Servidores de Salgueiro que recebem acima do salário mínimo anunciam greve

Depois de diversas rodadas de negociação, o prefeito de Salgueiro anunciou na semana passada que não poderia conceder reajuste aos servidores que recebem acima do salário mínimo para não extrapolar os limites da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF). No dia seguinte, o Sindicato dos Servidores Municipais de Salgueiro (SISEMSAL) convocou assembleia para debater o assunto.

Nesta segunda-feira (19), entre o final da tarde e começo da noite, as categorias que não tiveram aumento se reuniram no Spaço Fest e decidiram deflagrar greve por tempo indeterminado. Vigilantes, psicólogos, engenheiros e agentes comunitários estão entre as categorias que irão paralisar os serviços a partir do próximo dia 25, para cumprir o prazo legal de aviso prévio de 72 horas.

Em conformidade com as determinações do Supremo Tribunal Federal (STF), os servidores devem manter os serviços básicos e um número mínimo de profissionais em sistema de revezamento. (Por Alvinho Patriota)

Correios de Pernambuco e mais 19 Estados decidem entrar em greve

A greve dos Correios começou às 22h de terça-feira (19) e atinge 20 Estados e o Distrito Federal, segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores em Empresas de Correios e Telégrafos e Similares (Fentect).

A paralisação envolve os trabalhadores dos sindicatos de Alagoas, Amapá, Amazonas, Bahia, Brasília (DF), Campinas (SP), Ceará, Espírito Santo, Goiás, Juiz de Fora (MG), Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraíba, Paraná, Pernambuco, Piauí, Ribeirão Preto (SP), Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Maria (RS), Santos (SP), São José do Rio Preto (SP), Sergipe, Santa Catarina, Uberaba (MG) e Vale do Paraíba (SP).

Dos 31 sindicatos ligados à Fentect, somente três ainda não realizaram assembleia: Acre, Rondônia e Roraima.

As agências franqueadas não estão participando da greve. Atualmente, são mais de 6.500 agências próprias dos Correios pelo país, além de mil franqueadas.

Segundo a federação, foram mais de 50 dias de negociação, sem sucesso.

Motivos

Entre os motivos da greve estão o fechamento de agências por todo o país, pressão para adesão ao plano de demissão voluntária, ameaça de demissão motivada com alegação da crise, ameaça de privatização, corte de investimentos em todo o país, falta de concurso público, além de mudanças no plano de saúde e suspensão das férias para todos os trabalhadores, exceto para aqueles que já estão com férias vencidas. Em Petrolina (PE) e Juazeiro (BA), principais cidades do Vale do São Francisco, os Sindicatos dos Correios até o momento não se manifestaram sobre a paralisação. (Do G1)

Greve dos servidores do Detran é encerrada após 47 dias

A greve dos servidores do Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) foi encerrada após 47 dias. Os trabalhadores do órgão voltam às atividades na segunda-feira (3), de acordo com o presidente do Sindicato dos Servidores do Detran (Sindetran-PE), Alexandre Bulhões.

A decisão do fim da paralisação, iniciada em 13 de fevereiro deste ano, foi motivada após uma decisão do desembargador Eduardo Augusto de Paurá Peres, do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), para que os servidores voltem imediatamente ao trabalho. A decisão, divulgada no fim da tarde da sexta-feira (31), prevê pena de abertura de processo administrativo em caso de descumprimento.

Entre as reivindicações da categoria, estão a licitação regular da empresa responsável pelo plano de saúde dos servidores, o pagamento de gratificação ao examinador das provas práticas e de insalubridade para quem faz vistoria do motor de veículos. Outra solicitação é o pagamento de gratificação de produtividade paga aos servidores que trabalham nos shoppings e seria estendida aos trabalhadores de todas as Circunscrições Regionais de Trânsito do interior (Ciretrans).

O presidente do sindicato garante que a luta pelo atendimento a essas reivindicações vai continuar. “Estamos retomando as atividades, mas vamos apelar da decisão do desembargador e, se ele continuar negando, vamos até o Supremo Tribunal Federal”, afirmou Alexandre Bulhões. (Do G1 PE)

Com sálarios atrasados, Agentes de Endemias de Araripina ameaçam decretar greve

Mesmo com o alerta emitido pelo ministério da saúde, que o Brasil pode passar novamente por um surto de doenças causadas pelo mosquito Aedes Aegypti, a prefeitura municipal de Araripina, não pagou ainda o salário de dezembro dos Agentes de Endemias.

Segundo informações contidas no Blog de Dante Arruda, os profissionais já mandaram um recado para o prefeito Raimundo Pimentel (PSL), se não receberem seus salários atrasados até amanhã, sexta-feira (20), entrarão em greve geral.

Greve no IF Sertão-PE em Ouricuri é encerrada e atividades serão retomadas nesta terça-feira (20)

IF-SERTÃO-Campus-Ouricuri

O campus Ouricuri do Instituto Federal do Sertão de Pernambuco (IF Sertão-PE) informa que foi votado pelo fim de greve na última quarta-feira (14). Desta forma, a Instituição ressalta que as atividades de ensino retornam ao normal na próxima terça-feira (20).

Servidores do IF de Ouricuri deflagram greve por tempo indeterminado

fachada_if_sertao-pe_campus_ouricuriAs atividades no Campus Ouricuri do IF Sertão-PE foram paralisadas nesta quarta-feira (30) pelos professores e técnicos administrativos. Os servidores decidiram entrar em greve por tempo indeterminado em assembleia realizada no último dia 20, pela Seção do Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica, Profissional e Tecnológica (Sinasefe).

A paralisação é realizada em protesto por melhorias na área da educação. Os servidores também são contra a PEC 55, que foi aprovada em primeiro turno no Senado e limita os gastos públicos pelos próximos 20 anos. Professores e técnicos também são contra a reforma do Ensino Médio e o projeto Escola sem Partido. Os servidores também pedem o cumprimento de acordos de greves anteriores.

Profissionais do IML e IC paralisam atividades no Estado de Pernambuco

iml-ic-paralizam-greve-pe

Nesta quarta-feira (16) os profissionais do Instituto de Medicina Legal (IML) e do Instituto de Criminalística (IC) realizam um protesto de advertência de 12 horas contra o Governo de Pernambuco, reivindicando reajuste salarial e melhorias nas condições de trabalho. Segundo a Associação dos Peritos Criminais de Pernambuco, faltam luvas e sacos de proteção para recolhimento dos corpos.

Os peritos alegam que a Secretaria de Administração negociou com o Sinpol o estabelecimento de um cronograma de reajuste salarial com os agentes de polícia e correlatos até 2018, mas deixou os agentes de perícia de fora. O presidente do Sinpol, Rafael Cavalcante, explicou na época que a negociação realizada no dia 21 de outubro deste ano não contemplava os cargos de delegados, médicos legistas e peritos criminais.

Mesmo com a paralisação, alguns peritos vão atuar para liberar os corpos nos três IMLs localizados em Pernambuco. O Conselho Regional de Medicina de Pernambuco estipula uma quantidade de corpos para serem liberados, por volta de seis por dia.

Professores da UPE de Petrolina entram em greve por causa da PEC 241

upe-petrolinaOs docentes do campus Petrolina da Universidade de Pernambuco (UPE) entraram em greve nesta sexta-feira (28), após uma assembleia. Assim como os alunos, que decretaram greve no dia 11 de outubro, os professores também são contra a PEC 241 que limita os gastos públicos pelos próximos 20 anos.

Os professores também protestam contra a Medida Provisória 746, assinada para reformar o Ensino Médio. A categoria ainda pede melhorias de condições de trabalho e reclama que está há dois anos sem reajuste salarial. Uma nova assembleia será realizada no dia 11 de novembro.

Funcionários dos Correios deflagram greve em Petrolina

Reivindicando a contratação de mais profissionais e melhorias nas condições de trabalho, os funcionários dos Correios de Petrolina decidiram deflagrar greve nesta quarta-feira (26). Alguns funcionários se concentraram ontem em frente a uma das agências do órgão e anunciaram a greve por tempo indeterminado. A principal reclamação é a falta de carteiros.

Apenas 33 carteiros atendem a população petrolinense atualmente, quando, segundo o sindicato, seriam necessários 50 profissionais para atender a demanda de 35 mil correspondências que chegam diariamente ao município.

A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos divulgou nota informando que, com as mudanças recentes no Governo Federal, novas contratações estão suspensas. Informou também que já atua na melhoria das condições de trabalho no centro de distribuição de correspondências da cidade.

Policia Civil fecha acordo com o governo e encerra greve em Pernambuco

policia civilUm dia após decretar greve, os policiais civis de Pernambuco anunciaram o fim da paralisação, na noite desta sexta-feira (21). A categoria, que reivindicava a implantação do Plano de Cargos e Carreiras, aceitou a proposta do governo do estado e ficou decidido que o salário de fim de carreira dos agentes da Polícia Civil vai se igualar ao piso dos delegados. O reajuste começa a ser implementado em janeiro de 2017 e deve ser concluído até dezembro de 2018.

De acordo com o Sindicato dos Policiais Civis de Pernambuco (Sinpol), o projeto será enviado para aprovação na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) até o dia 20 de novembro, prazo limite para o envio de projetos que impactam no orçamento de 2017.

Antes mesmo de ter início, a greve dos policiais civis no estado foi decretada ilegal pelo Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), mas os trabalhadores decidiram manter a paralisação. De acordo com a entidade, apenas as delegacias de plantão de Prazeres, em Jaboatão dos Guararapes, e Paulista, no Grande Recife, funcionariam nesta sexta-feira (21), com os agentes só podendo realizar prisões em flagrante. (Do G1)