Homicídios em Pernambuco têm 55% de esclarecimento, segundo estudo

O estado com menor taxa de esclarecimento de homicídios foi o Rio de Janeiro, com apenas 16%

Um levantamento realizado pelo Instituto Sou da Paz revela que em cada dez homicídios, somente quatro têm um suspeito apontado e conduzido à Justiça no Brasil. De acordo com dados do estudo, o método utilizado considera “esclarecido” um assassinato que gere um resultado em ação penal até o final do ano seguinte, isto é, quando na investigação é identificado o suspeito que foi levado à Justiça. Em 2019, somente 37% dos 39 mil assassinatos registrados no país tiveram denúncias.

Entre os estados que não têm o esclarecimento dos casos, está Pernambuco com apenas 55% dos homicídios explicados. O que apresentou uma menor taxa de esclarecimento de homicídios foi o Rio de Janeiro, com 16% de taxa de elucidação desses casos. O estado que ocupa a segunda pior taxa é o Amapá, com 19%, seguido de Bahia, Pará e Piauí, cada um tendo esclarecido 24% das ocorrências em suas regiões em 2019.

A advogada criminalista, Maria Júlia Leonel, enfatiza a importância dos esclarecimentos desses crimes.

Segundo o estudo, o quantitativo de vítimas do sexo masculino é geralmente superior à de vítimas do sexo feminino. Porém, a proporção de vítimas do sexo feminino é expressivamente mais elevada no campo de homicídios esclarecidos, se comparado à proporção do total de homicídios identificados em cada um dos estados.

Por: Blog do Roberto Gonçalves