Ouricuri e Bodocó, no Sertão do Araripe, foram os piores municípios classificados no ICC do TCE-PE; Veja a posição de todos os municípios

Os municípios de Bodocó e Ouricuri foram avaliados como os piores de Pernambuco relativo ao Índice de Consistência e Convergência Contábil referente ao ano de 2019, obtido a partir do mais recente levantamento realizado nos demonstrativos contábeis dispostos na prestação de contas do exercício de 2018. Divulgado esta semana pelo Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE). O Tribunal avaliou os 184 municípios.

O Índice de Consistência e Convergência Contábil (ICCG) é um diagnóstico obtido com base nos demonstrativos contábeis constantes nas prestações de contas da prefeitura no ano de 2018. O índice avalia os balanços orçamentário, financeiro e patrimonial; as demonstrações das variações patrimoniais, do fluxo de caixa e das mutações do patrimônio líquido além das informações apresentadas nas prestações de contas eletrônicas enviadas pela prefeitura com os dados registrados no sistema Siconfi, bem como itens de confirmação dos saldos dos balanços registrados na prestação de contas eletrônica com os valores aprovados na Lei Orçamentária Anual (LOA). Foram avaliados 90 itens.

Em último lugar ficou Ouricuri, Município de pouco mais de 70 mil habitantes, no Sertão de Pernambuco, que teve apenas 40,93% dos itens aprovados. Bodocó aparece logo em seguida tendo aprovação de 46,40% e bem próximo numericamente, está Amaraji com 46,67%.

Confira a lista Completa no LINK