto no dia 16 de novembro e irá até o próximo dia 4 (domingo).  Mais de 100 mil pessoas, da Região Metropolitana do Recife (RMR) e interior do Estado, estão inscritas. O cidadão pode se inscrever no site www.detran.pe.gov.br.

Este ano, o programa irá beneficiar 4.504 cidadãos do Estado. Tendo eles, oportunidade para obtenção da primeira Carteira Nacional de Habilitação – CNH de forma gratuita. O Programa CNH Popular atende, também, renovação, adição e mudança de categoria. Esta rodada beneficia, exclusivamente, candidatos à CNH para conduzir veículos de duas rodas (categoria A) e automóvel (categoria B). O resultado da classificação estará disponível no site www.detran.pe.gov.br, a partir do dia 14 de dezembro.

Para o diretor presidente do DETRAN-PE, Charles Ribeiro, o público-alvo do CNH Popular é formado por pessoas em situação social de vulnerabilidade como cidadãos de baixa renda, desempregados, alunos e ex-alunos de escolas públicas, trabalhador com remuneração de até dois salários mínimos e beneficiários de programas assistenciais, como o Chapéu de Palha e o Bolsa Família.

“Esse Programa antecipou, em oito anos, o que viria a se tornar obrigatório em função da Lei 13.103, de março de 2015, que estabelece como direito dos motoristas profissionais o acesso gratuito a programas de formação e aperfeiçoamento, tendo como diferença que o CNH Popular abrange todos os cidadãos, sejam ou não profissionais do volante”, enfatizou Ribeiro.

O CNH Popular foi criado em 2008 e, desde então, já investiu mais de cem milhões de reais, habilitando mais de cem mil cidadãos pernambucanos a custo zero.

Como Funciona o CNH Popular:

Ao fazer sua inscrição, o candidato preenche um cadastro onde informa dados que permitirão sua alocação num dos grupos contemplados pelo Programa. Além dos dados pessoais, devem ser informados o número de dependentes do candidato, a situação empregatícia, valor da renda, dentre outros.

Finalizadas as inscrições, será disponibilizada e divulgada, no site do DETRAN/PE, a relação dos 4.504 selecionados de acordo com a ordem de classificação por segmento.

Por fim, começa a fase de convocação, onde os candidatos devem comparecer ao DETRAN/PE munidos da documentação exigida para cada segmento beneficiado, tendo em vista comprovar as informações prestadas no ato da inscrição. Estando tudo certo, o selecionado começa a usufruir o benefício.

CNH Popular 2017 – Inscrições a partir de 14 de novembro

cnh-popular-2017O Programa Popular de Formação, Qualificação e Habilitação Profissional de Condutores de Veículos Automotores beneficia a população pernambucana, emitindo a Carteira Nacional de Habilitação gratuitamente. Em 2017, serão ofertadas 5.300 mil CNHs populares. Desde a criação do projeto, em 2008, mais de 120 mil pernambucanos já obtiveram o documento gratuitamente.

Antes da inscrição, é importante ressaltar a todos os candidatos da importância da leitura atenta da portaria e do decreto que estarão publicados no site do DETRAN-PE. Neles, encontram-se as regras fundamentais estabelecidas para a participação no processo de seleção. Dessa forma, evita-se a desclassificação por informações incorretas ou que não atendam aos requisitos.

Confira o cronograma do Programa CNH Popular 2017:

Inscrições das inscrições 14/11/2016
Fim das Inscrições 04/12/2016
Resultado da classificação 14/12/2016
Convocação de selecionados 10/01/2017

DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA VALIDAÇÃO DA INSCRIÇÃO

De todos os segmentos:

a) Documento oficial de identificação: Documento de Identidade – RG, Carteira Nacional de Habilitação – CNH, Carteira de Trabalho – CTPS ou Carteira de Reservista (original e 02 fotocópias);

b) Cadastro de Pessoa Física – CPF (original e 02 fotocópias);

c) Certidão de Nascimento dos filhos e Termo de Guarda, Tutela ou Curatela dos menores de quem é responsável, se houver (original e fotocópia);

d) Certidão de Casamento, Declaração de União Estável ou RG e CPF do cônjuge, se houver (original e fotocópia);

e) Comprovante de residência ou domicílio no Estado de Pernambuco (original e fotocópia);

De cada segmento:

1 – Para desempregado com renda familiar mensal até 03 (três) salários:

f) Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS e/ou último Contrato de Trabalho (original e fotocópia).

2 – Para pessoa que comprovadamente nunca trabalhou e que possui renda familiar mensal até 03 (três) salários mínimos:

f) Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS (original e fotocópia).

3 – Para beneficiário do Programa Bolsa Família:

f) Cartão do Programa Bolsa Família em nome do candidato, ou declaração da Prefeitura, Caixa Econômica Federal ou outro órgão competente que comprove sua participação no programa.

4 – Para aluno do ensino público (médio ou fundamental), ex-aluno do ensino público (médio ou fundamental) concluído em até 1 (um) ano e aluno do público – EJA, Travessia ou Supletivo:

f) Declaração Escolar (impressa no ato da inscrição) assinada e carimbada pelo diretor da escola;

g) Comprovante de Matrícula (exceto para ex-aluno).

5 – Para trabalhador com remuneração de até 02 (dois) salários mínimos:

f) Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS e/ou último Contrato de Trabalho e/ou contracheque (original e fotocópia).

Observação: toda documentação deve fazer referência à data de inscrição no programa, conforme Portaria DP 954/2009, Art 9º, § 2º.

Saiba mais sobre inscrições (Com informações do Detran-PE)