Roberta Arraes se reúne com governador Paulo Câmara e faz planejamento para 2018

Em última reunião do ano com o governador Paulo Câmara, hoje, a deputada Roberta Arraes fez um planejamento de ações para a população pernambucana em 2018. Conversaram sobre a chegada de benfeitorias e investimentos em diversas áreas, principalmente na área da segurança, saúde, educação e hídrica. Na ocasião, esteve presente também o ex-prefeito de Araripina, Alexandre Arraes.

Na oportunidade, aproveitaram ainda para fazer um balanço de 2017, onde em seu primeiro ano de mandato, Roberta Arraes conseguiu levar melhorias e importantes conquistas para os pernambucanos, sobretudo para os sertanejos.

“Saímos de lá animados com as boas perspectivas para o ano que está chegando. Seguimos juntos, confiantes que em 2018 será ainda melhor”, afirmou a parlamentar.

Com 18, 7%, Paulo Câmara lidera pesquisa para governador de Pernambuco

Pesquisa realizada pelo Instituto Múltipla (Arcoverde) com 600 questionários, em 65 dos 184 municípios pernambucanos, entre os dias 21 e 24 deste mês de novembro, revela que o governador Paulo Câmara (PSB) lidera a corrida eleitoral de 2018 com 18,7% das intenções de voto.

Em segundo lugar aparece o senador Armando Monteiro Neto (PTB) com 13,5%, seguido pelo ministro Mendonça Filho (DEM) com 10% e a vereadora Marília Arraes (PT) com 9,6% (empate técnico).

O senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB) está na quarta colocação com 2,8%, seguido pelo deputado Bruno Araújo (PSDB) com 1,8%. Brancos e nulos somam 30%, indecisos 8,3% e não souberam ou não quiseram responder a pesquisa, 6%.

O instituto fez uma simulação com diversos cenários e na maioria deles o governador Paulo Câmara tem cerca de 30% de intenções de voto. Num cenário sem Armando e sem Mendonça Filho, a vereadora Marília Arraes atinge seu melhor percentual: 19,3%.

Num confronto direto com Paulo Câmara, a neta de Miguel Arraes teria 25% de intenções de voto, ante 32% do governador.

O Múlplica aferiu também o índice de rejeição dos candidatos. O mais rejeitado é o senador Fernando Bezerra Coelho (PMDB) com 27%, seguido por Bruno Araújo com 26%, Armando Monteiro com 24%, Paulo Câmara com 20%, Mendonça Filho com 20% e Marília Arraes com 18%.

O instituto perguntou também aos entrevistados se o apoio do ex-presidente Lula aumentaria ou diminuiria o desejo de votar neste candidato: 41% responderam que aumentaria, 34,5% que diminuiria e 22% que dependeria do nome do candidato.

Com relação ao presidente Michel Temer, o apoio dele a um candidato faria com que 88% dos pernambucanos o rejeitasse, ante 4,7% que o abraçaria.

Na pesquisa estimulada para o Senado (com o auxílio de cartão), o 1º colocado é Jarbas Vasconcelos (PMDB) com 20,5%, seguido por Ana Arraes (TCU) com 13%, João Paulo (PT) e Armando Monteiro (PTB) com 11,5%, Mendonça Filho com 10,5%, Humberto Costa (PT) com 9%, José Queiroz (PDT) com 6%, André Ferreira (PR) com 4,8%, Sílvio Costa (Avante) com 4,5%, Bruno Araújo com 4% e Antonio Campos (Podemos) com 3,8%.

Para presidente da República, Lula tem 50% das intenções de voto, ante 8% de Bolsonaro (PSC), 2,6% de Marina Silva (Rede), 2,8% de Luciano Huck (sem partido), 1,8% de Geraldo Alckmin (PSDB) e João Dória (PSDB) e 1,6% de Ciro Gomes (PDT). (Por Inaldo Sampaio)

“Sou candidato a governador e vou ganhar a eleição”, diz FBC

O senador Fernando Bezerra Coelho informa à coluna que após demorada reflexão sobre o cenário político estadual para 2018, decidiu: “Sou candidato a governador e vou derrotar esse governo (Paulo Câmara) por muitos votos”. Foi a primeira vez nos últimos 60 dias que o senador assumiu-se claramente como candidato ao Palácio do Campo das Princesas, sem embargo do diálogo mantido com outras forças políticas da Oposição a exemplo do senador Armando Monteiro, do ministro Mendonça Filho e do ex-ministro Bruno Araújo. Ele nota disposição em Armando no sentido de concorrer pela segunda vez ao Governo do Estado, percebe Mendonça na expectativa de compor a chapa de Alckmin como representante do DEM na região Nordeste e vê interesse em Bruno Araújo no sentido de disputar uma vaga de senador. Por esse motivo, pretende repetir a mesma estratégia utilizada por Eduardo Campos em 2006: pé na estrada para chegar ao ano da eleição tendo visitado praticamente todos os municípios pernambucanos. O senador se convenceu de que a eleição será em dois turnos e que os finalistas serão ele e Paulo Câmara. No segundo turno, que será nova eleição, o processo se encarregaria de reunir todos contra o governador – de Marília Arraes a Antonio Campos, de Armando Monteiro a Bruno Araújo, de Mendonça Filho a Humberto Costa, passando ainda por Raul Jungmann, Elias Gomes, João Lyra Neto, Sílvio Costa, Joaquim Francisco e Priscila Krause.

Vitória política

Questionado sobre a disputa político-jurídica com Jarbas Vasconcelos pelo controle do PMDB estadual, Fernando Bezerra Coelho respondeu: “Nossa defesa está bem encaminhada, mas politicamente isso já está resolvido! O partido é nosso. No entanto, mesmo que a gente perca na justiça, a direção nacional irá reunir-se no próximo dia 17/12 e dará a palavra final em nosso favor”.

Conselho > Segundo Fernando Bezerra, Jarbas e Raul Henry alegaram em suas ações que só quem pode intervir em diretórios estaduais é o “conselho político” do PMDB, órgão que nunca se reuniu e que foi extirpado do estatuto do partido em 2014. “Portanto, o estatuto que vai valer é o que a direção nacional disser que vale”.

Parecer > O senador também não tem dúvida de que o parecer do deputado Baleia Rossi (PMDB-SP) será favorável à dissolução do PMDB Pernambuco, bem como à sua reestruturação sob o comando dele, do filho, Fernandinho, ministro de Temer, e do prefeito Miguel Coelho (Petrolina).

Placar > Fernando Bezerra e o presidente nacional do PMDB, Romero Jucá, já mapearam os votos dos 23 membros da executiva nacional do partido. Na pior das hipóteses, diz ele, 17 dos 23 membros votarão em seu favor para dar uma “nova orientação política” ao PMDB estadual.

O centro > Alckmin inicia hoje por Pernambuco sua caminhada em direção à Presidência da República. Para o Brasil, que atravessa dias turbulentos, é o melhor candidato: experiência comprovada, sensatez, equilíbrio e probidade. Mas a decepção do povo com políticos tradicionais é tanta que eventual eleição de Bolsonaro ou de Luciano Huck seria um desastre, mas não uma surpresa. (Por Inaldo Sampaio)

Governador envia à Alepe projeto de lei para interiorizar a Polícia Científica; Ouricuri na lista

O governador Paulo Câmara envia à Assembleia Legislativa de Pernambuco, nesta sexta-feira (17/11), Projeto de Lei que cria seis novas unidades descentralizadas da Polícia Científica – além das três já existentes no Recife, em Caruaru e Petrolina. A interiorização tornará possível levar os serviços de perícia criminal, medicina legal e identificação criminal e civil para mais perto da população da Zona da Mata, do Agreste e do Sertão.

Após aprovação da Casa Legislativa, a lei permitirá implantar Unidades Regionais de Polícia Científica distribuídas por todas as regiões do Estado. Elas terão sede nos municípios de Palmares e Nazaré da Mata, na Zona da Mata; Caruaru e Garanhuns, no Agreste; Afogados da Ingazeira, Arcoverde, Ouricuri, Petrolina, e Salgueiro, no Sertão. Todas contarão com profissionais do Instituto de Medicina Legal (IML), Instituto de Criminalística (IC) e Instituto de Identificação Tavares Buril (IITB).

A partir da interiorização das atividades da Polícia Científica, o Estado busca também reforçar o combate ao crime. Com maior celeridade nas perícias criminais e médico-legais, os inquéritos policiais serão otimizados, contribuindo para a redução da impunidade, especialmente em casos de Crimes Violentos Letais e Intencionais (CVLIs) e Crimes Violentos Contra o Patrimônio (CVPs).

O efetivo que atuará nas novas unidades será oriundo do último concurso público da Polícia Científica de Pernambuco, realizado em 2016. Serão 139 peritos criminais, 40 médicos legistas, 130 auxiliares de peritos, 73 auxiliares de legistas e 51 peritos papiloscopistas. Todos já estão participando do Curso de Formação da Polícia Científica, com término previsto para janeiro de 2018.

Governador de PE lança programa para estimular estudantes carentes a entrar na universidade

O governador Paulo Câmara lançará nesta segunda-feira (30) no Ginásio Pernambucano (Recife) o programa “PE no campus” objetivando ajudar alunos da rede pública a terem acesso ao ensino superior.

O lançamento está previsto para as 14h30 na Escola de Referência em Ensino Médio do Ginásio (Avenida Cruz Cabugá). O programa será coordenado pela Secretaria Estadual de Educação. O programa se destina a estimular a participação dos estudantes no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e no exame do Sistema Seriado de Avaliação (SSA).

O governo se propõe a ajudar estudantes de baixa renda, após o ingresso na universidade, ofertando mil bolsas de estudo para aqueles oriundos de escolas públicas. Serão oferecidas duas bolsas: uma para manutenção e outra para apoio à permanência do estudante na instituição, podendo serem recebidas cumulativamente durante o primeiro ano da graduação.

No primeiro ano, o valor total da bolsa é de até R$ 950,00 e, no segundo, de R$ 400,00 que serão repassados mensalmente aos contemplados.

Podem se candidatar estudantes com renda familiar de até dois salários mínimos, que moram no interior e tenham cursado o ensino médio em escola pública da rede estadual. As bolsas serão ofertadas aos que tiverem obtido as melhores notas no ENEM e no SSA. (Por Inaldo Sampaio)

Amazonino Mendes é eleito novo governador do Amazonas

O ex-governador do Amazonas Amazonino Mendes (PDT) foi eleito neste domingo (27) para mais um mandato à frente do Poder Executivo do estado. Com 99,69% dos votos apurados, o pedetista obteve pouco mais de 781 mil votos, ou 59,2% do total, e bateu no segundo turno da eleição suplementar  o senador Eduardo Braga (PMDB), que registrou 40,7% dos votos. O TRE-AM marcou para 2 de outubro a diplomação do novo governador.

Mais de 1,7 milhão de eleitores do Amazonas voltaram às urnas neste domingo para eleger o substituto de José Melo (PROS), que, ao lado de seu vice, José Henrique de Oliveira (Solidariedade), teve o mandato como governador cassado pelo plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Em julgamento realizado no dia 4 de maio, a Corte considerou que Melo e Oliveira cometeream crime de compra de votos na eleição de 2014.

A abstenção no pleito deste domingo atingiu índice de 25% do eleitorado amazonense, com mais de 602 mil pessoas deixando de votar. Os votos brancos e nulos somaram mais de 410 mil.

Para a realização do segundo turno da eleição suplementar, foram distribuídas 6.668 urnas eletrônicas em 1.508 locais de votação, de acordo com a Justiça Eleitoral.

Primeiro turno

No primeiro turno, Amazonino Mendes ficou em primeiro lugar na disputa, com 38,77%. Eduardo Braga teve a preferência de 25,36% dos eleitores, ficando em segundo. Mendes foi governador do Amazonas entre 1987 e 1990 e entre 1995 e 2003. Já Braga, que hoje é senador, governou o Estado de 2003 a 2010. O peemedebista também foi ministro de Minas e Energia durante o governo Dilma Rousseff (PT).

O mandato do novo governador eleito terá duração de pouco mais de um ano, até o dia 31 de dezembro de 2018. A chefia do Poder Executivo amazonense está desde maio sob os cuidados do deputado estadual David Almeida (PSD), que ocupava o cargo de presidente da Assembleia Legislativa do Estado.  (Do G1)

Raul Henry assume o Governo de Pernambuco até o dia 19

paulo-camara-e-raul-henryO governador Paulo Câmara transmitiu, nesta quarta-feira (09.11), o cargo para o vice-governador Raul Henry, durante reunião no Palácio do Campo das Princesas.
Segundo nota, Raul fica no cargo até o próximo dia 19 de novembro, quando o governador Paulo Câmara retornará do seu período de férias.
Esta será a segunda vez que o peemedebista assumirá o governo do Estado. A primeira aconteceu em fevereiro, dentro do período carnavalesco. É um período de poder do PMDB que foi hegemônico quando Jarbas Vasconcelos governou o estado até 2006.
Raul tem tido papel institucional em algumas demandas do Estado e sua relação institucional com o governador é tida como positiva. A manutenção da aliança PSB-PMDB, costurada pelo falecido Eduardo Campos com o ex-desafeto Jarbas, é tida como estratégica para as pretensões do bloco em 2018.

Governador Paulo Câmara cumpre agenda administrativa em Trindade e Bodocó nesta sexta-feira (01)

paulo camara

O governador Paulo Câmara cumpre, nesta sexta-feira (01.07), agenda administrativa em três municípios pernambucanos, nos Sertões do Pajeú e Araripe. Na primeira parada, às 10h, em Afogados da Ingazeira, o chefe do Executivo estadual leva ações de regularização fundiária, proteção do meio ambiente e insfraestrutura. De lá, o gestor estadual segue para o Sertão do Araripe. Em Trindade, às 14h50, Câmara autoriza o início do processo de reforma do Abatedouro Municipal e do Mercado de Carnes. E, por fim, às 16h40, o governador visita Bodocó, onde entrega escrituras definitivas de imóveis e autoriza o início das obras de asfaltamento do centro da cidade.

Em Trindade, Paulo Câmara autoriza o início do processo que vai garantir a reforma do Abatedouro Municipal e o Mercado de Carne, com o lançamento do edital de licitação das obras. Serão destinados R$ 330,1 mil para realização das intervenções nos dois equipamentos. O Abatedouro terá o galpão principal ampliado com construção da triparia, da casa da caldeira e da esterqueira. A ação prevê também a recuperação dos currais com construção de bebedouros, revisão das instalações elétricas e hidráulicas, além de pintura. Já o Mercado de Carne terá instalações elétricas e hidráulicas revisadas, além de receber piso em cerâmica e pintura. Neste último, o recurso de R$ 148,5 mil é oriundo de emenda parlamentar do deputado Ricardo Costa.

Encerrando a agenda administrativa no Sertão, o gestor estadual faz a entrega das primeiras 120 escrituras para os moradores do Parque Residencial Bodocó, conhecido também como bairro da Cohab I.  Ocupado por trabalhadores rurais e famílias de baixa renda, a comunidade possui uma área total de 3,5 hectares.

AGENDA

10h  – Assina convênio de cooperação financeira para requalificação e duplicação dos acessos de Afogados da Ingazeira (PE-292 e PE-320). Assina acordo de cooperação técnica para criação de Unidade de Conserva na Serra do Giz. Dá por inaugurado trecho da PE-292. Entrega escrituras de imóveis.

Local: Rua Terezinha dos Santos Marques (ao lado da Rodoviária). Morada Nova, Afogados da Ingazeira – PE

14h50 – Lançamento de licitação da reforma do Abatedouro Municipal e do Mercado de Carne

Local: Auditório Laudimiro Lucindo. Rua Padre Cícero, s/nº, Centro, Trindade -PE

16h40 – Assina ordem de serviço para implantação de Sistemas Simplificados de Abastecimento e construção de Ponte Rodoviária e inaugura Quadra Governador Eduardo Campos

Local: Centro de Atividades Econômicas de Bodocó (CAE). Rua São Francisco, s/nº, Centro, Bodocó-PE. (Da ascom)