Todos os municípios de Pernambuco precisam informar estoques de oxigênio, diz TCE

Todos os 184 municípios de Pernambuco deverão informar ao Tribunal de Contas do Estado (TCE) os estoques de oxigênio nos hospitais. A determinação foi feita nesta sexta-feira (22). A medida foi adotada devido ao colapso do sistema de saúde de Manaus (AM), que teve falta do insumo nas unidades de saúde.

Artistas, clubes e políticos cobram oxigênio para pacientes de Covid-19 em Manaus | Amazonas | G1

A determinação foi feita pelo conselheiro Carlos Porto.  Até o fim de janeiro, todas as cidades deverão ter recebido o pedido de informação.

O Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) já havia notificado diretores técnicos e diretores clínicos de unidades de saúde públicas e privadas, para que informem diariamente o estoque de oxigênio medicinal.

Os gestores terão quatro dias para responder ao TCE sobre os estoques de cilindros e concentradores de oxigênio, bem como a situação dos contratos com empresas que fornecem e armazenam o insumo e ações, isso com intuito de evitar que aocnteçam problemas semelhantes aos enfrentados no Amazonas. (G1)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.