Maioria dos eleitores ignora líder religioso ao votar, diz Datafolha

Oito a cada dez brasileiros dizem não levar em consideração, na hora de definir o voto para cargos políticos, a opinião de seu líder religioso, aponta pesquisa do instituto Datafolha divulgada nesta segunda-feira (23) pelo jornal “Folha de S. Paulo”.

Entre os 19% que consideram as recomendações de líderes religiosos, 4% só o fazem se o candidato for também ligado à igreja.

Entre os evangélicos (26%) e os neopentecostais (31%), é mais alto o percentual dos que ouvem sacerdotes para definir seu voto.

No total, só 9% dos entrevistados disseram já ter votado em alguém indicado pela sua igreja.

“Os eleitores estão mais autônomos e seletivos, buscando um voto pragmático que ajude na resolução de seus problemas cotidianos”, afirma Mauro Paulino, diretor-geral do Datafolha.

O Datafolha perguntou aos entrevistados ainda se votariam “com certeza”, “talvez” ou “de jeito nenhum” em um presidenciável católico, um evangélico e um ateu.

O cenário mais favorável foi o do católico: 25% votariam nele com certeza, 49% talvez e 16% de jeito nenhum (os 10% restantes vêm de outras respostas, inclusive de quem não quis opinar).

Os índices para o evangélico são, respectivamente: 21%, 46% e 24%.

O ateu levou a pior: só 8% o escolhem com certeza, 33% cogitariam e 52% jamais o elegeriam. Entre neopentecostais, a resistência ao ateu chega a 67%.

A pesquisa apurou ainda que 98% dos brasileiros acreditam em Deus; 32% são evangélicos e, 52%, católicos.

O estudo foi feito nos dias 27 e 28 de setembro, com 2.772 entrevistados de 194 cidades. (Do Valor Econômico)

Aos 90 anos, morre Fidel Castro, líder da Revolução Cubana

fidel

O ex-presidente de Cuba, Fidel Castro, morreu à 1h29 (hora de Brasília) deste sábado (26), aos 90 anos, na capital Havana. A informação foi divulgada pelo seu irmão Raúl Castro em pronunciamento na TV estatal cubana.

Com profunda dor compareço para informar ao nosso povo, aos amigos da nossa América e do mundo que hoje, 25 de novembro do 2016, às 22h29, faleceu o comandante da Revolução Cubana, Fidel Castro Ruz”, disse Raúl Castro.

Raúl disse que o corpo de Fidel Castro será cremado.

Últimas imagens
As últimas imagens de Fidel Castro são do dia 15, quando recebeu em sua residência o presidente do Vietnã, Tran Dai Quang.

Antes, ele foi visto em um ato público foi no dia 13 de agosto, na comemoração de seu 90º aniversário. A festa reuniu mais de 100 mil pessoas. Na época, Fidel apresentou um semblante frágil, vestido com um moletom branco e acompanhado pelo seu irmão Raúl e o presidente da Venezuela, Nicolás Maduro.

Em abril, durante o XVII Congresso do Partido Comunista de Cuba, Fidel reapareceu e fez um discurso que soou como uma despedida, onde reafirmou a força das ideias dos comunistas.

A hora de todo mundo vai chegar, mas ficarão as ideias dos comunistas cubanos, como prova de que neste planeta se trabalha com fervor e dignidade, é possível produzir os bens materiais e culturais que os seres humanos necessitam, e devemos lutar sem descanso para isso”, afirmou Fidel Castro na ocasião.

Desde que ficou doente, em julho de 2006, e cedeu o poder ao seu irmão Raúl Castro, o líder cubano se dedicou a escrever artigos, assim como livros sobre sua luta na Sierra Maestra e a receber personalidades internacionais em sua residência, no oeste de Havana. (Do G 1)